Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasFinanças PessoaisComprovante de renda: entenda o que é e quais documentos são aceitos

    Comprovante de renda: entenda o que é e quais documentos são aceitos

    0
    (0)

    Durante a vida, muitas vezes as pessoas precisam provar que possuem rendimentos suficientes para determinada ação. Pensando nisso, é importante que você saiba quais são os documentos que podem servir como comprovante de renda em diferentes casos.

    Publicidade

    O comprovante de renda nada mais é que uma garantia de que você pode arcar com alguma despesa. Algumas instituições, por exemplo, possuem esse requerimento na hora de conceder um empréstimo ou autorizar a emissão de cartão de crédito.

    Dessa maneira, por meio dele a empresa saberá quais são seus ganhos mensais e disponibilizará, mediante aprovação ou não, um limite que faça sentido dentro das condições de ambas partes. Normalmente, entende-se que uma negociação não deve ocupar mais que 30% da renda mensal de uma pessoa.

    Apesar de ser um conceito simples, muitas pessoas podem apresentar dúvidas sobre quais documentos são aceitos como comprovante de renda. Hoje, o FinanceOne vai te ajudar nessa. Acompanhe o texto e saiba mais!

    Quais documentos posso utilizar como comprovante de renda?

    Existem alguns documentos que podem ser utilizados como comprovante de residência. Um benefício dessa variedade é que atende diferentes pessoas em diversas situações. Confira quais são:

    Carteira de Trabalho

    Um dos documentos mais utilizados como comprovante de renda é a carteira de trabalho. Nela, constam a renda obtida em determinada ocupação, além do tempo e tipo de vínculo que possui com uma empresa – fatores que podem ser relevantes no processo de concessão de crédito dependendo do esquema da instituição.

    Publicidade

    Porém, caso você tenha uma renda extra não apontada pela carteira de trabalho e conta com esse valor para a aprovação de uma solicitação, terá que informar também.

    Carteira de trabalho em cima de notas de reais e moedas
    A carteira de trabalho é uma das opções mais utilizadas para comprovar renda

    Holerite

    O holerite também é conhecido como contracheque. Dessa maneira, exibe o salário líquido e bruto recebido por um funcionário em determinado mês. Ademais, também mostra os descontos que o valor recebido sofre. Para utilizar o holerite como comprovante de renda, é preciso apresentar pelo menos os últimos três emitidos recentemente.

    + Como declarar aluguel no Imposto de Renda? Confira!

    Extrato Bancário

    O extrato bancário também é uma ótima maneira de comprovar renda, ainda mais para profissionais autônomos ou liberais. Porém, é necessário se atentar que seus gastos estejam concentrados em uma única conta. Do contrário, você terá que emitir o documento de cada instituição para comprovar renda.

    DECORE

    A Declaração de Comprobatória de Percepção de Rendimentos (DECORE) é feita por um contador e também apresenta as suas movimentações financeiras. No entanto, para dar origem a esse documento, é preciso apresentar recibos e outras informações para que o contador discrimine todos os dados relacionados a sua vida financeira de forma correta.

    Publicidade

    Declaração de Imposto de Renda

    A Declaração de Imposto de Renda também serve para tal fim. Nela você pode consultar todos os seus rendimentos do ano. Contudo, esse documento só vai poder ser usado por aqueles que costumam declarar o chamado “leão” todos os anos, seguindo os requisitos pré-estabelecidos.

    + Saque imediato da restituição do Imposto de Renda pode ser golpe. Entenda!

    Cuidado na hora de arrumar um comprovante de renda

    Não existe um problema específico na hora de emitir um comprovante de renda. Porém, algumas pessoas acreditam que é uma boa ideia prezar por modelos editáveis, encontrados na internet para apresentar na hora de conseguir crédito.

    Só que essa prática deve ser frequentemente desencorajada, visto que consiste em falsificação e pode gerar muitos problemas. A instituição financeira, seja ela qual for, dispõe de meios que podem captar essa tentativa de golpe e vetar a sua avaliação.

    Outrossim, como se trata de um crime, pode também acionar os órgãos de justiça e gerar problemas com a lei para quem aplica esse tipo de prática. Dessa maneira, siga corretamente as orientações e traga efetividade e maiores chances de aprovação para o seu requerimento.

    Publicidade

    E aí, que tal compartilhar esse artigo para que seus amigos e familiares também tenham acesso a esse tipo de informação? Veja também

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Isabella Mercedes
    Isabella Mercedes
    Estudante de Letras que tem muita curiosidade por tudo o que tem a ver com Tecnologia e Inovação. Cria da Baixada Fluminense e vascaína de coração. Adora suspense policial, mas a maior paixão de todas é escrever: seja sobre finanças ou sobre qualquer outra coisa.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasFinanças PessoaisComprovante de renda: entenda o que é e quais documentos são aceitos

    Comprovante de renda: entenda o que é e quais documentos são aceitos

    0
    (0)

    Durante a vida, muitas vezes as pessoas precisam provar que possuem rendimentos suficientes para determinada ação. Pensando nisso, é importante que você saiba quais são os documentos que podem servir como comprovante de renda em diferentes casos.

    Publicidade

    O comprovante de renda nada mais é que uma garantia de que você pode arcar com alguma despesa. Algumas instituições, por exemplo, possuem esse requerimento na hora de conceder um empréstimo ou autorizar a emissão de cartão de crédito.

    Dessa maneira, por meio dele a empresa saberá quais são seus ganhos mensais e disponibilizará, mediante aprovação ou não, um limite que faça sentido dentro das condições de ambas partes. Normalmente, entende-se que uma negociação não deve ocupar mais que 30% da renda mensal de uma pessoa.

    Apesar de ser um conceito simples, muitas pessoas podem apresentar dúvidas sobre quais documentos são aceitos como comprovante de renda. Hoje, o FinanceOne vai te ajudar nessa. Acompanhe o texto e saiba mais!

    Quais documentos posso utilizar como comprovante de renda?

    Existem alguns documentos que podem ser utilizados como comprovante de residência. Um benefício dessa variedade é que atende diferentes pessoas em diversas situações. Confira quais são:

    Carteira de Trabalho

    Um dos documentos mais utilizados como comprovante de renda é a carteira de trabalho. Nela, constam a renda obtida em determinada ocupação, além do tempo e tipo de vínculo que possui com uma empresa – fatores que podem ser relevantes no processo de concessão de crédito dependendo do esquema da instituição.

    Publicidade

    Porém, caso você tenha uma renda extra não apontada pela carteira de trabalho e conta com esse valor para a aprovação de uma solicitação, terá que informar também.

    Carteira de trabalho em cima de notas de reais e moedas
    A carteira de trabalho é uma das opções mais utilizadas para comprovar renda

    Holerite

    O holerite também é conhecido como contracheque. Dessa maneira, exibe o salário líquido e bruto recebido por um funcionário em determinado mês. Ademais, também mostra os descontos que o valor recebido sofre. Para utilizar o holerite como comprovante de renda, é preciso apresentar pelo menos os últimos três emitidos recentemente.

    + Como declarar aluguel no Imposto de Renda? Confira!

    Extrato Bancário

    O extrato bancário também é uma ótima maneira de comprovar renda, ainda mais para profissionais autônomos ou liberais. Porém, é necessário se atentar que seus gastos estejam concentrados em uma única conta. Do contrário, você terá que emitir o documento de cada instituição para comprovar renda.

    DECORE

    A Declaração de Comprobatória de Percepção de Rendimentos (DECORE) é feita por um contador e também apresenta as suas movimentações financeiras. No entanto, para dar origem a esse documento, é preciso apresentar recibos e outras informações para que o contador discrimine todos os dados relacionados a sua vida financeira de forma correta.

    Publicidade

    Declaração de Imposto de Renda

    A Declaração de Imposto de Renda também serve para tal fim. Nela você pode consultar todos os seus rendimentos do ano. Contudo, esse documento só vai poder ser usado por aqueles que costumam declarar o chamado “leão” todos os anos, seguindo os requisitos pré-estabelecidos.

    + Saque imediato da restituição do Imposto de Renda pode ser golpe. Entenda!

    Cuidado na hora de arrumar um comprovante de renda

    Não existe um problema específico na hora de emitir um comprovante de renda. Porém, algumas pessoas acreditam que é uma boa ideia prezar por modelos editáveis, encontrados na internet para apresentar na hora de conseguir crédito.

    Só que essa prática deve ser frequentemente desencorajada, visto que consiste em falsificação e pode gerar muitos problemas. A instituição financeira, seja ela qual for, dispõe de meios que podem captar essa tentativa de golpe e vetar a sua avaliação.

    Outrossim, como se trata de um crime, pode também acionar os órgãos de justiça e gerar problemas com a lei para quem aplica esse tipo de prática. Dessa maneira, siga corretamente as orientações e traga efetividade e maiores chances de aprovação para o seu requerimento.

    Publicidade

    E aí, que tal compartilhar esse artigo para que seus amigos e familiares também tenham acesso a esse tipo de informação? Veja também

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?