Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasFinanças PessoaisComo funciona o empréstimo pessoal do Itaú? Saiba tudo!

    Como funciona o empréstimo pessoal do Itaú? Saiba tudo!

    0
    (0)

    Se você está precisando de uma emergência financeira, o empréstimo pessoal Itaú pode ser uma opção. No entanto, antes de realizar esse tipo de transação, é fundamental avaliar com cuidado. 

    Publicidade

    Antes de realizar qualquer tipo de empréstimo, seja o do Itaú ou de qualquer outra instituição financeira, faça uma avaliação das suas finanças, veja se vale a pena e planeje-se.

    Mas se você já pensou em tudo e resolveu partir para essa saída, FinanceOne te ajuda contando tudo que você precisa saber sobre o crédito pessoal do banco. Confira a seguir!

    Como funciona o crédito pessoal do Itaú?

    O Empréstimo Pessoal Itaú é sem garantia e sem necessidade de comprovação do direcionamento dos recursos. Ou seja, pode ser usado como a pessoa bem entender. 

    O pagamento é feito em parcelas, na quantidade e valor contratados pelo cliente. O Itaú entregará o valor contratado indicado no comprovante de contratação, mediante crédito na conta-corrente.

    Vale destacar que o valor total do empréstimo é o valor total que deverá ser pago pelo cliente. Isso inclui o valor creditado em sua conta, acrescido do: IOF, das tarifas cobradas, do seguro crediário (quando contratado) e outras despesas previstas no contrato.

    Publicidade

    Já o valor entregue é a quantia do empréstimo em si, que será creditada na conta e estará disponível para livre utilização

    O valor do contrato será acrescido de juros remuneratórios, capitalizados mensalmente, à taxa estipulada no comprovante de contratação. Ela será convertida em uma taxa diária, considerando um mês de 30 dias.

    Lógico, na quantidade de parcelas, valores e data de vencimento indicados no comprovante. A cada mês, no dia escolhido pelo próprio cliente, o valor da parcela será debitado na conta-corrente. 

    É possível solicitar a alteração do modo de pagamento, passando de débito em conta para boleto bancário. Basta fazer a solicitação diretamente na agência do banco. 

    Se depois mudar de ideia, o cliente poderá solicitar que o modo de pagamento retorne para débito em conta. Mas neste caso, ele não poderá mais solicitar alteração para boleto bancário.

    Publicidade

    Quem pode contratar? Como é feita a avaliação de crédito?

    A concessão do empréstimo pessoal Itaú é baseada na avaliação de perfil de crédito e no relacionamento que o cliente mantém com o banco. 

    Essa análise leva em consideração investimentos realizados, ingresso de recursos de forma rotineira em conta-corrente (recebimento de salário, por exemplo), nome sujo, entre outros aspectos. 

    Para evitar o acúmulo dos encargos de atraso em produtos de crédito, o Itaú poderá debitar os valores em atraso de sua conta salário. 

    Fachada de uma unidade do banco Itaú
    Empréstimo pessoal Itaú tem juros moratórios de 1%

    Qual o juros do empréstimo no Itaú e condições de pagamento?

    A carência de pagamento da primeira prestação é de 90 dias. Além disso, existe a opção de quitar em uma ou até 48 parcelas. 

    Importante: é necessário manter saldo disponível suficiente para suportar o débito total ou parcial dos valores devidos. Caso contrário, o pagamento da parcela ficará pendente, resultando na incidência de juros, multas e encargos pelo atraso.

    Publicidade

    Se ocorrer atraso no pagamento ou vencimento antecipado, serão devidos os juros remuneratórios do período, acrescidos de juros moratórios de 1% ao mês, desde o atraso, e multa moratória de 2% sobre o valor em atraso.

    A taxa média de juros do empréstimo é de 3,98% ao mês e mais de 59% ao ano, de acordo com informações do Banco Central.

    Como contratar o empréstimo pessoal do Itaú?

