Mais
    InícioNotíciasEmpreendedorismoComo emitir um comprovante de rendimentos Decore? Confira!

    Como emitir um comprovante de rendimentos Decore? Confira!

    0
    (0)

    Decore é a Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos. Este é um documento contábil que serve para comprovar a renda de uma pessoa física em um determinado período. 

    Publicidade

    A utilização desse tipo de comprovante é comum entre autônomos e empresários, que não possuem um contracheque, por exemplo, para comprovar sua renda. 

    Essa declaração é regida pela Resolução CFC N.º 1.592/2020, que contém todas as  regras. 

    Na Decore, deve estar incluído o CPF ou CNPJ de quem vai recebê-la. Ela tem validade por noventa dias após a data de emissão.

    Além disso, todos os documentos de pagamento mensais são anexados, entre outros documentos específicos para a emissão.

    Como emitir uma Decore?  É possível fazer sozinho?

    Não é possível emitir uma Decore por conta própria. Somente contadores e técnicos em Contabilidade devidamente registrados no CRC – Conselho Regional de Contabilidade – e em situação regular podem emitir o documento.

    Publicidade

    Esse profissional será responsável por todas as informações contidas na declaração. E, sim, ele pode cobrar pelo serviço. 

    Para emiti-lo, esse contador usará o sistema específico do Conselho Regional de Contabilidade da sua região. A emissão é online, usando o certificado digital do profissional responsável.

    Qualquer profissional liberal, autônomo ou empresário que faça retiradas de pró-labore pode solicitar uma Decore. Médicos, advogados, arquitetos, dentistas, motoboys, vendedores ambulantes, fotógrafos, e outros que não sejam celetistas também.

    Será emitida apenas uma via destinada ao beneficiário. Ela também fica armazenada no banco de dados do CRC, podendo ser consultada para fiscalização e para envio à Receita Federal. O contador também poderá consultar as Decores emitidas.

    + Como o MEI comprova renda? Veja 5 maneiras!

    Publicidade
    Mulher fazendo anotações utilizando calculadora
    Emissão de uma Decore deve ser realizada por profissional de contabilidade

    Quais documentos são necessários para emitir Decore?

    Para emitir a Decore, o profissional de Contabilidade precisará dos registros do Livro Diário ou em documentos autênticos. Toda a relação pode ser consultada no  Anexo II da Resolução CFC nº 1.364/2011

    A lista pode variar dependendo da situação. Quando o rendimento for proveniente de pró-labore, é necessária a escrituração no livro-diário e GFIP com comprovação de sua transmissão.

    Em caso de distribuição de lucros, apenas escrituração no livro diário. 

    Em caso de honorários de profissionais liberais/autônomos: escrituração no livro caixa e DARF do Imposto de Renda; contrato e Recibo de Pagamento de Autônomo (RPA); comprovante de pagamento de frete, entre outros podem ser solicitados.

    O contador deverá usar os documentos corretamente e se responsabilizar pelas informações no comprovante. 

    Publicidade

    Se descumprir as normas da Resolução, o profissional estará sujeito às penalidades previstas na legislação pertinente.

    De acordo com o CRC, emitir Decores sem documentação que comprove exatamente a renda informada, pode resultar em um processo ético/disciplinar.

    Além disso, os documentos que serviram de lastro devem ser guardados pelo prazo de cinco anos para fiscalização por parte do Conselho Regional de Contabilidade.

    Em que situações esse comprovante é necessário?

    Uma Decore serve pode ser solicitada na hora de obter empréstimo, por exemplo, ou ainda financiamentos, locação ou qualquer atividade que necessite comprovação de renda.

    Geralmente, ela é solicitada por bancos, instituições financeiras, organizações destinadas a alugar ou vender imóveis, dentre outras. 

    Por isso, ela é útil para o profissional não celetista ou empresário que precisa comprovar os ganhos e conseguir empréstimos e demais serviços.

    O documento dá mais segurança para as instituições que vão oferecer esses serviços, pois evidencia o retorno do investimento ou empréstimo realizado.

    O conteúdo ajudou? Descubra mais dicas e conteúdo financeiro e de empreendedorismo seguindo o FinanceOne no Facebook, Instagram, TikTok e Linkedin!

