Conversor de moedas Transferência internacional

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Dinheiro para viagem: dicas de quanto e como levar

Escrito por: Redação em 16 de março de 2018

Dinheiro para viagem no exterior. Quanto levar? Se você nunca viajou para fora do país, você deve saber que existe uma diferença entre a cotação comercial e a cotação turismo.

A cotação comercial é aquela divulgada nos jornais.  A cotação turismo é a cobrada em casas de câmbio. Ela é sempre é mais cara que a comercial. Além de valer para todas as modalidades: câmbio em espécie, cartão pré-pago e cartão de crédito.

Com o aumento do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) os cartões de viagem pré-pago, cheques de viagem, cartões de débito ou crédito e saques em outros países passaram a pagar um valor alto pela transação.

Dinheiro para viagem

Planejamento das despesas

Após isso, a primeira coisa que você tem que fazer é uma conta dos gastos com hotéis e ingressos para festivais, shows e demais atrações. Depois, aí sim, comece a estimar o orçamento dos gastos diários. Outras despesas são certas, porém não podem ser delimitadas. São elas:

– Alimentação;
– Transporte;
– Compras.

Adicione sempre ao valor final algumas dezenas ou poucas centenas a mais. É uma forma de criar uma margem de segurança tanto para uma possível inspeção mais rigorosa na imigração quanto para imprevistos de viagem.

Por isso é importante ficar de olho no mercado e acompanhar as variações da moeda do país que você for visitar.

Dinheiro ou cartão?

Devido à alta do IOF para uso do cartão de crédito no exterior (6,38%), esse atualmente é o meio menos vantajoso financeiramente.

O sobe e desce da cotação do dólar também não favorece o uso do cartão. Já que apenas no dia de fechamento da fatura é que você saberá qual cotação do dólar será aplicada.

Dinheiro para viagem

Dinheiro para viagem

Vantagens
Levar dinheiro para viagem é a melhor forma de economizar. Isso porque você foge do IOF cobrado pelos cartões. Além disso, é cobrado apenas o IOF de 1,1% na hora de compra da moeda.

Outra vantagem do dinheiro é que com ele, você tem mais facilidade para controlar os gastos. É a melhor opção para viagens curtas pois o montante será menor.

Desvantagens
Pode parecer óbvio, mas a grande desvantagem desta opção é a falta de segurança. Sempre estamos sujeitos a furtos, roubos e até mesmo a possibilidade de perder o dinheiro. Imprevistos acontecem. Há o risco também de pegar notas falsas ou tenha que enfrentar um câmbio ruim.

Cuidado com os golpes – Não troque seu dinheiro com pessoas nas ruas. Você corre sério risco de receber notas falsas!  E outro ponto importante é: para transportar o dinheiro em espécie, sugerimos que você compre uma doleira (ou porta dólar).

Cartão de crédito

Para quem é viciado em acumular milhas o cartão de crédito é sempre uma ótima opção, mas o IOF é bem salgado. De qualquer maneira, levar um ou dois cartões de crédito para viagem é essencial para qualquer emergência que necessite de um grande valor.

Dinheiro para viagem cartao

Vantagens

Ele possui a facilidade de se comprar e não ter que lidar com moedas e troco. A segurança também é um benefício. Já que se você for roubado, basta ligar para a operadora e bloqueá-lo.

E ainda te enviam rapidamente (de 2 a 5 dias) um cartão reserva. O cartão também é aceito em qualquer loja ou restaurante em diversos países do mundo.

Desvantagens

Lembre-se que desde 2011 o governo brasileiro cobra um imposto (IOF) de 6,38% sobre qualquer compra feita no exterior com o cartão de crédito. Isso pode representar um bom gasto no fim da sua viagem.

Ainda mais se o dólar ou ero se valorizarem. Alguns gastos pontuais (e às vezes emergenciais) como táxi, médicos e, principalmente, gorjetas podem eventualmente não aceitar cartão.

 

Cartão pré-pago

Dinheiro para viagem cartao de credito

Vantagens

Esta era a opção preferida dos viajantes. Além da segurança de não precisar andar por aí com dinheiro, o cartão pré-pago funciona de forma prática. Você carrega a quantidade que quiser e pode utilizar o cartão para as funções de crédito, débito e saque.

É possível também cadastrar o seu celular para receber SMS informando sobre a quantia que foi gasta, para não ter nenhuma surpresa no fim da viagem. E caso seja necessário, você pode fazer uma recarga online. Mas você paga 6,38% de IOF.

Desvantagens

Assim como os outros cartões, o pré-pago também não foge dos 6,38% de IOF e a cotação levada em conta será a do dia da carga. Também será cobrada uma taxa por saque. O valor vai depender da tarifa da casa de câmbio ou banco conveniado.

O dinheiro ideal

Sempre leve mais de uma opção quando for viajar. Separe o dinheiro para viagem (em espécie) para gastos como gorjetas e compras. Por exemplo, deixe o cartão de débito ou crédito para imprevistos, reservas em hotéis, emergências, entre outros.

Lembre-se ainda que o câmbio para viagem faz parte de toda a preparação para um passeio fora do seu país. Por isso, veja mais dicas do FinanceOne para não perder dinheiro no câmbio em uma viagem para o exterior.

Redação

Criado em 2003, o FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa.

Deixe um comentário

Posts relacionados

passeios gratuitos na Europa
destinos-mais-baratos-para-passar-o-Réveillon
Destinos para conhecer de carro pelo mundo
Super Bowl