Mais
    InícioNotíciasFinanças PessoaisDescubra se pagamento por aproximação é seguro e se vale a pena

    Descubra se pagamento por aproximação é seguro e se vale a pena

    0
    (0)

    Você é daqueles que preza pela praticidade e por isso prefere pagar com cartão ao invés de cédula? Então, provavelmente já ouviu falar do pagamento por aproximação – que pode ser feito tanto via cartão físico como por smartphone. 

    Essa solução financeira surgiu recentemente, e ganhou força durante a pandemia da covid-19, em um contexto de melhores hábitos de higiene. Afinal, ao pagar por aproximação, você não precisa entrar em contato direto com maquininhas e, principalmente, com dinheiro em espécie.

    O pagamento por aproximação se popularizou de tamanha forma que, em 2021 a modalidade teve um aumento de 540% na preferência do público! Mas, afinal, será que seu uso é seguro? Acompanhe o texto a seguir e saiba tudo sobre.

    Como funciona o pagamento por aproximação?

    O pagamento por aproximação é uma novidade e tanto para quem está acostumado a utilizar cartão de débito ou crédito, já que promete ser uma alternativa mais prática para o dia a dia. Porém, por ser uma novidade, ainda gera muitas dúvidas – em especial, sobre o quesito segurança.

    A tecnologia contactless – ou seja, “sem contato” –, por trás dessa inovação permite que o chip do cartão de crédito seja reconhecido sem a necessidade de inseri-lo em uma maquininha. Além disso, é possível eliminar uma etapa do processo, já que não necessita do uso de senha, dependendo do valor.

    Agora, ao invés de inserir o cartão e digitar a senha, você pode apenas aproximá-lo da máquina ou de um aparelho que possua a tecnologia NFC (Near Field Communication) – em português, comunicação por campo de proximidade.

    Dependendo da situação, você sequer precisa ter o cartão de crédito em mãos. Ao cadastrar seu cartão em um aplicativo móvel como o Google Pay, é possível realizar pagamentos pela aproximação do celular. Em geral, valores de até R$200 não exigem senha.

    cartão de crédito é passado entre duas mãos
    A tecnologia contacless otimiza o pagamento e gera maior segurança para os usuários. (Fonte: Divulgação)

    Pagamento contactless é seguro?

    O uso do pagamento por aproximação ainda é uma incógnita para muitos usuários, já que a sua praticidade também parece ser sinônimo de insegurança. Na prática, entretanto, é justamente o contrário. Por ter menos contato com a maquininha de cartão – essa sim, um instrumento que pode ser utilizado indevidamente –, a tecnologia diminui a chance de clone.

    Como o cartão não entra em contato direto com a máquina, menos informações são repassadas para o recebedor. O código de segurança de três dígitos, por exemplo, não é solicitado nestes casos.

    Outra dúvida é a respeito de eventuais perdas ou furtos do cartão. O prejuízo seria menor, já que o contactless é limitado a cinco usos por dia e tem limitação de valor. Além disso, você pode bloquear o uso do cartão via aplicativo digital, sempre que achar necessário.

    Quais as vantagens do cartão contactless?

    As vantagens do pagamento por aproximação vão muito além da praticidade. Rápido, seguro e moderno, ele agiliza processos e oferece maior comodidade para você realizar suas compras. Confira alguns benefícios:

    • Garante maior agilidade no processo de reconhecimento das compras;
    • O pagamento é aprovado quase que instantaneamente;
    • Se utiliza de tecnologia criptografada;
    • Não há contato direto entre máquinas e cartões;
    • Dependendo da administradora, há descontos e uso de cashback;
    • É mais higiênico.

    Gostou do conteúdo? Aproveite para compartilhar com seus amigos e familiares, e confira outros textos sobre finanças pessoais aqui no portal da FinanceOne.

