Conheça 4 estratégias de marketing digital para e-commerce | FinanceOne

Conheça 4 estratégias de marketing digital para e-commerce

Escrito por: Rafael Massadar em 15 de abril de 2020

O uso de estratégias de marketing digital pode ser um diferencial para quem tem e-commerce. Principalmente na hora de atrair clientes em quarentena por causa da pandemia do coronavírus.

Essa mudança de comportamento impulsiona o comércio eletrônico. Afinal, a necessidade de distanciamento social faz com que as pessoas busquem alternativas e procurem as empresas que realizam vendas online.

Marketing Digital
O Marketing Digital é um dos pilares fundamentais para o sucesso no e-commerce

Tal tendência se verifica, inclusive, em quem antes tinha resistência a esse tipo de mercado e está experimentando a modalidade de compra online pela primeira vez.

Nessa mesma perspectiva, a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), em conjunto com a Compre & Confie, realizou levantamento de vendas nos meses de fevereiro e março de 2020.

O resultado foi surpreendente: a categoria de bens de consumo cresceu em mais de 100% na modalidade de comércio online. Os setores que mais se destacaram em comparação com as vendas do mesmo bimestre de 2019 foram:

  • saúde – 111%;
  • beleza e perfumaria – 83%;
  • supermercados – 80%.

O que é marketing digital?

O marketing digital se difere do tradicional (offline). Principalmente por utilizar diferentes canais simultaneamente que permitem o processamento e a análise de dados em tempo real.

Dessa forma, enquanto uma campanha comum de marketing utiliza apenas um veículo, como a televisão, e se baseia em informações prévias sobre os consumidores, o digital funciona de acordo com a própria navegação do usuário.

Antes de começar uma estratégia de marketing digital para e-commerce, é fundamental entender bem todas as possibilidades que o negócio pode oferecer. Também é necessário conhecer bastante o seu público-alvo e como dialogar corretamente com ele.

Para tanto, podem ser feitas pesquisas de mercado, que indicam quais são seus concorrentes, como eles atuam e quais resultados têm obtido. Ela também pode apontar como e onde investir e de que forma isso pode ser feito.

Em seguida, é hora de criar personas, ou seja, pessoas que representem, de fato, seus clientes em potencial, de forma mais específica que o público-alvo. Elas permitem direcionar melhor a sua estratégia.

Além disso, é muito importante entender que nenhuma estratégia de marketing digital para e-commerce funciona de uma hora para outra. Os resultados podem demorar a aparecer e, muitas vezes, é preciso ajustar ou rever todas as ações.

4 estratégias para impulsionar suas vendas

O trabalho de marketing digital é essencial para construir quatro pilares fundamentais para o sucesso de um e-commerce. Entenda quais são eles:

1 – Branding

Por que comprar na sua loja se outras lojas vendem os mesmos produtos ou similares? A diferença pode estar no branding. Ou seja, a construção de uma marca forte, reconhecida em seu ramo de atuação. Isso é fundamental para atingir o resultado desejado.

Ao fortalecer a marca e criar uma imagem positiva, você diz ao consumidor exatamente o que ele pode esperar de sua atuação. Ele entende quais são os valores, que tipo de experiência a empresa proporciona ao cliente e os diferenciais do negócio no mercado.

Em um e-commerce, o branding tem um papel ainda mais importante. Ele faz com que a sua loja saia do anonimato, conquistando um espaço próprio dentre as milhares lojas virtuais ativas no país.

Além disso, não é incomum os consumidores ainda terem algum receio de comprar pela internet. As pessoas podem ter medo de não receber os produtos ou serem vítimas de alguma fraude.

Quando a loja tem uma marca forte, os compradores entendem que ficarão livres desses tipos de riscos.

2 – Brand Awareness

Trata-se de uma métrica, um indicador que sinaliza o quanto uma marca é conhecida pelos consumidores e qual é a imagem que eles possuem dela.

O marketing digital inclui ações que ampliam a visibilidade de um e-commerce no mundo virtual, fazendo com que uma loja ganhe notoriedade e seja bem lembrada pelo público-alvo da empresa.

3 – Reputação

Para conquistar esse aspecto, é importante construir um relacionamento com influenciadores. A avaliação desses profissionais da web é uma forma de intensificar a percepção da marca e dos produtos que a loja oferece.

Nesse sentido, os principais recursos para melhorar a reputação são: atuação nas redes sociais, distribuição de brindes para os influenciadores e participação em eventos do segmento do e-commerce.

4 – Engajamento

Vivemos em uma época em que as empresas não são as responsáveis pelo grande volume de conteúdo produzido e veiculado. As pessoas podem até consultar os sites e acompanhar as notícias, mas o tempo que elas passam nas redes sociais é ainda maior.

Ou seja, grande parte da informação que as pessoas consomem — e acreditam — é produzida por outras pessoas. E o ponto de vista de outros consumidores tem um papel essencial na formação de opinião.

Nesse contexto, o engajamento é fundamental. A experiência positiva que um consumidor teve com uma empresa pode ser compartilhada e até mesmo viralizar, gerando uma publicidade gratuita e de alta credibilidade.

Logo, é fundamental manter um relacionamento próximo com os consumidores. Isso fará com que as pessoas enxerguem valor na sua empresa e no que ela oferece ao público.

Esse tipo de diálogo contribui para estabelecer um patamar de confiança e conquistar uma legião de defensores que agirão como verdadeiros embaixadores da sua marca diante dos consumidores.

O público já está na internet

Saiba que 71% dos brasileiros estão conectados à internet. Esse dado é da pesquisa Digital 2020 e mostra que 150,4 milhões de pessoas acessam a web no nosso país.

O mesmo estudo aponta ainda que 89% dos entrevistados no Brasil fazem buscas online antes de adquirir um produto.

Portanto, pense no impacto que esse comportamento pode ter sobre suas vendas!

Rafael Massadar

Jornalista com experiência em redação com pós-graduação em Comunicação Empresarial e Transmídia. Atualmente trabalho como assessor de imprensa.

Deixe uma resposta

Posts relacionados

Marketing Digital
Finanças no Instagram
Como ganhar renda extra com Mercado Livre
Ganhar dinheiro na Páscoa
Mulheres na Tecnologia: como elas estão promovendo a inovação