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Tamires Silva
    Tamires Silva
    Jornalista e Redatora do FinanceOne, onde suas finanças começam.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasEmpreendedorismoComo emitir um comprovante de rendimentos Decore? Confira!

    Como emitir um comprovante de rendimentos Decore? Confira!

    0
    (0)

    Decore é a Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos. Este é um documento contábil que serve para comprovar a renda de uma pessoa física em um determinado período. 

    Publicidade

    A utilização desse tipo de comprovante é comum entre autônomos e empresários, que não possuem um contracheque, por exemplo, para comprovar sua renda. 

    Essa declaração é regida pela Resolução CFC N.º 1.592/2020, que contém todas as  regras. 

    Na Decore, deve estar incluído o CPF ou CNPJ de quem vai recebê-la. Ela tem validade por noventa dias após a data de emissão.

    Além disso, todos os documentos de pagamento mensais são anexados, entre outros documentos específicos para a emissão.

    Como emitir uma Decore?  É possível fazer sozinho?

    Não é possível emitir uma Decore por conta própria. Somente contadores e técnicos em Contabilidade devidamente registrados no CRC – Conselho Regional de Contabilidade – e em situação regular podem emitir o documento.

    Publicidade

    Esse profissional será responsável por todas as informações contidas na declaração. E, sim, ele pode cobrar pelo serviço. 

    Para emiti-lo, esse contador usará o sistema específico do Conselho Regional de Contabilidade da sua região. A emissão é online, usando o certificado digital do profissional responsável.

    Qualquer profissional liberal, autônomo ou empresário que faça retiradas de pró-labore pode solicitar uma Decore. Médicos, advogados, arquitetos, dentistas, motoboys, vendedores ambulantes, fotógrafos, e outros que não sejam celetistas também.

    Será emitida apenas uma via destinada ao beneficiário. Ela também fica armazenada no banco de dados do CRC, podendo ser consultada para fiscalização e para envio à Receita Federal. O contador também poderá consultar as Decores emitidas.

    + Como o MEI comprova renda? Veja 5 maneiras!

    Publicidade
    Mulher fazendo anotações utilizando calculadora
    Emissão de uma Decore deve ser realizada por profissional de contabilidade

    Quais documentos são necessários para emitir Decore?

    Para emitir a Decore, o profissional de Contabilidade precisará dos registros do Livro Diário ou em documentos autênticos. Toda a relação pode ser consultada no  Anexo II da Resolução CFC nº 1.364/2011

    A lista pode variar dependendo da situação. Quando o rendimento for proveniente de pró-labore, é necessária a escrituração no livro-diário e GFIP com comprovação de sua transmissão.

    Em caso de distribuição de lucros, apenas escrituração no livro diário. 

    Em caso de honorários de profissionais liberais/autônomos: escrituração no livro caixa e DARF do Imposto de Renda; contrato e Recibo de Pagamento de Autônomo (RPA); comprovante de pagamento de frete, entre outros podem ser solicitados.

    O contador deverá usar os documentos corretamente e se responsabilizar pelas informações no comprovante. 

    Publicidade

    Se descumprir as normas da Resolução, o profissional estará sujeito às penalidades previstas na legislação pertinente.

    De acordo com o CRC, emitir Decores sem documentação que comprove exatamente a renda informada, pode resultar em um processo ético/disciplinar.

    Além disso, os documentos que serviram de lastro devem ser guardados pelo prazo de cinco anos para fiscalização por parte do Conselho Regional de Contabilidade.

    Em que situações esse comprovante é necessário?

    Uma Decore serve pode ser solicitada na hora de obter empréstimo, por exemplo, ou ainda financiamentos, locação ou qualquer atividade que necessite comprovação de renda.

    Geralmente, ela é solicitada por bancos, instituições financeiras, organizações destinadas a alugar ou vender imóveis, dentre outras. 

    Por isso, ela é útil para o profissional não celetista ou empresário que precisa comprovar os ganhos e conseguir empréstimos e demais serviços.

    O documento dá mais segurança para as instituições que vão oferecer esses serviços, pois evidencia o retorno do investimento ou empréstimo realizado.

    O conteúdo ajudou? Descubra mais dicas e conteúdo financeiro e de empreendedorismo seguindo o FinanceOne no Facebook, Instagram, TikTok e Linkedin!

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?