Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Onde encontrar vagas de emprego

Escrito por: Bruna Somma em 9 de maio de 2019

Em fevereiro, o Brasil atingiu a marca de 13 milhões de desempregados. Os dados foram coletados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Muitas dessas pessoas passam meses a procura de um emprego. O que, em consequência, torna o mercado mais concorrido.

A informalidade cresce com essa situação. No primeiro trimestre deste ano, cerca de 11 milhões de indivíduos não tinham carteira assinada.

Porém, onde se encontram as vagas em potencial, com todos os direitos assegurados? Saber os locais confiáveis para procurar emprego é fundamental para não cair em golpes.

conseguir um emprego
Definir seus interesses, área de atuação e ter um bom currículo podem ser decisivos para conseguir um emprego

Não é difícil ver reportagens sobre filas enormes na busca por um emprego. Afinal, as pessoas acreditam na credibilidade daquelas vagas. Como também dos empregadores.

O que acontece, muitas vezes, é que a oferta é menor que a procura. A conta não fecha.

Mas, existem lugares que são confiáveis para encontrar vagas de emprego. A seguir, veja dicas sobre alguns deles.

Use os sites de empregos

A internet se tornou uma das principais ferramentas para procurar emprego, nos dias de hoje.

Muitas empresas costumam divulgar suas novas oportunidades em sites especializados.

Um dos mais conhecidos é o VAGAS.com.br, que tem mais de 3 mil empregadores cadastrados.

Outros exemplos são o Catho e o InfoJobs.

Essa última plataforma recebe, em média, 23 milhões de visitas por mês. Além de ter um banco de dados com 16 milhões de profissionais cadastrados.

Ao acessar um site de vagas de emprego, no entanto, é importante verificar a veracidade da página.

O primeiro passo, para isso, é atentar se ela tem outras sessões. Por exemplo, uma página inicial ou uma aba institucional com contatos.

Outra maneira é confirmar se existe uma aba que disponha sobre a empresa que está recrutando para suposta vaga.

Você ainda pode pesquisar o nome do site no Reclame Aqui. Assim, saberá a reputação da plataforma e a experiência de outras pessoas com ela.

Fique de olho nas redes sociais

Nas redes sociais também é possível procurar boas oportunidades.

Existem, por exemplo, grupos fechados no Facebook em que as pessoas trocam informações sobre vagas de emprego.

Se você sonha trabalhar em determinada empresa, uma dica é seguir as redes sociais dela e atualizar. Uma solução pode ser ativar as notificações.

É comum que as empresas divulguem suas oportunidades e novos processos seletivos por suas próprias contas no Facebook e Instagram.

Assim como na seção “trabalhe conosco”, nos sites das empresas.

Outra rede social que tem ótimas oportunidades é o LinkedIn. Por sua vez, ela foi desenvolvida com esse viés mais profissional.

Muitas empresas compartilham suas vagas nessa rede. É importante, portanto, sempre ficar atualizado.

Ative também as notificações, para não perder nenhuma chance de voltar/ingressar no mercado de trabalho.

Leia jornais e revistas da área

Existem ainda meios de comunicação cujo enfoque é o mercado de trabalho. Semanalmente, eles publicam as oportunidades de emprego na região de abrangência.

Por isso, tenha o hábito de ler esses jornais e revistas. As mídias não especializadas também têm a seções de economia, oportunidades e os classificados.

Quem sabe você não encontra uma boa oportunidade de emprego em uma notinha de jornal?

Algumas prefeituras também tem espaços reservados para oportunidades locais. Procure se informar sobre um possível polo de trabalho na sua região.

Não custa nada deixar seu currículo cadastrado. Outra dica é procurar o Sistema Nacional de Emprego (SINE), vinculado ao governo federal.

Fortaleça seus contatos

Já ouviu a frase “quem não é visto não é lembrado”? Ela também se aplica à busca por um emprego.

Não deixe de conversar com seus amigos próximos, ex-colegas de trabalho, escola ou faculdade. Fortaleça essas relações.

Fazer esse networking não significa que você é interesseiro ou quer uma indicação. Mas, é importante cultivar os relacionamentos profissionais com certa frequência.

Peça para que eles avisem caso saibam de alguma oportunidade. Se encaixar com seu perfil profissional, claro.

Há recrutadores que também pedem cartas de recomendação. Quem sabe alguém do seu networking pode te ajudar?

Quando se está à procura de um emprego, toda chance é bem-vinda.

Bruna Somma

Jornalista formada pela UFRRJ, com passagens por redações de jornais, sites e Assessoria de Comunicação.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

Carência no plano de saúde: o que é e como funciona
abrir conta para filhos
falar de dinheiro em casa
consórcio-Yamaha
dívidas