FGTS: como abrir a poupança digital da Caixa | FinanceOne

FGTS: como abrir a poupança digital da Caixa

Escrito por: Mateus Carvalho em 3 de julho de 2020

A Caixa Econômica Federal começou a pagar no último dia 29 o novo saque do FGTS de até R$1.045. O dinheiro está sendo depositado na poupança digital da Caixa e está disponível somente para pagamentos e compras por meio do cartão de débito virtual.

Os trabalhadores só poderão sacar o valor em datas especificadas pela própria Caixa. E com o dinheiro sendo depositado na poupança digital, muitos brasileiros começaram a se perguntar se precisam abrir uma conta ou não.

FGTS
A poupança do FGTS é aberta pela Caixa Econômica

A resposta para esse questionamento é não. A própria Caixa é quem irá abrir a poupança digital para aqueles que tiverem dinheiro na conta do FGTS para ser sacado. 

Saiba como ter acesso a conta digital do FGTS

Quer saber como ter acesso a conta digital? O processo todo é bem simples e é realizado de forma segura. Veja o passo a passo abaixo!

1º passo: instale o aplicativo do Caixa Tem no celular, ele está disponível tanto para Android quanto iOS, caso você ainda não tenha. Essa plataforma é a mesma utilizada para receber o auxílio emergencial.

2º passo: aqui é preciso que o trabalhador informe o CPF e inicie a sua utilização.

3º passo: na data do pagamento, de acordo com o calendário, o valor será creditado na poupança digital vinculada ao trabalhador, sem custo.

É importante estar atento ao calendário divulgado pela Caixa, já que o dinheiro só estará disponível a partir da data informada.  

O dinheiro pode ser utilizado para pagamentos digitais de boletos, como água, luz e telefone. Além de ser possível realizar compras em sites e aplicativos com o cartão de débito virtual e QR code.

Também existe a possibilidade de pagar compras no comércio local com as maquininhas.

Caixa divulga calendário do FGTS para crédito e saque

Os beneficiários com direito ao saque do novo FGTS deverão ficar atentos ao calendário, que foi divulgado pela Caixa no dia 13 de junho

Esse novo cronograma segue o padrão do auxílio emergencial de R$600 e foi dividido em dois momentos, sendo uma data para crédito em conta social e outra data referente a liberação de saques.

Além disso, também foi similar a divisão da entrega do benefício pelo mês de aniversário. O objetivo é evitar aglomeração nas agências. A possibilidade de transações pelo aplicativo também é favorável a esse fator de distanciamento social.

Você sabia que os beneficiários nascidos em janeiro já tiveram o valor creditado em conta? Confira o calendário completo!

-> Janeiro: crédito em conta 29 de junho e saques a partir de 25 de julho;

-> Fevereiro: crédito em conta 06 de julho e saques a partir de 08 de agosto;

-> Março: crédito em conta 13 de julho e saques a partir de 22 de agosto;

-> Abril: crédito em conta 20 de julho e saques a partir de 5 de setembro;

-> Maio: crédito em conta 27 de julho e saques a partir de 19 de setembro;

-> Junho: crédito em conta 03 de agosto e saques a partir de 03 de outubro;

-> Julho: crédito em conta 10 de agosto e saques a partir de 17 de outubro;

-> Agosto: crédito em conta 24 de agosto e saques a partir de 17 outubro;

-> Setembro: crédito em conta 31 de agosto e saques a partir de 31 de outubro;

-> Outubro: crédito em conta 08 de setembro e saques a partir de 31 de outubro;

-> Novembro: crédito em conta 14 de setembro e saques a partir de 14 de novembro;

-> Dezembro: crédito em conta 21 de setembro e saques a partir de 14 de novembro.

Quem pode sacar o novo FGTS emergencial?

Você já sabe se tem direito ao saque emergencial do novo FGTS? É preciso ficar ligado às regras e verificar se terá valor disponível para retirar nessa nova rodada do Fundo de Garantia.

O benefício será concedido aos brasileiros com saldo na conta ativa ou inativa do FGTS, sem a necessidade de o trabalhador estar desempregado. Dessa vez, também será permitida a retirada de pessoas que estejam em efetivo exercício.

Mas, o que importa nesse fator é verificar se você tem dinheiro liberado na conta para saque.

Isso mesmo, embora o novo saque do FGTS seja nos mesmos moldes do auxílio emergencial e tenha um valor máximo fixado, de R$1.045, nem todos receberão o mesmo valor.

É necessário ter uma quantia liberada na conta. Mesmo quem não tiver o valor máximo permitido poderá sacar. Quem tiver mais do que esse valor somente poderá sacar, no máximo, R$1.045, e quem desejar sacar menos do que isso também pode.

Confira também: Quem optou pelo saque-aniversário poderá sacar os R$1.045?

Mateus Carvalho

Jornalista formado pela Unicarioca. Atualmente, repórter da Folha Dirigida e produtor de conteúdo no FinanceOne. Já fui colaborador do Torcedores.com.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

cartão de crédito
falar de dinheiro em casa
Homem mexendo no celular para consultar as plataformas de afiliados
FGTS rende mais que a Selic