Início Notícias Economia Como aproveitar o 13º salário e investir?

Como aproveitar o 13º salário e investir?

0
(0)

Quem trabalha com carteira assinada (CLT) pode aproveitar o 13º neste final de ano. O dinheiro vem em boa hora para a maior parte dos trabalhadores e pode ajudar em diversos sentidos.

Com um salário adicional, fica um pouco mais fácil colocar as coisas em ordem e começar um novo ano melhor.

13° salário
Saber o que fazer com o 13° salário é fundamental para você aproveitar melhor esse recebimento

Se você tem dívidas, por exemplo, pode se livrar delas ou pelo menos uma boa parte. Para que isso aconteça, é preciso muita disciplina, é claro.

Ou se a sua situação anda um pouco melhor, pode escolher um outro destino para esse dinheiro.

5 dicas para usar o 13º salário

1 – Pagar dívidas

Sabe aquele cheque especial que você utilizou e não conseguiu pagar até agora e virou uma bola de neve? Ou então um empréstimo ou contas atrasadas? Que tal aproveitar o 13º salário para quitá-los?

Assim você garante que seu 2020 comece sem dívidas. Ou pelo menos com valores bem abaixo, se o salário não cobrir tudo.

Contudo, lembre-se: com o 13º salário em mãos, você consegue negociar dívidas à vista. Ou seja, aquele tão sonhado descontão pode acontecer.

2 – Fazer compras de final e início de ano

Você também pode aproveitar para fazer aquelas compras de natal e final de ano. Além de presentes, quem faz ceia e reúne a família e amigos, tem que gastar um pouco a mais com bebidas e comidas.

Entretanto, claro que não podemos nos esquecer do começo de ano. Não é só um novo ano, mas contas novas também. Aqueles impostos conhecidos, como IPVA e IPTU, estão chegando.

Outra maneira de aproveitar o 13º de forma inteligente é usá-lo para pagar esses tipos de contas. Além de se livrar logo de cara, é possível conseguir um desconto.

Pagamentos em uma única parcela dão descontos nesses dois tipos de impostos. Assim, você paga menos e ainda não arrasta uma dívida pelos meses seguintes.

3 – Compra do material escolar

Essa é uma dica importante para quem tem filhos em idade escolar. Afinal, os gastos são bem altos com todos os materiais que a escola solicita.

Por isso, mais uma vez você tem motivos para aproveitar o 13º salário no começo do ano.

Material escolar não é barato. Ainda mais para alunos que estão nos primeiros anos.

Caso você não tenha dívidas, ou pretende pagar uma parte delas, separe o resto para esse momento. E mais uma vez, não esqueça que pagar à vista é mais vantajoso.

4 – Pagar a fatura do cartão de crédito

Uma das dívidas campeãs no Brasil, o cartão de crédito pode dar uma baita dor de cabeça para quem não o usa com consciência e acaba exagerando.

Pagar o mínimo ou deixar de pagar a fatura pode te deixar no vermelho e até negativado. Se você está nessa situação, nossa dica é que tente limpar o seu nome com esse salário extra e volte a ter crédito.

Os juros do cartão de crédito são um dos mais altos. Por isso, quitar essa dívida é uma ótima escolha. Se rolar um acordo pagando à vista, mais um ponto para você!

Antes de pagar a conta, converse com a central de negociação do banco. Eles podem tirar os juros e você paga somente a dívida original.

5 – Separar uma parte para imprevistos

A vida é sempre cheia de imprevistos. Com os filhos, com o carro, trabalho e tantos outros motivos que podem parecer um “problemão”, ainda mais quando envolve financeiro.

Por isso, economistas indicam a criação de um fundo de emergência. Se você não tem muitas dívidas e consegue guardar um dinheiro, pode reservar até 15% do que você ganha.

O 13º salário também pode ser usado para isso. Separe uma parte do benefício que você acredita que cubra gastos imprevistos.

De preferência em alguma conta investimento ou poupança, separado do seu saldo da conta corrente.

Onde investir seu 13º salário?

O dólar superou o valor de R$ 4,20. Alcançando assim o maior patamar de fechamento desde setembro do ano passado.

Além disso, atingiu uma valorização de 8,50% no mês de agosto. Maior nível de encerramento mensal desde setembro de 2015.

A instabilidade econômica entre China e Estados Unidos, decorrente da disputa comercial, e a moratória da Argentina são os principais motivos para o alto valor da moeda norte-americana.

