InícioNotíciasFinanças Pessoais5 dicas para evitar golpes com empréstimo pela internet. Fique atento!

5 dicas para evitar golpes com empréstimo pela internet. Fique atento!

3.4
(5)

A internet é uma ferramenta que traz inúmeros benefícios. Mas também repercute tudo de bom e de ruim que existe na sociedade, incluindo possibilidades de roubo, como os golpes com empréstimo.

Apesar de 92% dos brasileiros temerem pela segurança de seus dados no ambiente virtual, segundo aponta pesquisa da Mastercard ao Instituto DataFolha, muitos ainda são vítimas dos mais variados tipos de cibercrimes envolvendo transações financeiras.

Com o aumento dos pedidos de empréstimo durante a pandemia (mais de 1,2 milhão em 2020, segundo a fintech Simplic), os golpes relacionados a esse assunto ganharam uma nova roupagem. Eles agora são aplicados pelo aplicativo de mensagem WhatsApp.

Mas isso não quer dizer que devemos ter medo e abandonar nossos novos hábitos digitais. Muito pelo contrário, até porque as transações presenciais e tradicionais possuem igualmente riscos à segurança.

Contudo, como a internet ainda é um lugar novo para muitas pessoas, é essencial entender como se proteger nela. Você sabe, por exemplo, que ao ir à agência do seu banco sacar dinheiro, não é seguro sair na rua abanando as notas na mão.

E no digital? Como se proteger? Para ajudar, Thaíne Clemente, Executiva de Estratégias e Operações da Simplic dá algumas dicas de como evitar cair em golpes com empréstimo pela internet.

“É importante buscar informações sobre o tema e apostar em empresas com credibilidade no mercado antes de contratar um serviço”, afirma.

5 dicas para não cair em golpes com empréstimo

1. Tomar cuidado com agiotas

Assim como no mundo real, o mundo virtual está cheio de pessoas bem e mal intencionadas. Portanto, é imprescindível ficar atento com quem você se relaciona, ainda mais quando se trata de uma transação financeira.

Se está procurando um empréstimo online, fique de olho no contato de possíveis agiotas pela internet.

De acordo com Thaíne, eles entram em contato com o cliente oferecendo um meio mais rápido de conseguir o dinheiro, que muitas vezes pode ser um golpe.

2. Evitar passar dados em redes sociais

Assim como os serviços online, as redes sociais cresceram no Brasil nos últimos anos. Por serem uma forma de contato instantânea, muitas vezes são o meio escolhido pelos clientes para sanação de dúvidas.

E, sim, de modo geral essas plataformas são seguras. Mas a especialista alerta: “como as postagens ficam públicas, o cuidado com as informações pessoais é primordial”.

Esse é um cuidado fundamental para quem quer evitar golpes com empréstimo.

De nada adianta que a rede social siga todos os protocolos de segurança, se o usuário mesmo se coloca em risco compartilhando publicamente ou com centenas de “amigos” dados como endereço, CPF e senhas bancárias. Evite.

mão masculina segura celular
Pesquisa e cuidado com dados podem evitar golpes com empréstimo online

3. Simular empréstimo em sites de confiança

Pequenos detalhes podem significar a falta de segurança em um site, explica a executiva de Estratégias e Operações da Simplic.

“Apesar de discretos, eles podem ser percebidos se analisados com atenção”, alerta. Algumas formas de saber se o site onde você quer simular o empréstimo é seguro:

  • reputação do site (você já ouviu falar dele? O que as pessoas dizem a respeito?);
  • no início do endereço eletrônico, as letras utilizadas têm de ser https e não apenas http;
  • também é válido conferir o símbolo de um cadeado, que geralmente aparece antes do site (se o cadeado estiver fechado, o site é de confiança e tem seus dados criptografados).

4. Pesquisar sobre a empresa

Se for escolher uma empresa com serviço de crédito, não pode deixar de pesquisar sobre ela. É mais simples do que parece: coloque o nome dela em um portal de buscas, como o Google, e encontre dados como o endereço fixo e contato oficial da empresa.

Além disso, observe outros recursos como fotos e comentários dos clientes; olhe as redes sociais da empresa e sites como o Reclame Aqui, para ter certeza de que a empresa existe e busca ajudar seus clientes a solucionar possíveis imprevistos.

“A Simplic, por exemplo, oferece serviço de crédito pessoal online no Brasil desde 2014 e investe em diversas ações para garantir a segurança dos seus clientes, além de conteúdos educacionais.”

5. Fintechs nunca pedem depósito adiantado

Essa informação é importante, porque muitas vezes os golpes com empréstimo envolvem depósitos adiantados. Esse tipo de ação é ilegal. Portanto, as fintechs que prestam um serviço realmente seguro, não utilizam esse recurso, garante Thaíne.

“Se a empresa está pressionando muito, exigindo rapidez no fechamento do contrato, também pode ser um sinal de golpe. Contratos de empréstimos têm de ser muito pensados e decididos com calma. O usuário recebe o documento para analisar após sinalizar que tem interesse em adquirir o serviço.”

Os golpes com empréstimo são um risco real, mas como visto, existem formas de se proteger contra eles. Se informe e pesquise sempre antes de fechar qualquer acordo.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com seus amigos e família para ajudá-los a também se proteger contra golpes virtuais. E deixe um comentário!

O que achou disso?

Média da classificação 3.4 / 5. Número de votos: 5

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Assine nossa newsletter!

Páginas Populares

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui