Conheça o saque emergencial do cartão de crédito Nubank. Confira!

0
5790
Mão segurando um cartão do Nubank
Nubank é um dos cartões de crédito sem anuidade mais famosos
1
(1)

Os clientes do Nubank que possuem cartão ganharam mais um benefício. Agora será possível realizar saque emergencial por meio do cartão de crédito. A novidade maior está na porcentagem que os clientes poderão sacar.

Anúncios

Isso porque antes os usuários do banco podiam sacar até 5% do valor do limite disponível e não eram cobrados por isso. Mas a partir de agora, a instituição financeira começará a liberar aos poucos, a opção de realizar o saque de até 15% do limite.

Mas por que você precisaria realizar um saque emergencial com o cartão de crédito do Nubank? Por mais que grande parte das lojas aceitem pagamentos com cartão, pode ser que você precise pagar algo com dinheiro.

Anúncios

Ou que até mesmo aconteça algum imprevisto e seja necessário ter dinheiro em mãos. E é por isso que a instituição financeira oferece e aumentou o limite do saque emergencial por meio do cartão de crédito.

Vale ressaltar que por se tratar de um empréstimo, já que o banco empresta uma quantia, o cliente somente irá pagar o valor no vencimento da fatura. E por isso, será cobrado do usuário juros de 9,75% ao mês, de acordo com a quantia sacadas e os dias.

Os juros serão cobrados desde o dia do saque emergencial até a data do vencimento da fatura atual. É importante deixar claro que os juros serão cobrados de forma automática, assim que o saque é realizado.

Anúncios

Mas será que vale a pena realizar o saque no crédito? A dica é que se você puder evitar, é melhor para que não pague os juros. Porém, pode acontecer situações que o saque é a única alternativa.

Situações recomendadas para realizar o saque emergencial com o cartão de crédito

Existem duas situações que o próprio Nubank recomenda o saque emergencial do cartão de crédito. Confira abaixo quais são elas!

Caso precise de dinheiro físico

Se o estabelecimento no qual você quer realizar a compra não aceita cartão ou você precisa pagar uma pessoa e, ela não tem conta ou precisa do dinheiro. A única opção é realizar o saque emergencial do cartão de crédito.

Caso esteja no exterior

Outra opção para utilizar o cartão de crédito para realizar o saque é se estiver fora do país, precisando de um pagamento relâmpago, de forma rápida, e em espécie.

7 dicas para economizar dinheiro no dia a dia
O Nubank irá permitir que os clientes realizem saque emergencial por meio do cartão de crédito

Para isso, basta se dirigir até um caixa eletrônico da rede Cirus e realizar o saque na moeda local. Mas, é importante lembrar que a transação será considerada como um tipo de comprar internacional na sua própria fatura, sendo cobrada em reais.

Saque emergencial pelo cartão de crédito é igual ao da conta Nubank?

A resposta para essa pergunta é não. O saque emergencial do cartão de crédito e o da opção de saque pela conta do Nubank são coisas completamente diferentes. E quem explica isso é a própria fintech.

Além disso, o banco lembra que é cobrada a tarifa de R$6,50 por cada saque realizado por meio do Débito Nubank, seja ele qualquer saque, emergencial ou não, desde que você utilize o saldo da conta.

O banco explica que esse valor é cobrado como forma de repasse dos custos que ele tem para oferecer a possibilidade de saque por meio das suas redes parceiras. Além disso, explica ainda que:

“Essa é a Tarifa de Saque cobrada do Nubank e repassada para os clientes para arcar com os custos da estrutura física de nossos parceiros.”

Você sabia que o saque do FGTS segue o modelo do auxílio emergencial?

O governo implementou diversas medidas para amenizar os impactos causados pela pandemia do novo Coronavírus. Você sabia, por exemplo, que duas delas são o auxílio emergencial e o saque emergencial do FGTS?

Isso mesmo, eles foram criados com este objetivo. O FGTS, inclusive, foi autorizado por meio de uma medida provisória (MP) com aval do presidente da República Jair Bolsonaro.

E uma curiosidade é que ambos os benefícios seguem o mesmo molde, de calendário, com pagamentos sendo feitos em duas vertentes: primeiro o calendário para crédito e depois para saques.

Quando o valor é creditado, ele é depositado em uma conta digital criada pela Caixa Econômica e o usuário consegue fazer pagamentos de contas e compras em estabelecimentos com o valor. E quando é liberado para saque, ele consegue retirá-lo para usar de qualquer maneira.

Além disso, é importante lembrar que ambos os calendários seguem a data de nascimento de acordo com o mês. E os primeiros beneficiários que recebem são os do Bolsa Família, logo após todos entram na lista.

Este conteúdo te ajudou? Gostou de saber dessa informações? Então compartilhe-o nas redes sociais para que mais pessoas tenham acesso!

O que achou disso?

Média da classificação 1 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui