Dividendos por ação: saiba o que são e como calcular

0
1958
pessoa empilhando moedas com um saco de dinheiro com um cifrão dsenhado ao lado
5
(4)

Se você quer começar a investir na Bolsa de Valores ou se já investe, com certeza já ouviu a palavra dividendos. Mas o que essa palavra quer dizer? O que são? De forma resumida: são o lucro que os acionistas pegam de uma ação.

Anúncios

Por isso, eles são pagos em uma data definida pelo Conselho de Administração de cada empresa. A distribuição dos dividendos pode ser feita através do dinheiro, em que o acionista recebe uma quantia ao rendimento das ações.

No entanto, os dividendos também podem ser pagos através de mais ações, ou seja, o acionista tem direito a mais participação na empresa.

Anúncios

Vale lembrar, no entanto, que o termo “dividendos” está relacionado à Bolsa de Valores e as companhias que estão listadas no mercado de ações.

Além disso, as empresas com papéis negociados na B3 são obrigadas a distribuir pelo menos 25% dos lucros obtidos aos seus acionistas.

Por que as empresas pagam dividendos?

Existem diversos motivos para que uma empresa pague os dividendos aos seus acionistas. Os principais motivos pelos quais as empresas pagam esses valores são para atrair investidores e também podem ajudar na retenção dos acionistas.

Anúncios

Isso porque o valor do pagamento de dividendos tem relação com a quantidade de ações que uma pessoa possui: ou seja, quanto mais ações ela têm, maiores serão os dividendos que ela irá receber.

Por isso, oferecer dividendos pode despertar o interesse entre acionistas e investidores, criando mais demanda pelas ações.

Além disso, distribuir dividendos também pode ser um sinal para mostrar que a empresa está bem financeiramente, uma vez que eles podem pagar os dividendos.

+ Como saber se tenho ações antigas? Entenda como recuperar

+ Entenda como calcular o preço médio das ações de forma correta

E como calcular o dividendo por ação?

Geralmente, os dividendos por ação são calculados com base na quantidade de ações que o investidor possui. O valor da ação é considerado nesse cálculo.

Veja o exemplo a seguir:

  • Imagine que um acionista tem 100 ações da empresa X, e que essa empresa pague um dividendo anual de R$20 por ação. Dessa forma, o dividendo total recebido pelo investidor será de:

100 ações x R$20 = R$2000 em dividendos.

No entanto, a empresa também pode fazer o pagamento estabelecendo um percentual sobre o preço da ação.

Tomando o exemplo acima, se cada ação da empresa X for negociada a R$40, e a companhia anunciasse um dividendo de 5% sobre o preço, o investidor receberia da seguinte forma:

R$50 x 5% = R$25 de dividendos por cada ação.

Esse cálculo ajuda o investidor a saber e escolher melhor onde vai e deseja investir.

peças de madeira que escrevem dividendos em inglês
Saiba como é o cálculo dos dividendos para os acionistas

Como escolher bons pagadores de dividendos?

O ideal é escolher as empresas que já estão consolidadas no mercado financeiro.

Empresas em crescimento podem ser boas opções quando se visa a valorização de papéis. Contudo, elas reinvestem grande parte de seu lucro, não focando na divisão com os acionistas.

Além disso, alguns investidores podem usar para investir de volta na empresa e comprar mais ações.

Os dividendos podem ser usados para reinvestir os lucros em projetos de expansão, para pagar dívidas e/ou recomprar ações.

Gostou desse conteúdo? Veja uma lista com mais de 20 ações que podem pagar dividendos acima da Selic. Se for útil, compartilhe com seus amigos investidores!

O que achou disso?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 4

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui