Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasEmpreendedorismoFérias para MEI: saiba como funciona e como planejar os dias de...

    Férias para MEI: saiba como funciona e como planejar os dias de descanso

    0
    (0)

    Ser dono do próprio negócio é o sonho de muitos brasileiros, mas o começo de um projeto nem sempre é dos mais fáceis – especialmente quando se é um micro ou pequeno empreendedor. Nesse cenário, há ainda uma dúvida que paira entre muitos profissionais liberais: como tirar férias sendo MEI? 

    Publicidade

    Fato é que todo profissional merece uma pausa, entretanto entre querer e poder há um longo caminho. Se não houver um bom planejamento, o descanso pode dar lugar a uma grande bola de neve, afetando diretamente a sua produção e o seu negócio como um todo.

    Por isso, se você não faz ideia de como planejar férias para MEI, veio ao lugar certo. Separamos as principais dicas para você se organizar com antecedência para equilibrar o tempo profissional com uma maior qualidade de vida. Confira!

    1. Saiba quando estabelecer uma pausa

    Ser dono do próprio negócio é sempre um desafio, especialmente quando há necessidade de pausa. Por isso, o primeiro passo que você deve ter em mente é fazer uma avaliação do fluxo de clientela do seu negócio.

    Dessa forma, é possível identificar qual é o melhor período do ano para tirar férias, de acordo com os meses em que o negócio tende a ter menos clientes para atender. Seja uma loja física, seja um serviço prestado online, é importante que você avalie quando vale a pena pausar as atividades para tirar um descanso. 

    2. Organize as finanças

    Quer tirar férias sendo MEI? Então, é preciso organizar as finanças do negócio. Ter um controle de gastos é essencial para todo microempreendedor, e ajuda principalmente em momentos em que o fluxo de entrada será menor. 

    Publicidade

    Ao contrário da CLT, que já engloba gastos com férias, transporte e alimentação, o trabalhador autônomo deve arcar com esses custos por conta própria. Sendo assim, é fundamental avaliar se há caixa suficiente para conter a falta de trabalho no período das férias.

    Pessoa fazendo a mala
    Férias do MEI exige maior planejamento e organização, mas pode – e deve – ser levada em conta. (Fonte: Divulgação)

    3. Comunique os clientes

    É de suma importância que você avise os clientes sobre a saída para as férias, até para que os fornecedores se programem enquanto você estiver fora. Além disso, é uma forma de mostrar organização e comprometimento com as demandas. 

    Por isso, mande uma mensagem com no mínimo duas semanas de antecedência para que seus clientes possam se programar, e forneça um cronograma de retorno. Assim, ambos os lados conseguem se organizar sem que haja paralisação do trabalho – você pode, inclusive, antecipar entregas se necessário.

    4. Delegue tarefas

    Tem um pequeno negócio e conta com mais funcionários? Então, aproveite o período de férias para delegar funções enquanto estiver fora. Caso haja imprevistos, o profissional responsável deve estar alinhado ao seu comando para se responsabilizar por eventuais demandas.

    Assim, a empresa pode continuar sendo gerida por alguém responsável, sem que você tenha que se preocupar durante o período que está fora. Caso trabalhe sozinho, tente negociar novos prazos para que os trabalhos sejam entregues antes ou depois do período de pausa.

    Publicidade

    5. Aproveite o descanso

    Organizadas todas as etapas do seu negócio, é hora de finalmente descansar. Se você se organizou financeiramente e com os clientes, é provável que possa curtir as férias de forma tranquila e ainda recarregar as energias. Aproveite esse período para, de fato, descansar, e deixar os aparelhos de comunicação de lado.

    Ao retornar para o trabalho, lembre-se de avisar os clientes e aproveite o novo gás para aprimorar o networking profissional. Um período de descanso pode ser uma ótima maneira de espairecer e pensar em novas ideias. 

    Gostou do conteúdo? Então aproveite para conferir outras dicas sobre empreendedorismo aqui no blog da Finance One!

    O que achou disso?

