Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

5 benefícios dos bancos digitais: vale a pena?

Escrito por: Rafael Massadar em 24 de abril de 2019

Os brasileiros cada vez mais percebem os benefícios dos bancos digitais.

Dados da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) apontam que apenas cinco instituições financeiras somavam 2,88 milhões de contas 100% digitais em 2018. E a tendência é que esse número aumente.

Um levantamento da consultoria Cantarino Brasileiro revela que a maioria das pessoas que utilizam bancos digitais hoje são jovens com menos de 29 anos (59%).

Apenas 7% dos usuários de bancos digitais têm mais de 50 anos.

No entanto, a pesquisa mostrou também que há um grande número de usuários de bancos tradicionais que se interessam por abrir uma conta digital (54%).

benefícios dos bancos digitais

Mas o banco digital é seguro?

Existem mecanismos de segurança nas contas digitais assim como existem nas contas tradicionais.

Do mesmo modo que as contas tradicionais seguem a regulamentação do Banco Central (BC), as contas digitais também têm essa prática.

Existe o Fundo Garantidor de Crédito, que garante aplicações até R$ 250 mil no caso de intervenção, de liquidação ou de falência da instituição financeira.

Além disso, para as instituições de pagamento também existem mecanismos de proteção criados e fiscalizados pelo BC.

De uma maneira geral, é possível dizer que a segurança é muito semelhante à segurança das contas tradicionais.

Benefícios dos bancos digitais

Além de poder realizar todos os processos bancários pelo smartphone, esse modelo conta com muitas vantagens para o correntista, que vão desde velocidade para resolver problemas até melhores taxas de rendimento.

Confira a seguir cinco benefícios dos bancos digitais.

1 – Comodidade

Um dos benefícios dos bancos digitais é a possibilidade de todos os serviços e solicitações serem executados diretamente pela internet.

Isso evita a perda de tempo e a necessidade de ir até uma agência física várias vezes para solucionar um problema.

2 – Segurança

Algumas pessoas têm receio de optar pelos bancos online por conta desse ponto. No entanto, essas instituições financeiras são até mais seguras que as tradicionais.

Elas possuem soluções de segurança especialmente desenhadas para esse ambiente. A comunicação entre o site ou aplicativo e o banco é segura e criptografada, de forma que ninguém consegue ter acesso às suas informações.

Para aumentar ainda mais sua proteção, são disponibilizadas alternativas adicionais para evitar acessos indevidos.

Por exemplo: confirmação de transações por códigos enviados por SMS e validação de dados pessoais no atendimento telefônico.

3 – Menos burocracia

Os bancos online podem ser acessados a qualquer hora do dia e da noite, inclusive em finais de semana e feriados.

Você não precisa executar outras atividades para solicitar algum serviço. Basta acessar sua conta e fazer a operação.

Se tiver alguma dúvida ou problema, pode resolver tudo rapidamente por e-mail, chat ou telefone.

Quando for preciso enviar alguma informação, é só tirar uma foto e enviar pelo celular ou computador.

4 – Opções de investimento

Os bancos online trabalham com diferentes serviços, entre eles os investimentos. Eles oferecem várias modalidades, como Certificado de Depósito Bancário (CDB) e Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) e Imobiliário (LCI).

Dessa forma, você consegue elevar a sua rentabilidade e diversificar a sua carteira de aplicações. O resultado é uma estratégia de investimentos variada e que oferece um retorno significativo com baixo risco.

Os bancos tradicionais geralmente não são voltados para investimentos. Você provavelmente não terá o suporte necessário para fazer aplicações adequadas.

As taxas das aplicações dos bancos online também são diferenciadas e costumam ser mais atrativas.

5 – Menores custos e taxas

Os bancos tradicionais têm um gasto muito mais elevado com infraestrutura e pessoal, porque precisam manter as agências físicas.

Por isso, transações que costumam ser cobradas por bancos tradicionais, como DOC e TEDchegam a ser totalmente gratuitas nos bancos digitais.

Outro benefício é o valor de manutenção, que pode ser uma quantia menor ou até mesmo nem ser cobrado.

O que avaliar antes de abrir uma conta digital?

De acordo com especialistas, o primeiro passo é pesquisar.

Buscar informações sobre as instituições não apenas na imprensa, mas também no site do Banco Central, que traz publicações sobre as instituições que estão sob sua supervisão.

Outro aspecto importante é ler o contrato para ter clareza de todos os custos e do funcionamento da conta.

Rafael Massadar

Jornalista com experiência em redação com pós-graduação em Comunicação Empresarial e Transmídia. Atualmente trabalho como assessor de imprensa.

Deixe um comentário

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

menos-juros-no-financiamento-imobiliário
portabilidade-em-planos-de-saúde-empresariais
Consórcio-Yamaha
planos-de-saúde
Cobrar dinheiro emprestado