    É possível contratar esse crédito pessoal das seguintes formas: pela internet ou no caixa eletrônico. Veja os passos a seguir.

    Pela internet

    1. Acesse a sua conta corrente no site do Itaú 
    2. Digite “simular empréstimo pessoal” ou “simular empréstimo pessoal sem proteção” no campo de busca
    3. Escolhe o valor que quer emprestado
    4. Confira a taxa de juros (compare com outros bancos)
    5. Se resolver contratar, digite a senha do cartão e valide o iToken

    Caixa eletrônico Itaú

    1. Vá até o caixa mais próximo
    2. Coloque o seu cartão
    3. Digite a senha 
    4. Selecione a opção “Empréstimos”, depois “Novo empréstimo”

    Se você não tiver limite pré-aprovado, vá até a agência Itaú mais próxima e fale com a equipe para pedir um empréstimo pessoal.

    O que é empréstimo com proteção?

    Essa é uma opção de seguro que o cliente pode contratar junto com o empréstimo pessoal Itaú. Com ele, o contratante se protege de imprevistos.

    O seguro oferece o pagamento total ou parcial do seu empréstimo em casos de:

    • Perda involuntária de emprego (Carência e Franquia de 30 dias)
    • Incapacidade total ou temporária (Carência de 30 dias e Franquia de 15 dias)
    • Invalidez causada por acidente ou morte por qualquer causa

    Nos dois primeiros casos (desemprego e incapacidade) o seguro vai arcar com quatro parcelas de até R$1.500 cada. 

    Já em caso de acidente ou morte, é feito o pagamento total do saldo devedor do empréstimo contratado. Porém, limitado a R$100 mil.

    Os valores do seguro devem ser consultados com o banco. Além disso, é importante ler as condições gerais do contrato, disponível no site da instituição.

    O conteúdo foi útil? Então compartilhe com seus amigos que também precisam de um empréstimo e deixe um comentário!

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Tamires Silva
    Tamires Silva
    Jornalista e Redatora do FinanceOne, onde suas finanças começam.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasFinanças PessoaisComo funciona o empréstimo pessoal do Itaú? Saiba tudo!

    Como funciona o empréstimo pessoal do Itaú? Saiba tudo!

    0
    (0)

    Se você está precisando de uma emergência financeira, o empréstimo pessoal Itaú pode ser uma opção. No entanto, antes de realizar esse tipo de transação, é fundamental avaliar com cuidado. 

    Publicidade

    Antes de realizar qualquer tipo de empréstimo, seja o do Itaú ou de qualquer outra instituição financeira, faça uma avaliação das suas finanças, veja se vale a pena e planeje-se.

    Mas se você já pensou em tudo e resolveu partir para essa saída, FinanceOne te ajuda contando tudo que você precisa saber sobre o crédito pessoal do banco. Confira a seguir!

    Como funciona o crédito pessoal do Itaú?

    O Empréstimo Pessoal Itaú é sem garantia e sem necessidade de comprovação do direcionamento dos recursos. Ou seja, pode ser usado como a pessoa bem entender. 

    O pagamento é feito em parcelas, na quantidade e valor contratados pelo cliente. O Itaú entregará o valor contratado indicado no comprovante de contratação, mediante crédito na conta-corrente.

    Vale destacar que o valor total do empréstimo é o valor total que deverá ser pago pelo cliente. Isso inclui o valor creditado em sua conta, acrescido do: IOF, das tarifas cobradas, do seguro crediário (quando contratado) e outras despesas previstas no contrato.

    Publicidade

    Já o valor entregue é a quantia do empréstimo em si, que será creditada na conta e estará disponível para livre utilização

    O valor do contrato será acrescido de juros remuneratórios, capitalizados mensalmente, à taxa estipulada no comprovante de contratação. Ela será convertida em uma taxa diária, considerando um mês de 30 dias.

