Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasViagemMochilão pelo Brasil: saiba quanto custa

    Mochilão pelo Brasil: saiba quanto custa

    4
    (4)

    Fazer um mochilão é uma das melhores formas de viajar barato. Ainda mais se for no próprio país, onde você não precisará gastar para fazer câmbio. O que pode encarecer a viagem.

    Publicidade

    Além disso, a barreira do idioma não será um problema, evitando alguns perrengues. Mas, quanto custa um mochilão pelo Brasil?

    O mochilão pelo país sai mais barato pois não necessariamente envolve o custo da passagem aérea. Também não é preciso fazer câmbio, lembrando que o Dólar e Euro, por exemplo, são bem mais caros do que o Real.

    Você deverá se preocupar com o transporte, alimentação e hospedagem, claro. Além disso, há os passeios.

    Mas, na maioria das cidades é possível encontrar uma série de passeios que em determinados dias da semana são até de graça. O que ajuda a economizar ainda mais na sua viagem.

    Para economizar no transporte, você pode pesquisar o aluguel de carro. Se a viagem for em grupo, talvez o aluguel do carro pode sair mais em conta.

    Publicidade

    Isso somado ao custo do combustível e o seguro divididos por todos – inclua aí os possíveis gastos com estacionamento também.

    Na hospedagem, as opções mais em conta costumam ser os hostels, ou albergues. Ficar em um quarto compartilhado tem o custo efetivamente mais baixo do que um hotel ou uma pousada.

    Hostels também costumam ter uma cozinha em que você pode fazer sua própria comida e, assim, economizar com restaurantes.

    Também é a garantia de fazer novas amizades se você optar por dividir o quarto com outras pessoas.

    Outra forma de conhecer pessoas é nos passeios em grupos organizados pelos próprios hostels e até mesmo os happy hours que costumam ser promovidos.

    Publicidade

    Vantagens de fazer um mochilão pelo Brasil

    Além da questão da alta do dólar e do euro, que acaba deixando qualquer viagem muito cara, conhecer o nosso país tem muitas outras vantagens. Por sinal, aqui não é necessário converter os seus gastos para a moeda local e você ainda conhece paraísos tropicais incríveis!

    Você estará em um lugar que domina o idioma e ainda sim conhecerá diversos sotaques. Além disso, o seu celular terá internet funcionando, evitando que você fique refém do wi-fi dos lugares ou necessite comprar um novo chip que só funcione em determinado país.

    Outra vantagem está na documentação, já que você não precisará de um visto específico ou passaporte.

    Quanto custa fazer um mochilão pelo Brasil?

    Um mochilão pelo Brasil pode contemplar uma série de destinos, em diferentes regiões do país. O preço de um mochilão também depende da quantidade de paradas programadas e o perfil de cada lugar.

    Mas respondendo objetivamente, o custo de um mochilão é em média de R$150 a R$200 por dia de viagem. Com base nesse custo, você consegue programar uma viagem sem grandes desvios.

    Publicidade

    Pesquisar o valor da hospedagem é fundamental

    A hospedagem em um mochilão pode ser acampamento, hostel, pousada ou até mesmo um sofá. Sim, isso mesmo que você leu.

    Se o seu orçamento está realmente apertado, mas você não quer deixar de viajar, existe a opção de ter acomodação gratuita.

    O couchsurfing é um tipo de hospedagem em que você “aluga”, sem custo nenhum, um sofá, quarto ou apenas um cantinho para colocar um saco de dormir na casa das pessoas.

    Porém, se você quer conhecer gente e também não tem certeza se ficaria na casa de um estranho, não tem problema.

    A opção por um albergue é bastante buscada por viajantes no mundo inteiro. Ficar em um hostel é a certeza de fazer novas amizades.

    Qual transporte usar?

    Outro ponto importante da sua viagem e que deve entrar na planilha de custos é o transporte. Como você chegará até o local: vai alugar um carro? Avião? Ônibus?

    E no destino, como será a sua locomoção, apenas caminhadas? Tudo isso deve ser levado em conta.

    Uma dica de site para estimar o custo da sua locomoção é o Rome2Rio. Nele é possível colocar o destino de origem e o destino de chegada, e estimar todas as possibilidades de transporte. Assim como os custos.

    Vale destacar que um levantamento CheckMyBus, plataforma de pesquisa de passagens de ônibus, mostra que viagens rodoviárias ficaram até 60% mais baratas em 2021, puxada por plataformas como a Buser.

    Passeios para fazer no mochilão pelo Brasil

    Outro fator que ajuda a influenciar no valor do mochilão pelo Brasil são os passeios. E isso acontece porque em alguns destinos é necessário contratar agências de viagem.

    Como por exemplo no Jalapão, em Tocantins, e em Bonito, em Mato Grosso do Sul. Assim como também existem lugares que dá para conhecer sozinho, andando bastante e ficando nas praias.

    Documentos necessários para viajar para o exterior
    Fazer um mochilão pelo Brasil tem se tornado cada vez mais comum entre viajantes brasileiro

    Sendo assim, é necessário pesquisar quais serão os passeios que você deseja realizar durante o mochilão.

    Dessa forma, será possível saber uma média de quanto você irá precisar.

    Com a pesquisa, será possível saber quais empresas de turismo são confiáveis ou não. Fazendo com que você não caia em ciladas durante o mochilão pelo Brasil.

    A comida de quem faz mochilão pelo Brasil

    Este é outro gasto que pode ser alto durante o mochilão pelo Brasil, se você tem planos de que a sua alimentação seja barata durante a viagem, é preciso pesquisar.

    É comum que cidades como Rio de Janeiro e São Paulo tenham lugares mais caros para comer. Porém, também existem locais mais em conta, sem ser fast food

    Agora você deve estar se perguntando quanto será que irá gastar com alimentação no mochilão pelo Brasil, certo? Essa dúvida, no entanto, é difícil de responder, porque depende do que você pretende comer.

    Caso queira provar as comidas da região, tente fugir dos restaurantes que são mais turísticos.

    Procure por restaurantes menores, conheça os mercados e tente equilibrar as refeições.

    O que colocar na mochila?

    Por se tratar de um mochilão, ter uma mochila cargueira é fundamental. Pois vai ser nela que você vai transportar todas as suas roupas e outros itens.

    Então, dê bastante atenção à escolha desse item. Opte por uma mochila de tamanho suficiente para guardar tudo o que precisa levar.

    Escolha aquelas que possuem suporte nas laterais para acoplar o saco de dormir, a barraca, a lona e outros itens que você poderá levar. Outra questão é se ela é bem ergonômica.

    Porque, se você vai passar muito tempo caminhando com ela, é necessário que ela se encaixe bem em você e não machuque ou fique frouxa. E se possível opte pelas impermeáveis.

    Para viagens menores e que você não vai carregar muitas coisas, uma mochila de 60 ou 80 litros é o suficiente.

    Lembre-se:a roupa deve ser adequada ao clima da região que vai conhecer e da época do ano em que está.

    Pois, se você for mochilar por lugares frios, é recomendável levar roupas térmicas. Capa de chuva também é outra peça importante. Se for um clima mais quente, leve roupas leves e proteção para a cabeça, como chapéu.

    Ajuda para quem vai fazer mochilão

    O Ministério do Turismo possui um site para quem vai fazer mochilão pelo país. O Viaje Legal tem o objetivo de oferecer dicas para mochileiros, desde o que prestar atenção durante o planejamento da viagem até a partida.

    O site fala, entre outros assuntos, sobre as opções de transporte para mochileiros.

    Seja de avião, ônibus, carro e até mesmo o transporte aquaviário, você confere orientações de qual documentação é necessária e como proceder.

    Você deve ficar atento também a itens como a saúde do mochileiro. Verifique se o lugar que você está indo exige alguma vacina, como a da Febre Amarela.

    Além disso, entenda como prevenir-se de dengue, zika e chikungunya. Para isso, não esqueça o repelente e verifique como é a hospedagem que você escolheu.

    Ainda deve ter muito cuidado com sua bagagem, para evitar dados e até mesmo roubo e furto.

    Identifique-as corretamente e lembre-se de deixá-la sempre em um locker, se deixada no hostel, e com cadeado.

    Você não vai querer perder seus pertences, correto? Também não é recomendável deixar a bagagem longe da sua visão e “largada” no ônibus ou algum canto.

    Você gostou deste texto e ele foi relevante para você? Então siga o FinanceOne nas redes sociais e esteja sempre atualizado sobre o mercado financeiro. Estamos no FacebookInstagram e Linkedin.

    O que achou disso?

    Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 4

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Redação
    Redação
    O FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde 2003, publicamos conteúdos que buscam traduzir desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa. Nossa missão é mostrar que qualquer pessoa pode ter controle financeiro e fazer as escolhas certas. Assim como ter no dinheiro um aliado para viver bem e conquistar seus sonhos.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasViagemMochilão pelo Brasil: saiba quanto custa

    Mochilão pelo Brasil: saiba quanto custa

    4
    (4)

    Fazer um mochilão é uma das melhores formas de viajar barato. Ainda mais se for no próprio país, onde você não precisará gastar para fazer câmbio. O que pode encarecer a viagem.

    Publicidade

    Além disso, a barreira do idioma não será um problema, evitando alguns perrengues. Mas, quanto custa um mochilão pelo Brasil?

    O mochilão pelo país sai mais barato pois não necessariamente envolve o custo da passagem aérea. Também não é preciso fazer câmbio, lembrando que o Dólar e Euro, por exemplo, são bem mais caros do que o Real.

    Você deverá se preocupar com o transporte, alimentação e hospedagem, claro. Além disso, há os passeios.

    Mas, na maioria das cidades é possível encontrar uma série de passeios que em determinados dias da semana são até de graça. O que ajuda a economizar ainda mais na sua viagem.

    Para economizar no transporte, você pode pesquisar o aluguel de carro. Se a viagem for em grupo, talvez o aluguel do carro pode sair mais em conta.

    Publicidade

    Isso somado ao custo do combustível e o seguro divididos por todos – inclua aí os possíveis gastos com estacionamento também.

    Na hospedagem, as opções mais em conta costumam ser os hostels, ou albergues. Ficar em um quarto compartilhado tem o custo efetivamente mais baixo do que um hotel ou uma pousada.

    Hostels também costumam ter uma cozinha em que você pode fazer sua própria comida e, assim, economizar com restaurantes.

    Também é a garantia de fazer novas amizades se você optar por dividir o quarto com outras pessoas.

    Outra forma de conhecer pessoas é nos passeios em grupos organizados pelos próprios hostels e até mesmo os happy hours que costumam ser promovidos.

    Publicidade

    Vantagens de fazer um mochilão pelo Brasil

    Além da questão da alta do dólar e do euro, que acaba deixando qualquer viagem muito cara, conhecer o nosso país tem muitas outras vantagens. Por sinal, aqui não é necessário converter os seus gastos para a moeda local e você ainda conhece paraísos tropicais incríveis!

    Você estará em um lugar que domina o idioma e ainda sim conhecerá diversos sotaques. Além disso, o seu celular terá internet funcionando, evitando que você fique refém do wi-fi dos lugares ou necessite comprar um novo chip que só funcione em determinado país.

    Outra vantagem está na documentação, já que você não precisará de um visto específico ou passaporte.

    Quanto custa fazer um mochilão pelo Brasil?

    Um mochilão pelo Brasil pode contemplar uma série de destinos, em diferentes regiões do país. O preço de um mochilão também depende da quantidade de paradas programadas e o perfil de cada lugar.

    Mas respondendo objetivamente, o custo de um mochilão é em média de R$150 a R$200 por dia de viagem. Com base nesse custo, você consegue programar uma viagem sem grandes desvios.

    Publicidade

    Pesquisar o valor da hospedagem é fundamental

    A hospedagem em um mochilão pode ser acampamento, hostel, pousada ou até mesmo um sofá. Sim, isso mesmo que você leu.

    Se o seu orçamento está realmente apertado, mas você não quer deixar de viajar, existe a opção de ter acomodação gratuita.

    O couchsurfing é um tipo de hospedagem em que você “aluga”, sem custo nenhum, um sofá, quarto ou apenas um cantinho para colocar um saco de dormir na casa das pessoas.

    Porém, se você quer conhecer gente e também não tem certeza se ficaria na casa de um estranho, não tem problema.

    A opção por um albergue é bastante buscada por viajantes no mundo inteiro. Ficar em um hostel é a certeza de fazer novas amizades.

    Qual transporte usar?

    Outro ponto importante da sua viagem e que deve entrar na planilha de custos é o transporte. Como você chegará até o local: vai alugar um carro? Avião? Ônibus?

    E no destino, como será a sua locomoção, apenas caminhadas? Tudo isso deve ser levado em conta.

    Uma dica de site para estimar o custo da sua locomoção é o Rome2Rio. Nele é possível colocar o destino de origem e o destino de chegada, e estimar todas as possibilidades de transporte. Assim como os custos.

