Cerca de 7 milhões de brasileiros têm FGTS atrasado | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,785
Euro R$ 4,411
Bitcoin R$ 24.200,00
Bovespa 74.538,54
CDI 6,39% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 5,020
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Cerca de 7 milhões de brasileiros têm FGTS atrasado

FGTS atrasado é uma realidade para cerca de 7 milhões de brasileiros. De acordo com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), órgão vinculado ao Ministério da Fazenda, 98.700 empresas são devedoras de depósitos do fundo.

São Paulo é o estado com mais empresas devendo depósitos no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de seus empregados e ex-empregados. Um total de 52.800. Isso representa uma soma de R$8,69 bilhões em débitos.

O Rio de Janeiro vem logo em seguida. As dívidas chegam a R$4,1 bilhões, distribuídos entre 27.700 empresas inadimplentes.

fgts atrasado

Como saber se o seu FGTS está atrasado?

O trabalhador pode evitar dor de cabeça: FGTS atrasado ou em dia? É possível fiscalizar se a empresa tem feito o depósito mensal do benefício, que é previsto em lei.

Outra maneira é o profissional acompanhar os registros dos depósitos mensais por meio de extrato bimestral. O documento é enviado pela Caixa Econômica Federal direto para a residência do colaborador.fgts atrasado

É possível verificar os extratos através do site da Caixa. Além dos terminais de autoatendimento, mediante uso de senha e do Cartão Cidadão.

Pelo celular – O saldo do FGTS também pode ser enviado via mensagens de celular (SMS) para o celular. Para isso, é necessário fazer esta opção no site do banco. Assim, o banco envia a mensagem logo que a empresa faz o depósito, mensalmente.

Para quem possui smartphones, a Caixa disponibiliza o aplicativo FGTS nos sistemas operacionais iOS, Android e Windows Phone. No app, é possível acompanhar o extrato após um rápido cadastro do trabalhador.

As 15 maiores devedoras do FGTS

1- Viação Aérea Rio-Grandense (massa falida) – R$ 820 milhões

2 – Viação Aérea São Paulo S.A – Vasp (massa falida) – R$ 160 milhões

3 – Associação Sociedade Brasileira de Instrução (Universidade Cândido Mendes) – R$ 132 milhões

4 – Sociedade Universitária Gama Filho – R$ 130 milhões

5 – TV Manchete LTDA – R$ 107 milhões

6 – Vale S.A – R$ 105 milhões

7 – Laginha Agro Industrial S.A – R$ 103 milhões

8 – Eletropaulo S.A – R$ 91 milhões

9 – Associação Educacional São Paulo Apóstolo (Assespa) – R$ 89 milhões

10 – Smar Equipamentos Industriais Ltda. (massa falida) – R$ 80 milhões

11 – Associação de Ensino Superior de Nova Iguaçu – R$ 79 milhões

12 – Zihuatanejo do Brasil Açúcar e Álcool S.A (em recuperação judicial) – R$ 75 milhões

13 – Tecelagem (em recuperação judicial) – R$ 74 milhões

14 – Associação Salgado de Oliveira de Educação e Cultura – R$ 65 milhões

15 – Usina Pumaty S.A (em recuperação judicial) – R$ 62 milhões

FGTS atrasado: o que fazer?

Não fazer os depósitos do FGTS da maneira correta é infração grave prevista em lei. Todos os empregadores são obrigados a depositar, em conta bancária vinculada, um valor correspondente a 8% do salário pago a cada trabalhador até o dia 7 de cada mês.

Caso esteja com problema, o primeiro passo é entrar em contato com o empregador para saber se foi feito ou não o depósito do FGTS. Se ele foi feito, mas não aparece no sistema da Caixa, o trabalhador pode tirar cópia dos comprovantes de depósitos. Depois, procurar uma agência da Caixa para regularizar a situação.

E se o pagamento não foi feito? Nesse caso, o Ministério do Trabalho recomenda que o trabalhador faça o seguinte:

– apresente uma denúncia ao sindicato representante de sua categoria;
– vá à Superintendência Regional do Trabalho para fazer uma denúncia;
– entre em contato com o Ministério Público do Trabalho;
– procure um advogado e entre com uma ação na Justiça.

Fique atento ao prazo

A prática de atraso ou inexistência do pagamento das parcelas do FGTS é ato ilícito. O empregador pode ser multado conforme o artigo 477 da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

O funcionário tem um limite de dois anos após o fim do contrato com a empresa para cobrar na Justiça os direitos trabalhistas. Inclusive o FGTS que deixou de ser depositado.

Mais notícias sobre FGTS

Você tem alguma dúvida sobre FGTS? Para entender a fundo esse assunto, você pode conferir um guia completo preparado pelo FinanceOne.

9 perguntas e respostas sobre FGTS

Como consultar e sacar seu FGTS?

Senado aprova saque do FGTS a quem pede demissão

FGTS inativo: quem tem direito e como sacar

Onde investir seu dinheiro do FGTS

Quer ver aqui mais algum artigo ligado ao tema FGTS? Envie sua sugestão!







Mais lidos

11 eventos de empreendedorismo em 2018 para você ficar ligado
Empreender é a sua meta para 2018, mas você não sabe por onde começar? E o que todo empreendedor...
Fuja desses 5 erros ao administrar suas finanças pessoais
Você sabe como administrar suas finanças pessoais? A sua resposta pode até ser sim, se você est...
Franquia home office: como lucrar trabalhando em casa
Abrir uma franquia home office é mais fácil e barato do que você imagina. E a notícia boa é: o ...
Cuidados ao contratar um seguro de celular
Ter um seguro é essencial para garantir a segurança e a comodidade caso algo dê errado ou não sa...
Investir em Portugal vale a pena? Descubra!
Vale investir em Portugal. Não é só a facilidade da língua que pode atrair investidores brasilei...
Conheça os 31 planos de saúde suspensos pela ANS
Muitas pessoas têm planos de saúde para evitar que em momentos de necessidade tenham que recorrer ...





Notice: Undefined variable: hidden in /var/www/finance-one/wp-content/themes/financeone_estrategia/single.php on line 46

Publicidade