    Lógico, na quantidade de parcelas, valores e data de vencimento indicados no comprovante. A cada mês, no dia escolhido pelo próprio cliente, o valor da parcela será debitado na conta-corrente. 

    É possível solicitar a alteração do modo de pagamento, passando de débito em conta para boleto bancário. Basta fazer a solicitação diretamente na agência do banco. 

    Se depois mudar de ideia, o cliente poderá solicitar que o modo de pagamento retorne para débito em conta. Mas neste caso, ele não poderá mais solicitar alteração para boleto bancário.

    Publicidade

    Quem pode contratar? Como é feita a avaliação de crédito?

    A concessão do empréstimo pessoal Itaú é baseada na avaliação de perfil de crédito e no relacionamento que o cliente mantém com o banco. 

    Essa análise leva em consideração investimentos realizados, ingresso de recursos de forma rotineira em conta-corrente (recebimento de salário, por exemplo), nome sujo, entre outros aspectos. 

    Para evitar o acúmulo dos encargos de atraso em produtos de crédito, o Itaú poderá debitar os valores em atraso de sua conta salário. 

    Fachada de uma unidade do banco Itaú
    Empréstimo pessoal Itaú tem juros moratórios de 1%

    Qual o juros do empréstimo no Itaú e condições de pagamento?

    A carência de pagamento da primeira prestação é de 90 dias. Além disso, existe a opção de quitar em uma ou até 48 parcelas. 

    Importante: é necessário manter saldo disponível suficiente para suportar o débito total ou parcial dos valores devidos. Caso contrário, o pagamento da parcela ficará pendente, resultando na incidência de juros, multas e encargos pelo atraso.

    Publicidade

    Se ocorrer atraso no pagamento ou vencimento antecipado, serão devidos os juros remuneratórios do período, acrescidos de juros moratórios de 1% ao mês, desde o atraso, e multa moratória de 2% sobre o valor em atraso.

    A taxa média de juros do empréstimo é de 3,98% ao mês e mais de 59% ao ano, de acordo com informações do Banco Central.

    Como contratar o empréstimo pessoal do Itaú?

    É possível contratar esse crédito pessoal das seguintes formas: pela internet ou no caixa eletrônico. Veja os passos a seguir.

    Pela internet

    1. Acesse a sua conta corrente no site do Itaú 
    2. Digite “simular empréstimo pessoal” ou “simular empréstimo pessoal sem proteção” no campo de busca
    3. Escolhe o valor que quer emprestado
    4. Confira a taxa de juros (compare com outros bancos)
    5. Se resolver contratar, digite a senha do cartão e valide o iToken

    Caixa eletrônico Itaú

    1. Vá até o caixa mais próximo
    2. Coloque o seu cartão
    3. Digite a senha 
    4. Selecione a opção “Empréstimos”, depois “Novo empréstimo”

    Se você não tiver limite pré-aprovado, vá até a agência Itaú mais próxima e fale com a equipe para pedir um empréstimo pessoal.

    O que é empréstimo com proteção?

    Essa é uma opção de seguro que o cliente pode contratar junto com o empréstimo pessoal Itaú. Com ele, o contratante se protege de imprevistos.

    O seguro oferece o pagamento total ou parcial do seu empréstimo em casos de:

    • Perda involuntária de emprego (Carência e Franquia de 30 dias)
    • Incapacidade total ou temporária (Carência de 30 dias e Franquia de 15 dias)
    • Invalidez causada por acidente ou morte por qualquer causa

    Nos dois primeiros casos (desemprego e incapacidade) o seguro vai arcar com quatro parcelas de até R$1.500 cada. 

    Já em caso de acidente ou morte, é feito o pagamento total do saldo devedor do empréstimo contratado. Porém, limitado a R$100 mil.

    Os valores do seguro devem ser consultados com o banco. Além disso, é importante ler as condições gerais do contrato, disponível no site da instituição.

    O conteúdo foi útil? Então compartilhe com seus amigos que também precisam de um empréstimo e deixe um comentário!

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?