    Publicidade

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Raísa Boing
    Raísa Boing
    Jornalista especializada em conteúdo SEO. Ampla experiência com redação, edição e revisão para a web. Escrevo principalmente sobre mercado financeiro, investimentos, setor imobiliário, tecnologia e educação.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasEmpreendedorismoFérias para MEI: saiba como funciona e como planejar os dias de...

    Férias para MEI: saiba como funciona e como planejar os dias de descanso

    0
    (0)

    Ser dono do próprio negócio é o sonho de muitos brasileiros, mas o começo de um projeto nem sempre é dos mais fáceis – especialmente quando se é um micro ou pequeno empreendedor. Nesse cenário, há ainda uma dúvida que paira entre muitos profissionais liberais: como tirar férias sendo MEI? 

    Publicidade

    Fato é que todo profissional merece uma pausa, entretanto entre querer e poder há um longo caminho. Se não houver um bom planejamento, o descanso pode dar lugar a uma grande bola de neve, afetando diretamente a sua produção e o seu negócio como um todo.

    Por isso, se você não faz ideia de como planejar férias para MEI, veio ao lugar certo. Separamos as principais dicas para você se organizar com antecedência para equilibrar o tempo profissional com uma maior qualidade de vida. Confira!

    1. Saiba quando estabelecer uma pausa

    Ser dono do próprio negócio é sempre um desafio, especialmente quando há necessidade de pausa. Por isso, o primeiro passo que você deve ter em mente é fazer uma avaliação do fluxo de clientela do seu negócio.

    Dessa forma, é possível identificar qual é o melhor período do ano para tirar férias, de acordo com os meses em que o negócio tende a ter menos clientes para atender. Seja uma loja física, seja um serviço prestado online, é importante que você avalie quando vale a pena pausar as atividades para tirar um descanso. 

    2. Organize as finanças

    Quer tirar férias sendo MEI? Então, é preciso organizar as finanças do negócio. Ter um controle de gastos é essencial para todo microempreendedor, e ajuda principalmente em momentos em que o fluxo de entrada será menor. 

    Publicidade

    Ao contrário da CLT, que já engloba gastos com férias, transporte e alimentação, o trabalhador autônomo deve arcar com esses custos por conta própria. Sendo assim, é fundamental avaliar se há caixa suficiente para conter a falta de trabalho no período das férias.

    Pessoa fazendo a mala
    Férias do MEI exige maior planejamento e organização, mas pode – e deve – ser levada em conta. (Fonte: Divulgação)

    3. Comunique os clientes

    É de suma importância que você avise os clientes sobre a saída para as férias, até para que os fornecedores se programem enquanto você estiver fora. Além disso, é uma forma de mostrar organização e comprometimento com as demandas. 

    Por isso, mande uma mensagem com no mínimo duas semanas de antecedência para que seus clientes possam se programar, e forneça um cronograma de retorno. Assim, ambos os lados conseguem se organizar sem que haja paralisação do trabalho – você pode, inclusive, antecipar entregas se necessário.

    4. Delegue tarefas

    Tem um pequeno negócio e conta com mais funcionários? Então, aproveite o período de férias para delegar funções enquanto estiver fora. Caso haja imprevistos, o profissional responsável deve estar alinhado ao seu comando para se responsabilizar por eventuais demandas.

    Assim, a empresa pode continuar sendo gerida por alguém responsável, sem que você tenha que se preocupar durante o período que está fora. Caso trabalhe sozinho, tente negociar novos prazos para que os trabalhos sejam entregues antes ou depois do período de pausa.

    Publicidade

    5. Aproveite o descanso

    Organizadas todas as etapas do seu negócio, é hora de finalmente descansar. Se você se organizou financeiramente e com os clientes, é provável que possa curtir as férias de forma tranquila e ainda recarregar as energias. Aproveite esse período para, de fato, descansar, e deixar os aparelhos de comunicação de lado.

    Ao retornar para o trabalho, lembre-se de avisar os clientes e aproveite o novo gás para aprimorar o networking profissional. Um período de descanso pode ser uma ótima maneira de espairecer e pensar em novas ideias. 

    Gostou do conteúdo? Então aproveite para conferir outras dicas sobre empreendedorismo aqui no blog da Finance One!

    O que achou disso?

    Publicidade

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?