Início Notícias Finanças Pessoais Pré ou pós-pago: como escolher o plano de celular

Pré ou pós-pago: como escolher o plano de celular

4.2
(15)

As operadoras de telefonia móvel oferecem diversos planos pré-pago e pós-pago. Mas, você sabe como escolher o plano de celular?

No pré-pago, o consumidor paga um valor para colocar créditos no celular. Conforme o uso dos serviços, como por exemplo, internet e ligações, o valor é debitado do total inserido na recarga.

Por outro lado, o plano pós-pago oferece uma assinatura em que o usuário paga um valor mensal corresponde ao que utilizou.

FGTS pelo celular Pré ou pós-pago: como escolher o plano de celular

A procura por esses planos é crescente, tendo em vista as melhores condições para adquirir os celulares. Essa tendência está refletida nos números.

De acordo com uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais de 90% dos lares brasileiros contam com, pelo menos, um aparelho móvel.

Antes de escolher o plano de celular, a recomendação é analisar quais serviços usa com mais frequência: dados de internet, ligações ou mensagens de texto.

A partir disso, fica mais fácil escolher qual a opção mais em conta para você. Tenha em mente que a melhor alternativa é sempre a que atente ao seu perfil e suas necessidades.

Uma recomendação é conhecer os detalhes de cada plano. A seguir, confira as principais diferenças entre os serviços pré-pago e pós-pago.

Plano pré-pago

Essa é uma ótima opção para quem não quer perder o controle dos gastos e está com orçamento limitado. Isso porque a pessoa coloca os créditos de acordo com a demanda.

Se os créditos acabarem, por exemplo, o usuário fica impedido de usar os serviços até que faça uma nova recarga.

Assim, evita o susto da conta vir maior no final do mês por ter ultrapassado o pacote inicial. Com o plano pré-pago, é possível planejar como gastará a quantia.

Seja com mensagens de textos, minutos de ligação ou limite de internet. A dica é colocar mais crédito referente ao serviço de maior utilização.

Se você não tem o costume de fazer muitas ligações, o plano pré-pago pode ser uma boa alternativa para gastar menos.

Vantagens:

– O usuário escolhe o valor para gastar por mês e recarregar o celular;
– Possibilita o maior controle dos gastos;
– Evita pagar mais uma conta mensalmente.

Desvantagens:  

– Caso o consumidor use mais do que esperava, terá que fazer uma nova recarga para continuar com os serviços;
– As ligações podem ser mais caras que nos planos pós-pago;
– Na internet 4G, os créditos podem ser usados de forma rápida.

Plano pós-pago

Fazer várias recargas ao mês pode não ser prático para quem usa muito o celular. Para essas situações, a dica é contratar o plano pós-pago.

Ele oferece uma série de serviços, como ligações, mensagens e internet, por um preço fixo mensal.

Assim, é preciso verificar se terá espaço no seu orçamento para essa despesa todos os meses. Coloque na balança e veja se vale a pena.

Vantagens:

– O usuário escolhe os pacotes de acordo com suas necessidades e serviços mais usados;
– Os planos pós-pago costumam oferecer benefícios e promoções.

Desvantagens:

– É mais difícil ter o controle dos gastos;
– Ao contratar um plano pós-pago, você assume a responsabilidade de uma conta mensal;
– Esse plano exige maior disciplina;

Pré-pago X Pós-pago

Pelos argumentos apresentados acima, para quem tem a possibilidade de gastar um pouco a mais e se comprometer com uma conta mensal, o plano pós-pago leva vantagem.

Isso porque oferece serviços mais completos.

Com o pós-pago, o usuário não tem que se preocupar, por exemplo, se a franquia de internet vai encerrar antes do final do mês.

Mesmo assim, é importante ficar atento aos gostos e limites estipulados em contrato. Para não ser surpreendido com uma conta maior do que esperava.

Por outro lado, há quem prefira ter maior controle sobre os gastos. Dessa maneira, pode reduzir o uso da franquia de internet e do número de ligações para economizar.

Nesse caso, a dica é escolher o plano de celular que ofereça alguma vantagem ao consumidor nos serviços mais usados. Como é o caso das redes sociais e o WhatsApp liberado.

Há ainda os planos controle e plano em conjunto. Verifique as opções com sua operadora.

E você? Na sua opinião, qual é o melhor plano de telefonia móvel?

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 4.2 / 5. Número de votos: 15

Seja o primeiro a avaliar este post.

Bruna Somma
Jornalista formada pela UFRRJ, com passagens por redações de jornais, sites e Assessoria de Comunicação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

10 corretoras de confiança para investir

Escolher uma corretora de confiança para investir não é uma tarefa fácil. O primeiro passo é verificar se a instituição é cadastrada...

Auxílio residual de R$300: governo divulga calendário

O Ministério da Cidadania divulgou o calendário de pagamentos referente ao auxílio residual das parcelas de R$300. Os pagamentos serão para os...

Como conquistar a independência financeira em 5 anos?

Muitas pessoas querem conquistar a independência financeira, mas será que elas sabem, de fato, o que significa ser financeiramente independente?

SPC: como consultar CPF e nome sujo

A expressão “nome sujo” faz surgir calafrios em muitos consumidores e estar com o nome no SPC é, certamente, um dos medos de quem...

Renda Cidadã: governo anuncia programa para substituir Bolsa Família

O governo do presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta segunda-feira, 28, o novo programa de transferência de renda: o Renda Cidadã, que vai...

IR 2020: caiu na malha fina? Saiba como regularizar a situação

Se você não teve a declaração do Imposto de Renda 2020 liberada até o último lote da restituição, é bem provável que...