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Raísa Boing
    Raísa Boing
    Jornalista especializada em conteúdo SEO. Ampla experiência com redação, edição e revisão para a web. Escrevo principalmente sobre mercado financeiro, investimentos, setor imobiliário, tecnologia e educação.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasFinanças PessoaisDescubra se pagamento por aproximação é seguro e se vale a pena

    Descubra se pagamento por aproximação é seguro e se vale a pena

    0
    (0)

    Você é daqueles que preza pela praticidade e por isso prefere pagar com cartão ao invés de cédula? Então, provavelmente já ouviu falar do pagamento por aproximação – que pode ser feito tanto via cartão físico como por smartphone. 

    Essa solução financeira surgiu recentemente, e ganhou força durante a pandemia da covid-19, em um contexto de melhores hábitos de higiene. Afinal, ao pagar por aproximação, você não precisa entrar em contato direto com maquininhas e, principalmente, com dinheiro em espécie.

    O pagamento por aproximação se popularizou de tamanha forma que, em 2021 a modalidade teve um aumento de 540% na preferência do público! Mas, afinal, será que seu uso é seguro? Acompanhe o texto a seguir e saiba tudo sobre.

    Como funciona o pagamento por aproximação?

    O pagamento por aproximação é uma novidade e tanto para quem está acostumado a utilizar cartão de débito ou crédito, já que promete ser uma alternativa mais prática para o dia a dia. Porém, por ser uma novidade, ainda gera muitas dúvidas – em especial, sobre o quesito segurança.

    A tecnologia contactless – ou seja, “sem contato” –, por trás dessa inovação permite que o chip do cartão de crédito seja reconhecido sem a necessidade de inseri-lo em uma maquininha. Além disso, é possível eliminar uma etapa do processo, já que não necessita do uso de senha, dependendo do valor.

    Agora, ao invés de inserir o cartão e digitar a senha, você pode apenas aproximá-lo da máquina ou de um aparelho que possua a tecnologia NFC (Near Field Communication) – em português, comunicação por campo de proximidade.

    Dependendo da situação, você sequer precisa ter o cartão de crédito em mãos. Ao cadastrar seu cartão em um aplicativo móvel como o Google Pay, é possível realizar pagamentos pela aproximação do celular. Em geral, valores de até R$200 não exigem senha.

    cartão de crédito é passado entre duas mãos
    A tecnologia contacless otimiza o pagamento e gera maior segurança para os usuários. (Fonte: Divulgação)

    Pagamento contactless é seguro?

    O uso do pagamento por aproximação ainda é uma incógnita para muitos usuários, já que a sua praticidade também parece ser sinônimo de insegurança. Na prática, entretanto, é justamente o contrário. Por ter menos contato com a maquininha de cartão – essa sim, um instrumento que pode ser utilizado indevidamente –, a tecnologia diminui a chance de clone.

    Como o cartão não entra em contato direto com a máquina, menos informações são repassadas para o recebedor. O código de segurança de três dígitos, por exemplo, não é solicitado nestes casos.

    Outra dúvida é a respeito de eventuais perdas ou furtos do cartão. O prejuízo seria menor, já que o contactless é limitado a cinco usos por dia e tem limitação de valor. Além disso, você pode bloquear o uso do cartão via aplicativo digital, sempre que achar necessário.

    Quais as vantagens do cartão contactless?

    As vantagens do pagamento por aproximação vão muito além da praticidade. Rápido, seguro e moderno, ele agiliza processos e oferece maior comodidade para você realizar suas compras. Confira alguns benefícios:

    • Garante maior agilidade no processo de reconhecimento das compras;
    • O pagamento é aprovado quase que instantaneamente;
    • Se utiliza de tecnologia criptografada;
    • Não há contato direto entre máquinas e cartões;
    • Dependendo da administradora, há descontos e uso de cashback;
    • É mais higiênico.

    Gostou do conteúdo? Aproveite para compartilhar com seus amigos e familiares, e confira outros textos sobre finanças pessoais aqui no portal da FinanceOne.

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?