InícioNotíciasInvestimentosCom a alta da Selic, poupança volta a valer a pena?

Com a alta da Selic, poupança volta a valer a pena?

Tempo de leitura: 3 minutos
()

Pela segunda vez consecutiva, o Copom anunciou na última quarta, 5, a alta da Selic. A nova taxa básica de juros saiu de 2,75% para 3,50%. Mas será que isso significa que o investimento na poupança voltou a valer a pena?

Uma coisa é certa: todas as aplicações de renda fixa terão um desempenho melhor com a alta da Selic. Isso porque esses investimentos dependem da taxa básica de juros. Estão entre essas aplicações a poupança, os títulos Tesouro Selic, fundos DI, entre outros.

Porém, o retorno real desses investimentos pode diminuir, mesmo com a taxa Selic alta. Mas por que isso pode acontecer? Por causa do custo de vida medido pelo IPCA, que está com uma variação maior do que o aumento dos juros. 

Vale a pena investir na poupança com a alta da Selic?

Antes de você sair correndo para aplicar o seu dinheiro na poupança é preciso fazer a conta e ver se realmente vale a pena o investimento. Pega o papel e a caneta, que o FinanceOne vai te ajudar!

Caso você invista R$1.000 em um fundo de renda fixa, neste caso a poupança, ao final de dois anos, o seu rendimento terá sido em torno de R$1.049,60.

Vale ressaltar que o retorno não é uma garantia de rentabilidade no futuro. Isso porque quando o valor é investido é preciso levar em consideração quais são as expectativas do mercado. E elas podem ou não se confirmar.

Por isso, mesmo com a alta da Selic, ainda não é recomendado investir na poupança, pois os rendimentos são baixos.

Isso porque mesmo com o aumento da Selic, a poupança passa a ter retorno de 0,20% ao mês e de 2,45% ao ano, mas continuará perdendo para a inflação.

investir em outubro
A poupança segue sem ser um investimento interessante mesmo com a alta da Selic

Mas quando o assunto é em relação aos investimentos de curto prazo, por até seis meses, a poupança ainda é mais rentável do que um CDB de grande banco, que paga 90% do CDI. Ou até mesmo do fundo DI, onde a taxa de administração é de 0,5%.

Vale ressaltar que, por esse motivo, existe a necessidade e a importância dos investidores terem uma carteira diversificada. Lembre-se que uma classe de ativos pode compensar enquanto a outra não está indo muito bem.

Alta da Selic: último aumento tinha sido há cinco anos

Os investidores de plantão já nem recordavam quando tinha sido o último aumento da Taxa Selic. Desde 2015 a Copom não anunciava uma notícia dessa para o mercado financeiro, ainda mais com aumento consecutivo.

Para se ter ideia, a última vez foi em julho de 2015, quando a taxa básica passou de 13,75% a 14,25% ao ano. 

No entanto, após três meses, a alta da Selic começou um ciclo de corte, com uma queda que foi travada até a recém crescente.

Foram realizados nove cortes seguidos de quatro manutenções na taxa Selic. Para especialistas, este pode ser o início de um novo ciclo: de aumento.

Além disso, saiba que existe a possibilidade de novos aumentos na taxa básica de juros. E isso poderá acontecer até o final de 2021. 

Confira quais são os fatores que podem elevar a taxa:

  • Economia fraca;
  • Inflação subindo cada vez mais;
  • Alta do dólar diariamente;
  • Aumento dos gastos públicos por causa da pandemia.

O que é a Taxa Selic?

A Selic é um sistema do Banco Central (Bacen) que captura as operações relacionadas aos títulos escriturais do Tesouro Nacional. 

Em suma, é um sistema informatizado. Ele registra os dados de custódia e liquidação dos títulos públicos federais. Por exemplo, os emitidos pelo Tesouro Nacional.

Ela é estabelecida pelo Comitê de Política Monetária (Copom), que a cada 45 dias decide os rumos da taxa básica de juros do período seguinte. O piso de juros é definido oito vezes ao ano.

A Selic ainda é parâmetro para que os bancos indiquem a taxa de juros dos empréstimos diários que realizam uns aos outros.

Este conteúdo te ajudou? Você conhece alguém que ainda tenha dúvidas sobre a Taxa Selic e a recente alta? Envie para ele e compartilhe para ajudar outras pessoas.

O que achou disso?

Média da classificação / 5. Número de votos:

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Tempo de leitura: 3 minutos
Redação
O FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde 2003, publicamos conteúdos que buscam traduzir desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa. Nossa missão é mostrar que qualquer pessoa pode ter controle financeiro e fazer as escolhas certas. Assim como ter no dinheiro um aliado para viver bem e conquistar seus sonhos.

2 COMENTÁRIOS

    • Olá, José. Tudo bem?
      Continue nos acompanhando por aqui. Sempre atualizamos as informações sobre o rendimento da poupança!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos Artigos