Peso hoje - Valor e Cotação: R$ 0,05

Faça sua busca de cotação por período:


Peso Real
$ 1,00 R$ 0,05
$ 100,00 R$ 5,00
$ 500,00 R$ 25,00
$ 1.000,00 R$ 50,00
$ 3.000,00 R$ 150,00
$ 5.000,00 R$ 250,00

REAL Peso
R$ 1,00 $ 20,00
R$ 100,00 $ 2.000,00
R$ 500,00 $ 10.000,00
R$ 1.000,00 $ 20.000,00
R$ 3.000,00 $ 60.000,00
R$ 5.000,00 $ 100.000,00

Sobre o Peso Argentino

Você está se planejando para visitar a Argentina? Se a resposta foi sim, então você precisa entender como funciona o Peso Argentino. Afinal de contas, fazer a transação de câmbio pode ser uma tarefa difícil para muitas pessoas. Então vamos lá?

O peso é a moeda oficial da Argentina e é conhecida como ARS. Inicialmente, a moeda mantinha o mesmo equilíbrio que o dólar.

Mas em 2002, a lei que mantinha essa igualdade com o dólar foi revogada e o peso argentino passou se desvalorizar frente à moeda americana, além de outras, como o real.

Atualmente, o Banco Central de La Republica Argentina emite as notas de 5, 10, 20, 50, 100, 200, 500 e 1.000 pesos. Além disso, há moedas de 1, 5, 10, 25 e 50 centavos, além das de 1, 2 e 5 pesos. Um peso é dividido em 100 centavos.

Como funciona a cotação do Peso argentino e o quê influencia? 

No geral, a cotação do Peso Argentino acontece de maneira diferente da que acontece com o Dólar e o Euro, por exemplo. Isso porque, o Peso Argentino é uma moeda mais desvalorizada que o Real, então sua cotação segue a lógica da tabela no início da página. Atualmente, um peso argentino ($1) equivale a cinco centavos de real (R$0,05). Por isso, é extremamente recomendado que o câmbio entre real e peso argentino seja realizado na Argentina. Isso porque, ao realizar no Brasil, a chance de você perder dinheiro é alta. Quando foi criada, há mais de trinta anos atrás, sua cotação era muito semelhante a do Dólar Americano. Mas, desde 2002, o Peso Argentino tem perdido o seu valor. Sua desvalorização é influenciada por escolhas políticas e pela crise econômica que assola o país desde então.

Qual a diferença entre Peso argentino comercial e turismo?

Essa é uma diferença que nem todo mundo do mercado financeiro compreende. Apesar do nome deixar implícito, vale a explicação da diferença entre essas duas faces da mesma moeda. 

  • Peso Argentino comercial: o Peso Argentino comercial é a moeda negociada por empresas e instituições financeiras. Por ter essa função, ele acaba sendo um pouco mais em conta que o turismo, justamente pela quantidade de transações realizadas. Afinal, empresas movimentam uma quantidade de dinheiro maior e isso barateia o valor da moeda.
  • Peso Argentino turismo: o Peso Argentino turismo é a moeda comprada por pessoas físicas, na hora de viajar, por exemplo. Possui o valor mais alto que o comercial por conta da quantidade de dinheiro movimentada por uma pessoa física e as instituições que vendem o peso argentino turismo costumam pagar mais encargos tributários.

Conheça as taxas a serem pagas ao comprar peso argentino?

Ao comprar a moeda argentina, como em qualquer outra transação cambial, incide uma alíquota referente ao IOF (Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguros).  Na compra de moedas estrangeiras, o IOF é igual a 1,1%. No crédito para cartões pré-pagos, o IOF é de 6,38%. Já nas remessas internacionais, incide 0,38% de IOF.

Qual o melhor momento para comprar peso argentino?

O melhor momento para adquirir o Peso Argentino é quando ele está em baixa. O seu valor de compra sempre vai depender do local em que você está adquirindo, então, o jeito de pagar valores mais acessíveis na moeda é acompanhando sua variação no dia a dia, cotando em casas de câmbio e buscando em sites que realizam este tipo de comparativos. Nesse sentido, o jeito é ficar de olho nas ofertas, na variação (Peso Argentino Comércio ou Peso Argentino Turismo) e procurar entender a tendência que a moeda seguirá naquele período.  A variação de Peso Argentino Turismo, por exemplo, possui um valor aproximado de R$0,70 centavos para $1 peso. Mas, dependendo da casa de câmbio, esse valor pode chegar a R$1. Por isso, é importante realizar comparativos!

Que moeda levar para a Argentina?


Passagem comprada, malas prontas e bateu aquela dúvida: qual moeda devo levar para Argentina? É melhor trocar o real pela moeda do país ou não? E o dólar? Eles aceitam?

Moedas sobrepostas formando pequenas torres
Qual moeda levar para a Argentina? Confira os detalhes


Seja viajando para o país vizinho ou para qualquer outro lugar do mundo, você deve analisar a situação cambiária antes da viagem. Considere se vai precisar comprar dólar, peso, levar reais ou usar o cartão de crédito.

A Argentina é um país em que, historicamente, tudo é realizado usando dólar, seja comprando casas, seja as transações do governo argentino.

A moeda americana, inclusive, tem uma procura muito alta pelos argentinos no dia a dia. Mas isso não significa que você vai conseguir um bom preço na casa de câmbio.

A cotação online no site do Banco Central Argentino, por exemplo, dificilmente é a mesma das agências. Por isso, pesquise muito antes de viajar.

Ou seja, levar peso, dólar ou real para Argentina vai depender da época do ano, já que a baixa e alta temporada podem influenciar no câmbio.

Mas se você já tem dólares guardados em casa, leve-os. O dólar é uma moeda forte no país e não trará prejuízo caso sobrem algumas notinhas.

Já no caso do real, apesar de aceito diretamente em alguns estabelecimentos, pode ser arriscado levá-lo, uma vez que a moeda argentina vem sofrendo oscilações.

Faça uma cotação no Brasil de quanto está do real para o dólar e, em seguida, faça do dólar para o peso argentino. É importante que você confira esses valores em sites oficiais. Aqui no FinanceOne, por exemplo, nós temos um conversor de moedas.

Depois, você pode verificar quanto fica trocar o real direto para o peso argentino. Aí é só fazer as contas e ver o que fica mais em vantagem.

O comércio local aceita dólar ou real?


Na Argentina é comum ver alguns lugares aceitando tanto real quanto dólar. No entanto, para se locomover na cidade e conseguir usar os serviços básicos é necessário ter o peso argentino.

Além disso, alguns pontos turísticos podem aceitar o dólar ou até mesmo o real. Mas isso não é uma garantia.

Portanto, você pode correr o risco de não conseguir ir a algum lugar desejado ou até mesmo não conseguir comprar algo básico, como água, passagem do metrô etc.

Quanto de peso argentino hoje é necessário levar para uma viagem?

Esse valor vai depender da quantidade de dias que você passará no local e da quantidade de dinheiro que você gostaria de gastar por dia. Mas utilizando uma média de 200 reais por dia, durante sete dias, o ideal seria levar, no mínimo, R$1.500 para realização do câmbio Vale lembrar que, neste valor, estamos considerando apenas gastos no território como compras e alimentação. Para viajar, você precisa analisar outros gastos como as  passagens e a sua hospedagem.

O que achou disso?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?