Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Como adotar o consumo consciente na sua vida

Escrito por: Priscila Gomes em 20 de setembro de 2018

Cá entre nós, já está na hora de tirar do dia a dia o consumo exagerado. Pode ser de água, de roupas, de comida, de energia e outros. A melhor forma disso acontecer é adotar o consumo consciente na sua vida. Quer aprender como fazer isso? Vem com a gente.

 consumo consciente
Quer adotar o consumo consciente na sua vida? Vem com a gente que explicamos tudo

Consumir é…

O consumo é um processo complexo que começa pela produção dos produtos e sua distribuição, chegando ao descarte. Consumir é uma ação essencial para que a população tenha uma vida digna.

Mas o problema está no descontrole e não no consumo em si. Por exemplo, comprar roupas pode trazer uma sensação passageira de paz e alegria. Só que, caso a pessoa compre demais e de maneira descontrolada, é provável que seu orçamento mensal fique desajustado.

Desta mesma forma funcionam os hábitos de consumo. Há pessoas que têm dezenas de itens inutilizados em casa ou no escritório que nunca usarão, mas que também não abrem mão. Este tipo de atitude, além de prejudicial financeiramente, pode refletir vícios e outros problemas tanto emocionais quanto psicológicos.

O que é consumo consciente

Você já parou para pensar no impacto que suas atitudes têm hoje? Não apenas no quesito social, mas no econômico e ambiental. Viver no padrão de consumo atual significa abraçar o desperdício e o consumismo desenfreado.

O consumo consciente se refere a uma alternativa mais saudável de consumir desde produtos a serviços na rotina. É exatamente isso: adquirir uma consciência relacionada às compras de modo que os impulsos sejam controlados.

Esta prática também traz benefícios no combate às mudanças climáticas. O modo de vida sustentável, por exemplo, diz respeito à economia de água, preservação dos rios e oceanos, desperdício de alimentos e até na mobilidade urbana.

O papel do consumo consciente é basicamente dizer: calma, você precisa disso hoje? A quem está prejudicando ao comprar determinado produto ou jogar o lixo no chão? A questão principal do consumo consciente é fazer refletir sobre como você está consumindo hoje.

Refletir sobre os hábitos simples tão comuns no dia a dia faz com você se torne um aliado do meio ambiente e ainda consiga economizar nas contas do mês. Aprenda a adotar o consumo consciente e veja as melhorias que irão acompanhar sua vida.

Questionar para mudar

Sim, o questionamento fará com que se tome consciência. A partir disso, desenvolver novos hábitos será menos difícil. Faça as seguintes perguntas antes de adquirir algum item: estou comprando isso por prazer ou necessidade? Essa dívida está dentro do meu orçamento mensal?

Outras perguntas também podem estar incluídas nesta fase, principalmente em relação às questões financeiras. Antes de concluir uma compra pense com antecedência nos tópicos a seguir.

– Defina o produto de interesse e analise as opções. Escolha com cuidado algo que irá usar por completo e que atende às necessidades.

– Selecione o modo da compra. O pagamento será à vista ou a prazo? Comprar perto de casa ou distante para garantir descontos? Em sacolas de plástico ou caixas de papelão? Avalie as alternativas disponíveis.

– Escolha a loja ou fábrica. Neste caso, considere a empresa que preza pelo cuidado na produção dos produtos. O cuidado com os recursos naturais, com o relacionamento com a comunidade e colaboradores.

– Se quebrou, tente consertar. Isso vale para todos os produtos com grande vida útil. Para roupas, leve à costureira caso precise, em vez de jogar fora e comprar outra no primeiro problema.

– Caso precise descartar, faça isso da maneira correta. Envie o que for possível para reciclagem. Opte sempre pela reutilização de embalagens, móveis, roupas e outros artigos.

5 formas de adotar o consumo consciente

#1 Organize os gastos

Pode parecer bobagem, mas ter uma vida financeira organizada é de extrema importância para o consumo consciente. Isso não significa que está fora de cogitação fazer compras, mas que você consiga fazer boas escolhas quando precisar gastar.

#2 Planeje-se

Estabelecer metas colabora para o controle das finanças. Por isso, evite entrar em lojas quando deseja comprar alguma coisa que ainda não colocou no papel. Planeje as finanças e compre com objetivo.

#3 Espere uns dias

Ok, já organizou os gastos e planejou a compra. Calma, espere uns dias para perceber se realmente precisa ou se ainda é apenas uma vontade imensa de comprar. Isso vale para roupas, eletrodomésticos e eletrônicos, sapatos e até serviços em geral.

#4 Tente não parcelar as compras

Por mais que deseje pagar em parcelas curtas, essa alternativa pode prejudicar a longo prazo. Opte sempre por pagar à vista mesmo que se aperte por um mês.

#5 Pense em outras coisas

Se comprar te deixa tão feliz e com sensação de realização, que tal começar a adquirir novos hábitos? Pode ser caminhada, aprender algum instrumento online, fazer artesanato. São dezenas de opções e de passatempos a serem desenvolvidos.

Motivos para adotar o consumo consciente

Os motivos e os benefícios são diversos. Inicialmente, a ansiedade irá aumentar, mas ser um consumidor consciente fará com que:

– você aja menos com a impulsividade e mais com a razão;
– trará grandes economias;
– incentivará a criatividade para reutilizar e reinventar produtos;
– colaborará para a diminuição do trabalho escravo;
– ajudará no controle dos crimes contra a natureza;
– gerará critérios de consumo que mudarão sua vida.

Ah, caso queira aprender mais a fundo, o Ministério do Meio Ambiente disponibiliza cursos online sobre sustentabilidade e consumo. Não perca tempo!

Priscila Gomes

Jornalista. Gosto de abraços, aniversários e do Natal. Atualmente produzo conteúdo para internet e faço assessoria sindical.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

Os concursos da Mega-Sena
venda de produtos
Conta de luz mais cara em maio
Ano Novo
Black Friday