    Vale destacar que um levantamento CheckMyBus, plataforma de pesquisa de passagens de ônibus, mostra que viagens rodoviárias ficaram até 60% mais baratas em 2021, puxada por plataformas como a Buser.

    Passeios para fazer no mochilão pelo Brasil

    Outro fator que ajuda a influenciar no valor do mochilão pelo Brasil são os passeios. E isso acontece porque em alguns destinos é necessário contratar agências de viagem.

    Como por exemplo no Jalapão, em Tocantins, e em Bonito, em Mato Grosso do Sul. Assim como também existem lugares que dá para conhecer sozinho, andando bastante e ficando nas praias.

    Documentos necessários para viajar para o exterior
    Fazer um mochilão pelo Brasil tem se tornado cada vez mais comum entre viajantes brasileiro

    Sendo assim, é necessário pesquisar quais serão os passeios que você deseja realizar durante o mochilão.

    Dessa forma, será possível saber uma média de quanto você irá precisar.

    Com a pesquisa, será possível saber quais empresas de turismo são confiáveis ou não. Fazendo com que você não caia em ciladas durante o mochilão pelo Brasil.

    A comida de quem faz mochilão pelo Brasil

    Este é outro gasto que pode ser alto durante o mochilão pelo Brasil, se você tem planos de que a sua alimentação seja barata durante a viagem, é preciso pesquisar.

    É comum que cidades como Rio de Janeiro e São Paulo tenham lugares mais caros para comer. Porém, também existem locais mais em conta, sem ser fast food

    Agora você deve estar se perguntando quanto será que irá gastar com alimentação no mochilão pelo Brasil, certo? Essa dúvida, no entanto, é difícil de responder, porque depende do que você pretende comer.

    Caso queira provar as comidas da região, tente fugir dos restaurantes que são mais turísticos.

    Procure por restaurantes menores, conheça os mercados e tente equilibrar as refeições.

    O que colocar na mochila?

    Por se tratar de um mochilão, ter uma mochila cargueira é fundamental. Pois vai ser nela que você vai transportar todas as suas roupas e outros itens.

    Então, dê bastante atenção à escolha desse item. Opte por uma mochila de tamanho suficiente para guardar tudo o que precisa levar.

    Escolha aquelas que possuem suporte nas laterais para acoplar o saco de dormir, a barraca, a lona e outros itens que você poderá levar. Outra questão é se ela é bem ergonômica.

    Porque, se você vai passar muito tempo caminhando com ela, é necessário que ela se encaixe bem em você e não machuque ou fique frouxa. E se possível opte pelas impermeáveis.

    Para viagens menores e que você não vai carregar muitas coisas, uma mochila de 60 ou 80 litros é o suficiente.

    Lembre-se:a roupa deve ser adequada ao clima da região que vai conhecer e da época do ano em que está.

    Pois, se você for mochilar por lugares frios, é recomendável levar roupas térmicas. Capa de chuva também é outra peça importante. Se for um clima mais quente, leve roupas leves e proteção para a cabeça, como chapéu.

    Ajuda para quem vai fazer mochilão

    O Ministério do Turismo possui um site para quem vai fazer mochilão pelo país. O Viaje Legal tem o objetivo de oferecer dicas para mochileiros, desde o que prestar atenção durante o planejamento da viagem até a partida.

    O site fala, entre outros assuntos, sobre as opções de transporte para mochileiros.

    Seja de avião, ônibus, carro e até mesmo o transporte aquaviário, você confere orientações de qual documentação é necessária e como proceder.

    Você deve ficar atento também a itens como a saúde do mochileiro. Verifique se o lugar que você está indo exige alguma vacina, como a da Febre Amarela.

    Além disso, entenda como prevenir-se de dengue, zika e chikungunya. Para isso, não esqueça o repelente e verifique como é a hospedagem que você escolheu.

    Ainda deve ter muito cuidado com sua bagagem, para evitar dados e até mesmo roubo e furto.

    Identifique-as corretamente e lembre-se de deixá-la sempre em um locker, se deixada no hostel, e com cadeado.

    Você não vai querer perder seus pertences, correto? Também não é recomendável deixar a bagagem longe da sua visão e “largada” no ônibus ou algum canto.

    Você gostou deste texto e ele foi relevante para você? Então siga o FinanceOne nas redes sociais e esteja sempre atualizado sobre o mercado financeiro. Estamos no FacebookInstagram e Linkedin.

    O que achou disso?

    Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 4

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?