Portanto, lembre-se que mais do que nunca, o momento é de diversificar. Ou seja, nunca coloque seu 13º salário em um único tipo de ativo.

Faça investimentos em vários tipos de ativos e leve em consideração o perfil de risco.

Aplicações de renda fixa:

1 – CDB

Um dos investimentos mais conhecidos, o CDB (Certificado de Depósito Bancário), pode ser a primeira aplicação de uma pessoa, por ter um sistema bem simples.

A rentabilidade deste investimento está atrelada ao CDI (Certificados de Depósitos Interbancários). Ou seja, quanto maior a valorização do indexador, a rentabilidade aumenta.

Alguns títulos CDB, dependendo do prazo de resgate, rendem mais de 100% do CDI.

Esses títulos podem ser adquiridos em bancos. E o dinheiro serve para financiamentos da própria ou de outras instituições bancárias.

2 – Tesouro Direto

O Tesouro Direto pode ser considerado até um querido dos investidores e um dos melhores investimentos para 2020.

Pois é, investir no Tesouro Direto não é complicado. Com R$30 você já pode começar. Ou seja, é bem fácil aplicar em títulos.

Aliás, diferente do CDB, o tesouro não é controlado por bancos, mas sim pelo Tesouro Nacional, o que aumenta a garantia do investimento.

Quando um investidor compra um título do Tesouro Direto, na verdade compra um título público. O dinheiro investido vai para serviços públicos, como saúde e educação e depois o valor é resgatado com juros.

Ganhar dinheiro com a alta do dólar:

1 – Mercado de dólar futuro

Uma forma de ganhar com a variação do dólar é investindo no mercado de dólar futuro.

Neste caso, você pode assumir uma posição de compra ou venda do contrato futuro da moeda. Portanto, se beneficiando de movimentos de alta ou baixa.

A posição vai depender da sua expectativa sobre a cotação do dólar no futuro, e o contrato mais negociado é sempre o do mês seguinte ao atual.

O mercado de dólar futuro funciona na bolsa de valores B3, assim como o mercado de ações. Ou seja, você precisa ter uma conta em uma corretora de valores para poder operar por meio do sistema de home broker.

2 – Fundos cambiais

Fundos cambiais são a alternativa mais fácil para quem deseja investir em dólar. Este tipo de fundo de investimento destina pelo menos 80% dos recursos para aplicações ligadas a uma moeda estrangeira.

Os fundos cambiais têm o objetivo de acompanhar a variação do dólar. Por oscilarem ao valor da moeda, esses fundos são considerados de alto risco.

A principal forma de atuação de tais fundos é por meio do mercado de dólar futuro.

Este é um investimento interessante se você quer proteger o patrimônio de uma variação cambial. Caso esteja planejando uma viagem, por exemplo – ou para aproveitar uma possível valorização da moeda.

Existem fundos cambiais com aplicação mínima a partir de R$ 1 mil em diferentes instituições financeiras.

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Rafael Massadar
Carioca, amante de esportes e de viagens. Escolhi o jornalismo porque ele vive pelo mundo e conta histórias de pessoas e realidades distintas. Tenho experiência em redação e assessoria de imprensa. Atualmente, trabalho numa agência de marketing digital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

6 vantagens de trabalhar em um coworking

O coworking é uma tendência de local de trabalho em crescimento. E quem é profissional liberal ou freelancer sempre tem a dúvida...

Eleições dos EUA: qual impacto para Economia do Brasil?

Faltam poucos dias para as eleições dos EUA. Na disputa estão: o republicano Donald Trump, atual presidente do país, e o democrata...

Dicas de planejamento financeiro para quem é autônomo

Ser um profissional autônomo não quer dizer que você pode ter as finanças bagunçadas. Mesmo que você não tenha uma renda fixa por mês,...

Conheça 10 franquias com investimentos de até R$10 mil

A pandemia do novo coronavírus fez com que a procura por microfranquias aumentasse. Em especial, as franquias de até R$10 mil.

Quais são os gastos para manter um carro próprio?

Muitos brasileiros sonham em ter o carro próprio, mas esquecem dos gastos que um veículo pode trazer. E isso acontece porque a...

Como escolher a rede social para seu negócio?

Você sabe como escolher a rede social ideal para o seu negócio? Qual irá fazer a sua empresa crescer e se tornar...