Início Notícias Finanças Pessoais Ganhei um aumento de salário, e agora?

Ganhei um aumento de salário, e agora?

0
(0)

Aumentar o salário é o desejo de qualquer trabalhador.

Muitas vezes, após longas horas trabalhando bastante, os pensamentos que passam pela cabeça geralmente são “Quando vou ganhar a promoção?” ou “Será que aquela bonificação que disseram que ia sair foi cancelada?”.

Todos esses questionamentos são bastante comuns. Mas quando o aumento de salário chega, será que você sabe o que deve ser feito com esse dinheiro a mais que será depositado todos os meses na sua conta?

Se você tem curiosidade em descobrir a melhor forma de administrar o aumento, continue aqui e confira.

Ganhei um aumento de salário, e agora?

Como lidar com o aumento de salário

Receber um aumento de salário é sem dúvida muito satisfatório.

De certa forma, você acredita que está fazendo uma diferença naquela empresa ou instituição e está sendo melhor remunerado pelo trabalho que tem prestado com louvor.

No entanto, se aquele valor extra que você passará a receber é na verdade referente ao aumento da inflação, por exemplo, é aconselhável deixar a euforia um pouquinho de lado e entender que talvez esse valor não necessariamente signifique uma renda a mais.

#1. Não exagere

Em alguns casos, quando o salário recebe uma elevação expressiva, a pessoa começa a gastar o dinheiro com aquilo que sempre desejou mas nunca pode comprar justamente pela falta de dinheiro.

Tenha calma, preste atenção em quais são as suas reais prioridades, analise muito bem os preços antes de tomar quaisquer decisões.

Às vezes é melhor não comprar e aguardar uma promoção por exemplo, ou somente aguardar a nova linha de uma coleção ser lançada.

Passar a gastar e comprar exacerbadamente te impedirá de cuidar bem de suas economias, poupar dinheiro será quase impossível se a animação do aumento do salário acabar tomando conta de você.

Então, tome cuidado, tenha atenção no que está fazendo.

Foque sempre em suas metas e objetivos, mantendo equilíbrio e sabedoria para não terminar “metendo os pés pelas mãos”, como já diz a famosa expressão popular.

#2. Quite as suas dívidas

Se algumas contas estão atrasadas, o aluguel precisa ser pago ou ainda faltam três parcelas daquele carnê que você havia comprado a televisão nova da sala, utilize esse percentual do seu novo salário.

Quite quantas dívidas puder e organize-se para que suas despesas possam estar todas pagas e em dia.

#3. Aproveite a oportunidade

Se o orçamento está todo em ordem, não há contas atrasadas e você também não estava contando com esse dinheiro a mais em sua conta bancária, aproveite a oportunidade para investir.

Você pode fazer um dinheiro que ainda é bem pequeno, aumentar de forma gratificante durante médio ou longo prazo.

Estude os melhores investimentos e veja qual deles é mais fácil para você se adaptar.

Iniciar através de títulos do Tesouro Direto ou títulos privados como o CDB (Certificado de Depósito Bancário) podem ser ótimas opções.

Pesquise e tome as suas próprias conclusões. Quem sabe você não consegue viver futuramente com essa renda que iniciou investindo com tão pouco?

#4. Economize

Crie reservas de emergências, poupe um pouco do seu dinheiro e organize-se.

Se você já mantém essa rotina de separar uma parte da sua renda para situações emergenciais, apenas continue a acrescente um valor correspondente ao acréscimo que o seu salário ganhou.

Não permita que esse hábito se perca ao longo do tempo.

Ganhei um aumento de salário, e agora?

#5. Alcance as metas

Suas dívidas estão quitadas, o dinheiro para a reserva já está separado, você não tem exagerado nas compras e ainda conseguiu economizar?

Trace objetivos, planeje e alcance seus sonhos.

Se a questão é dar início a uma pós-graduação, comprar um carro novo, tem crescido a vontade de adquirir um apartamento ainda na planta ou não vê a hora de viajar para aquela cidade que desperta o seu desejo desde a adolescência?

Esse é o momento de chegar ao ponto de suas metas.

Utilize essa renda extra para programar esses sonhos e fazê-los se tornar realidade.

Coloque tudo no papel, até as coisas que achar mais banais serão necessárias tomar nota para que o controle das suas finanças não seja perdido, seja alimentação, estadia, vestimenta, gasolina, tudo é verdadeiramente importante.

Tenha bastante atenção e muita cautela em suas decisões, com certeza você não vai se arrepender.

Depois de tantas dicas e boas soluções que você pode tomar com esse valor a mais que será acrescentado no seu salário, difícil vai ser tomar decisões erradas.

Absorva essas informações para que elas sejam colocadas em prática e te tragam benefícios, além de ótimas vantagens no futuro.

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Priscila Gomes
Jornalista. Gosto de abraços, aniversários e do Natal. Atualmente produzo conteúdo para internet e faço assessoria sindical.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Conheça 4 franquias mais rentáveis no mercado

Quem está pensando em investir em franquias, precisa levar em consideração diversos pontos. O seu investimento pode até ser baixo, mas para...

10 corretoras de confiança para investir

Escolher uma corretora de confiança para investir não é uma tarefa fácil. O primeiro passo é verificar se a instituição é cadastrada...

Auxílio residual de R$300: governo divulga calendário

O Ministério da Cidadania divulgou o calendário de pagamentos referente ao auxílio residual das parcelas de R$300. Os pagamentos serão para os...

Como conquistar a independência financeira em 5 anos?

Muitas pessoas querem conquistar a independência financeira, mas será que elas sabem, de fato, o que significa ser financeiramente independente?

SPC: como consultar CPF e nome sujo

A expressão “nome sujo” faz surgir calafrios em muitos consumidores e estar com o nome no SPC é, certamente, um dos medos de quem...

Renda Cidadã: governo anuncia programa para substituir Bolsa Família

O governo do presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta segunda-feira, 28, o novo programa de transferência de renda: o Renda Cidadã, que vai...