As criptomoedas vão sumir? É o que pensam alguns especialistas, mas será verdade?

0
2068
Dois homens carregando uma grande criptomoedas, cada
0
(0)

Previsões sobre o fim das criptomoedas existem desde o surgimento delas e isso não significa que vão sumir de um dia para o outro. No entanto, para o investidor é fundamental ficar atento aos movimentos e tendências deste mercado. 

Anúncios

As discussões sobre o futuro dos ativos digitais são antigas e ganham mais força sempre que uma autoridade fala a respeito.

Mais recentemente, o responsável pelo tópico foi Gary Gensler, o presidente da Securities and Exchange Comission (SEC), a CVM dos Estados Unidos. Conhecido como um grande crítico das criptomoedas, desta vez ele definiu o mercado como um “velho oeste”.

Anúncios

“Não se sabe se tem algo de fato lá (…).A maioria desse universo de 10 a 15 mil criptomoedas irá desaparecer. É um velho oeste.”

A declaração foi dada por Gensler no início de janeiro, em uma live no perfil oficial do Exército dos Estados Unidos no Twitter.

Mas o que será que outros especialistas pensam sobre isso?

Anúncios

As criptomoedas vão sumir?

Eswar Prasad, autor de The Future of Money: How the Digital Revolution is Transforming Currencies and Finance, não é tão taxativo em relação ao fim dos ativos digitais. No entanto, ele também acredita que a forma como as conhecemos hoje vai mudar. 

O especialista disse que, no futuro, as moedas digitais terão valor estável e serão controladas pelo governo.

“Na minha visão, o futuro do dinheiro será ditado pelas moedas digitais emitidas pelos bancos centrais (…) e também por moedas que ainda serão criadas por grandes corporações, como Facebook ou Amazon”, disse ele em entrevista exclusiva à Época Negócios.

Recentemente, o site 99 Bitcoins.com fez um levantamento de quantas vezes algum veículo ou pessoa renomada previu o fim dos ativos digitais, encontrando um total de 471 publicações. Até aqui, logicamente, todas estavam erradas. 

Por isso há também muitos que acreditam que as criptomoedas não vão sumir. Até porque sua chegada ao mercado significou também o surgimento da tecnologia blockchain, que até os mais cautelosos, como Eswar Prasad, reconhecem como principal presente do BTC. 

Daniel Kuhn, jornalista do site Coindesk, por exemplo, acredita que as moedas digitais têm futuro. “Embora hoje tenhamos mais conhecimento sobre as distintas razões que podem levar as criptomoedas a falharem, ainda há muitos formatos nos quais elas podem ser bem-sucedidas.”

De certo modo, há algum nível de concordância entre os defensores mais assíduos das criptos e aquelas que são mais cautelosos: o mercado passará por mudanças, já que existem ainda muitos empecilhos a serem superados. 

Cofre de porquinho e várias criptomoedas Bitcoin
Mercado de criptomoedas ainda divide opiniões

O que esperar das criptomoedas em 2023?

Se as criptomoedas vão sumir, não será da noite para o dia. O ano de 2022 foi particularmente turbulento para este mercado e para 2023 as perspectivas são um pouco mais positivas, pelo menos para alguns especialistas.

Andrew Keys, cofundador da DARMA Capital, pontuou em artigo publicado no Infomoney, que o mercado cripto passou por um processo dramático e doloroso ao longo do ano anterior, mas que isso fez parte de seu amadurecimento. 

“O ano de 2023, no entanto, será um período com outras histórias, e o mercado de blockchain tem tudo para crescer”, disse.

O Bitcoin teve quedas significativas ao longo do ano passado, por conta da falência da corretora cripto FTX. Mas na primeira quinzena de 2023, por exemplo, obteve uma  alta de mais de 26%. 

A projeção dos especialistas para o mercado de criptomoedas, no geral, não é tão positiva e uma das melhores, mas definitiva não há qualquer decreto de seu fim. 

E você? Acredita que as criptomoedas vão sumir? Então deixe sua opinião nos comentários e leia também: o que esperar do Bitcoin em 2023?

O que achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui