Saiba o que fazer se a placa do carro for clonada

0
583
mulher seguranndo a chave de um carro
0
(0)

Imagine a seguinte cena: você chegou em casa e viu uma carta de multa do seu carro. Mas você não cometeu aquela infração no trânsito. Esse é o tipo de situação que pode acontecer quando a placa do seu carro é clonada.

Anúncios

Neste caso, o que fazer? Será que é uma boa pagar a multa ou apenas ignorar? É sobre isso que vamos falar neste artigo. Você vai ver o que precisa ser feito se a placa do seu carro for clonada. Vamos lá?

Como saber se a placa do seu carro foi clonada?

A única forma de descobrir se o seu carro está com a placa clonada é quando você começa a receber multas de trânsito que não cometeu, sobretudo se elas foram cometidas em outros estados.

Anúncios

Quando isso acontece, o primeiro passo é o proprietário do veículo registrar um Boletim de Ocorrência em alguma delegacia de polícia caso você tenha certeza que não cometeu a infração de trânsito que está sendo cobrada.

Quando a placa do carro é clonada, é muito comum que você receba diversas multas em um pouco espaço de tempo, ou seja, acumulando infrações em períodos curtos.

No entanto, só uma multa que você não reconhece não quer dizer, necessariamente, que a placa do seu carro está clonada.

Anúncios

+ Como vender um carro? Veja dicas e tudo que é necessário para a transferência

+ Saiba quanto custa carregar um carro elétrico no Brasil

E o que fazer se a placa do carro foi clonada?

Como falamos, o primeiro passo após identificar que aquelas infrações não são suas é abrir um boletim de ocorrência na delegacia. Assim, você comprova que está sendo vítima de uma fraude.

homem dirigindo um carro elétrico
Proprietários que tiveram a placa do carro clonada devem registrar um Boletim de Ocorrência e entrar em contato com o Detran do seu estado

Em seguida, será necessário apresentar o boletim diretamente ao Detran do seu estado e eles pedirão uma série de documentos, fotos do carro original e certificado de licenciamento.

Geralmente, o processo de comunicação sobre a placa clonada do carro é feito de forma presencial, mas o agendamento é feito pelo site do Detran.

Se a fraude for comprovada, o próprio Detran é o responsável por colocar uma restrição nos registros para que todas as autoridades tenham ciência de que seu carro teve a placa clonada.

Enquanto o carro clonado não for localizado, você precisa ficar e alerta a possíveis multas que podem chegar na sua residência, mesmo após ter aberto o boletim de ocorrência.

Por isso, é bastante importante instaurar o inquérito e entrar com recursos contra todos os delitos.

O Detran-SP, por exemplo, disponibiliza uma página específica para informar sobre a placa clonada. Basta clicar neste link.

Os seguintes documentos são solicitados:

  • RG e CPF
  • Laudo de vistoria de identificação veicular
  • Certificado de Registro de Veículo ou CRLV-e (cópia simples
  • Certificado de Registro e Licenciamento de veículos (cópia simples)
  • Notificação de Autuação e Notificação da Penalidade;
  • Microfilmagem do Auto de Infração de trânsito (solicitar nos órgãos autuadores de trânsito)
  • Fotos coloridas e em boa resolução do veículo
  • Foto do veículo dublê, no caso de infração detectada por instrumento fotográfico ou aparelho eletrônico)

Adulterar ou remarcar número de chassi, ou qualquer sinal identificador de veículo automotor, de seu componente ou equipamento é crime, previsto no artigo 311 do Código Penal Brasileiro. A pena é de reclusão de três a seis anos, além de multa.

Gostou de saber o que fazer quando o carro tem a placa clonada? Então complemente a sua leitura e veja como comprar um carro com o nome no SPC.

O que achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui