Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasFinanças PessoaisEntenda como manter a segurança ao utilizar apps financeiros

    Entenda como manter a segurança ao utilizar apps financeiros

    5
    (1)

    Golpes no mercado não faltam para que os criminosos roubem os dados da população. Alguns deles tentam até mesmo acessar os apps financeiros. E o número de empresas brasileiras alvos de fraudes e ataques digitais com frequência são altos.

    Publicidade

    Para você ter uma ideia, de acordo com um estudo feito pela Mastercard, uma das bandeiras de cartão mais conhecidas internacionalmente, 57% das empresas sofrem ataques. O que representa mais da metade e também é um alerta para que os consumidores estejam atentos  a essas fraudes.

    A pesquisa, além de trazer um alerta, também evidencia um conselho para os usuários de apps financeiros ou de e-commerce: invista na sua segurança financeira. Mas por que isso é tão importante?

    Primeiro para evitar que você tenha os seus dados financeiros roubados e/ou clonados. E segundo porque grande parte das pessoas têm trocado a modalidade presencial pelo digital, o que também tem sido grande o aumento de ataques que utilizam desses recursos para fazer vítimas. 

    Um alerta sobre a segurança dos apps financeiros já havia sido feito em março, em uma  publicação do We Live Security, blog de segurança da informação da ESET, que alertou sobre uma pesquisa feita pela Verizon, chamada Data Breach Investigation Report. 

    + Saiba se é seguro ou não utilizar o internet banking

    Publicidade

    Naquele mês, os dados já apontavam que 63% dos ataques contra instituições financeiras são realizados por atores externos motivados por ganhos financeiros. 

    E o que isso quer dizer? Se você pensar que todas essas transações possuem o fator humano por trás, é possível imaginar que muito do prejuízo causado com esse tipo de ciberataque acaba sendo direcionado ao usuário. 

    Ataques aos apps financeiros intensificaram na pandemia

    E é claro que com a pandemia do Covid-19, os ataques às plataformas e aplicativos dos bancos seriam intensificados. Principalmente porque mais pessoas passaram a utilizar esses meios para realizar pagamentos das contas e transferências bancárias.

    Os ataques também aconteceram dentro das empresas, que foram forçadas a realizar as atividades por meio do teletrabalho e, mais recentemente, ao modelo híbrido. Porém, muitas instituições não tiveram tempo hábil para inserir as políticas de segurança nos equipamentos usados pelos seus profissionais.

    + Vantagens e desvantagens do internet banking

    Publicidade

    O que acabou deixando todo o sistema mais fácil para sofrer ataques cibernéticos nos apps financeiros. Por isso, todo cuidado é mais do que necessário ao utilizar essas plataformas na hora de acessar a sua conta bancária.

    Pessoas físicas também devem ficar alertas aos ataques e segurança

    Se os ataques cibernéticos a apps financeiros já chegassem às empresas, as pessoas físicas não ficariam de fora. Um cibercriminoso consegue facilmente realizar ataques a qualquer usuário, sendo direto.

    Por isso é muito importante ter em mente que a sua instituição bancária não vai solicitar nenhum tipo de senha ou informação pessoal. Eles jamais vão realizar qualquer tipo de solicitação suspeita capaz de influenciar uma compra online, por exemplo.

    homem consultando a conta bancária e segurando o cartão
    Com a pandemia, os golpes e fraudes dos apps financeiros cresceram

    Atualmente, a forma mais comum de realizar esses ataques são os e-mails contendo informações falsas e que direcionam o usuário diretamente para páginas maliciosas – o que é chamado de golpe de phishing.

    Por esse motivo, é muito importante contar com um antivírus, seja ela no computador ou no celular. Isso ajuda a manter a segurança dos aplicativos e do seu servidor. A medida vai ajudar a combater ataques suspeitos.

    Publicidade

    Isso porque o antivírus consegue, por exemplo, emitir alertas para que o usuário não siga possíveis orientações dadas por cibercriminosos. 

    + Seu celular foi roubado? Veja como proteger aplicativos financeiros

    Outras formas de combater ataques aos apps financeiros.

    Mas, não é somente o antivírus que pode te ajudar a combater esses ataques. Afinal, as empresas bancárias e instituições financeiras já estão cientes disso e têm criado mecanismos a fim de evitar que seus clientes sejam vítimas.

    Por exemplo, já estão disponíveis diversos recursos de segurança para que você possa realizar suas transações de forma tranquila, como:

    • código de verificação;
    • senha adicional; ou
    • reconhecimento facial para acesso ao aplicativo do seu banco. 

    Todas as medidas possíveis que você puder adotar para evitar que uma ataque seja feito e você seja vítima, com dados vazados ou prejuízos maiores, é de suma importância.

    Além disso, outra recomendação é sempre, em todos os casos, verificar a veracidade dos sites e empresas na qual está realizando determinada compra. Busque referências, comentários e saiba se é confiável para não ter péssima experiência.

    Gostou do conteúdo? Então compartilhe com alguém que precisa dessas dicas para não cair em golpes de apps financeiros.

    O que achou disso?

    Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Juliana Favorito
    Juliana Favorito
    Jornalista apaixonada em escutar e escrever histórias, mas que também tem uma queda pelo Marketing Digital. Com experiência em redação, social mídia e marketing ela gosta de sempre estar atualizada sobre a área da comunicação. E como uma boa carioca, não dispensa uma praia.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasFinanças PessoaisEntenda como manter a segurança ao utilizar apps financeiros

    Entenda como manter a segurança ao utilizar apps financeiros

    5
    (1)

    Golpes no mercado não faltam para que os criminosos roubem os dados da população. Alguns deles tentam até mesmo acessar os apps financeiros. E o número de empresas brasileiras alvos de fraudes e ataques digitais com frequência são altos.

    Publicidade

    Para você ter uma ideia, de acordo com um estudo feito pela Mastercard, uma das bandeiras de cartão mais conhecidas internacionalmente, 57% das empresas sofrem ataques. O que representa mais da metade e também é um alerta para que os consumidores estejam atentos  a essas fraudes.

    A pesquisa, além de trazer um alerta, também evidencia um conselho para os usuários de apps financeiros ou de e-commerce: invista na sua segurança financeira. Mas por que isso é tão importante?

    Primeiro para evitar que você tenha os seus dados financeiros roubados e/ou clonados. E segundo porque grande parte das pessoas têm trocado a modalidade presencial pelo digital, o que também tem sido grande o aumento de ataques que utilizam desses recursos para fazer vítimas. 

    Um alerta sobre a segurança dos apps financeiros já havia sido feito em março, em uma  publicação do We Live Security, blog de segurança da informação da ESET, que alertou sobre uma pesquisa feita pela Verizon, chamada Data Breach Investigation Report. 

    + Saiba se é seguro ou não utilizar o internet banking

    Publicidade

    Naquele mês, os dados já apontavam que 63% dos ataques contra instituições financeiras são realizados por atores externos motivados por ganhos financeiros. 

    E o que isso quer dizer? Se você pensar que todas essas transações possuem o fator humano por trás, é possível imaginar que muito do prejuízo causado com esse tipo de ciberataque acaba sendo direcionado ao usuário. 

    Ataques aos apps financeiros intensificaram na pandemia

    E é claro que com a pandemia do Covid-19, os ataques às plataformas e aplicativos dos bancos seriam intensificados. Principalmente porque mais pessoas passaram a utilizar esses meios para realizar pagamentos das contas e transferências bancárias.

    Os ataques também aconteceram dentro das empresas, que foram forçadas a realizar as atividades por meio do teletrabalho e, mais recentemente, ao modelo híbrido. Porém, muitas instituições não tiveram tempo hábil para inserir as políticas de segurança nos equipamentos usados pelos seus profissionais.

    + Vantagens e desvantagens do internet banking

    Publicidade

    O que acabou deixando todo o sistema mais fácil para sofrer ataques cibernéticos nos apps financeiros. Por isso, todo cuidado é mais do que necessário ao utilizar essas plataformas na hora de acessar a sua conta bancária.

    Pessoas físicas também devem ficar alertas aos ataques e segurança

    Se os ataques cibernéticos a apps financeiros já chegassem às empresas, as pessoas físicas não ficariam de fora. Um cibercriminoso consegue facilmente realizar ataques a qualquer usuário, sendo direto.

    Por isso é muito importante ter em mente que a sua instituição bancária não vai solicitar nenhum tipo de senha ou informação pessoal. Eles jamais vão realizar qualquer tipo de solicitação suspeita capaz de influenciar uma compra online, por exemplo.

    homem consultando a conta bancária e segurando o cartão
    Com a pandemia, os golpes e fraudes dos apps financeiros cresceram

    Atualmente, a forma mais comum de realizar esses ataques são os e-mails contendo informações falsas e que direcionam o usuário diretamente para páginas maliciosas – o que é chamado de golpe de phishing.

    Por esse motivo, é muito importante contar com um antivírus, seja ela no computador ou no celular. Isso ajuda a manter a segurança dos aplicativos e do seu servidor. A medida vai ajudar a combater ataques suspeitos.

    Publicidade

    Isso porque o antivírus consegue, por exemplo, emitir alertas para que o usuário não siga possíveis orientações dadas por cibercriminosos. 

    + Seu celular foi roubado? Veja como proteger aplicativos financeiros

    Outras formas de combater ataques aos apps financeiros.

    Mas, não é somente o antivírus que pode te ajudar a combater esses ataques. Afinal, as empresas bancárias e instituições financeiras já estão cientes disso e têm criado mecanismos a fim de evitar que seus clientes sejam vítimas.

    Por exemplo, já estão disponíveis diversos recursos de segurança para que você possa realizar suas transações de forma tranquila, como:

    • código de verificação;
    • senha adicional; ou
    • reconhecimento facial para acesso ao aplicativo do seu banco. 

    Todas as medidas possíveis que você puder adotar para evitar que uma ataque seja feito e você seja vítima, com dados vazados ou prejuízos maiores, é de suma importância.

    Além disso, outra recomendação é sempre, em todos os casos, verificar a veracidade dos sites e empresas na qual está realizando determinada compra. Busque referências, comentários e saiba se é confiável para não ter péssima experiência.

    Gostou do conteúdo? Então compartilhe com alguém que precisa dessas dicas para não cair em golpes de apps financeiros.

    O que achou disso?

    Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?