Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Marcas mais valiosas do Brasil somam US$ 70 bilhões

Escrito por: Mateus Carvalho em 25 de junho de 2019

Você sabe quais são as marcas mais valiosas do Brasil? Se a resposta foi não, saiba que a Kantar, empresa de análise de dados e consultoria, realizou um estudo para descobrir as marcas mais valiosas.

De acordo com a pesquisa, o banco Bradesco tornou-se a marca mais valiosa de 2019.

A instituição financeira atingiu um valor de marca de US$9,4 bilhões, o que representa um crescimento de 35% em relação ao ano passado.

Dessa forma, o Bradesco ultrapassou a Skol, que era a líder das marcas mais valiosas do Brasil há seis anos.

marcas-mais-valiosas-do-Brasil

Ficou em segundo lugar mais uma instituição financeira, o banco Itaú Unibanco, com valor de marca US$8,3 bilhões.

O banco, assim como a marca de primeiro lugar, teve um crescimento de 35% em relação a 2018. Já o terceiro lugar foi para a cerveja Skol.

Das marcas mais valiosas do Brasil, o grande destaque foi para a varejista Magazine Luiza, que apresentou um crescimento de 276%.

A empresa atingiu, dessa forma, o sétimo lugar no ranking, com um valor de marca de US$2,2 bilhões.

Renner também está entre as 60 marcas mais valiosas do Brasil

Outra varejista, mas do setor de moda, a Renner também apresentou um bom resultado. Seu crescimento foi de 132% em 2019, com um valor de marca de US$1,9 bilhão.

Completando o TOP10 está a Amil, que cresceu 160% e atingiu um valor de marca de US$1,8 bilhão.

Ainda de acordo com o estudo realizado pela Kantar, as marcas mais valiosas do Brasil, juntas, somam US$69,9 bilhões.

O que representa um incremento de 11% em relação ao levantamento do ano passado.

De acordo com a empresa de consultoria, essa diferença de 11% foi impulsionada pelo varejo.

Para calcular o valor de cada empresa, o ranking considera duas dimensões:

1) financeira, feita pela Bloomberg;

2) valor de contribuição da marca, realizado pela Kantar.

Vale ressaltar que o estudo leva em consideração somente as marcas brasileiras.

Para chegar no ranking de 60 marcas mais valiosas do Brasil, foi levado em consideração o valor financeiro.

Veja o ranking das 60 marcas mais valiosas do Brasil

O ranking é composto por 60 marcas de vários setores. Confira!

1º lugar: Banco Bradesco – US$9,468 bilhões

2º lugar: Banco Itaú – US$8,368 bilhões

3º lugar: Skol – US$7,253 bilhões

4º lugar: Brahma – US$3,781 bilhões

5º lugar: Globo – US$3,624 bilhões

6º lugar: Antarctica – US$2,672 bilhões  

7º lugar: Magazine Luiza – US$2,287 bilhões

8º lugar: Petrobras -US$2,002 bilhões

9º lugar: Renner – US$1,903 bilhões

10º lugar: Amil – US$1,840 bilhões

11º lugar: Natura -US$1,521 bilhões

12º lugar: Ypê – US$1,395 bilhões

13º lugar: Sadia – US$1,339 bilhões

14º lugar: Bohemia – US$1,302 bilhões

15º lugar: Ipiranga – US$1,284 bilhões

16º lugar: Lojas Americanas – US$1,257 bilhões

17º lugar: Ypióca – US$1,004 bilhões

18º lugar: Vivo – US$990 bilhões

19º lugar: Embratel – US$944 bilhões

20º lugar: Banco do Brasil – US$806 bilhões

21º lugar: Net – US$777 bilhões

22º lugar: Localiza – US$736 bilhões

23º lugar: Drogasil – US$719 bilhões

24º lugar: Porto Seguro – US$686 bilhões

25º lugar: B3 – US$668 bilhões

26º lugar: Droga Raia – US$631 bilhões

27º lugar: Seara – US$612 bilhões

28º lugar: Schin – US$604 bilhões

29º lugar: Netshoes – US$469 bilhões

30º lugar: CVC – US$461 bilhões

31º lugar: Totvs – US$458 bilhões

32º lugar: Cielo – US$454 bilhões

33º lugar: Pão de Açúcar – US$452 bilhões

34º lugar: Casas Bahia – US$452 bilhões

35º lugar: Suvinil – US$398 bilhões

36º lugar: Iguatemi – US$383 bilhões

37º lugar: SBT – US$338 bilhões

38º lugar: Caixa – US$327 bilhões

39º lugar: Bauducco – US$325 bilhões

40º lugar: Gol – US$323 bilhões

41º lugar: Estacio – US$318 bilhões

42º lugar: Buscapé -US$318 bilhões

43º lugar: Havaianas – US$284 bilhões

44º lugar: Fleury – US$278 bilhões

45º lugar: Smiles – US$266 bilhões

46º lugar: Arezzo – US$258 bilhões

47º lugar: Dorflex – US$258 bilhões

48º lugar: Tigre – US$257 bilhões

49º lugar: Perdigão – US$256 bilhões

50º lugar: Extra – US$236 bilhões

51º lugar: Vigor – US$229 bilhões

52º lugar: Hering – US$213 bilhões

53º lugar: Multiplus – US$197 bilhões

54º lugar: Sul América – US$194 bilhões

55º lugar: Riachuelo – US$192 bilhões

56º lugar: Assaí – US$191 bilhões

57º lugar: Vitarella – US$186 bilhões

58º lugar: Anhanguera – US$181 bilhões

59º lugar: Adria – US$165 bilhões

60º lugar: Ponto Frio – US$126 bilhões

Mateus Carvalho

Jornalista formado pela Unicarioca. Atualmente, repórter da Folha Dirigida e produtor de conteúdo no FinanceOne. Já fui colaborador do Torcedores.com.

Deixe um comentário

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

Arrecadação de impostos
entrevista de emprego
Desigualdade salarial
5G
cadastro positivo