Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasFinanças PessoaisSemana do Brasil: o que é e quais os cuidados?

    Semana do Brasil: o que é e quais os cuidados?

    0
    (0)

    De 6 a 15 de setembro de 2019 acontece a primeira Semana do Brasil. Mais de 4.600 empresas, entre elas comércio, hotéis e companhias aéreas, vão oferecer descontos.

    Publicidade

    Na prática, funcionará como uma espécie de Black Friday. A ação lançada pelo governo federal tem com objetivo movimentar a economia e estimular o turismo interno.

    montagem de metade de uma moeda em cima do mapa do Brasil

    A ideia é que a data seja fixa no calendário nacional a partir deste ano.

    Diversas empresas já anunciaram descontos. Entre elas estão a Via Varejo, que terá remarcações de até 80% em produtos nas Casas Bahia e Ponto Frio, Mobly, Fast Shop e Grupo Pão de Açúcar.

    O setor hoteleiro também deve apresentar preços especiais para incentivar o turismo.

    Nessa área, o governo planeja usar a isenção de visto concedida recentemente a quatro países. São eles: Austrália, Canadá, Estados Unidos e Japão.

    Publicidade

    Semana do Brasil pode ajudar no faturamento do comércio

    A Semana do Brasil pode mudar os resultados para o faturamento do comércio em setembro, considerado o quinto pior entre os meses do segundo semestre, de acordo com levantamento da FecomercioSP.

    A pesquisa aponta que, na média dos últimos cinco anos, o faturamento dos seis últimos meses foi de R$ 348 bilhões. A média de consumo no mês de setembro para esse período é de R$ 54,5 bilhões. Ou seja, 15,7%.

    O período classificado como de baixa temporada é desanimador também para o turismo. É o que mostra dados da Agência Nacional da Aviação Civil (Anac).

    Os números apontam que a média da demanda de passageiros em voos nacionais no mês de setembro, dos últimos cinco anos, é a menor do segundo semestre.

    Ou seja, pouco menos de 20 milhões e 15,5% de participação na soma de julho a dezembro.

    Publicidade

    Cuidados para não aumentar o endividamento

    O nível de endividamento entre consumidores que não estão com o ‘nome sujo’ aumentou no Brasil. É o que mostra uma pesquisa realizada pela Boa Vista.

    Segundo o levantamento, o salto foi de 76% no primeiro semestre de 2018 para 80% nos primeiros seis meses deste ano.

    Contudo, o percentual de consumidores pouco endividados também subiu. Ele foi de 45% para 47%.

    Portanto, cuidado para não cair nas tentações da Semana do Brasil. É o que diz o coordenador do MBA em Gestão Financeira da Fundação Getulio Vargas (FGV), Ricardo Teixeira.

    O especialista diz que é preciso revisar as contas para saber quanto pode gastar. Portanto, coloque uma margem de valor mínimo e máximo para a compra que não comprometa o orçamento.

    Publicidade

    Ricardo Teixeira afirma ainda que caso não tenha como pagar à vista, evite crediário com juros e divida a compra no número mínimo possível de parcelas.

    Segundo ele, o consumidor deve ficar atento ao valor da taxa de entrega, que pode encarecer demais a compra. E também à real utilidade do produto.

    Alerta para compras via internet

    Ao escolher o site da promoção, é preciso certificar-se de que está em uma página segura. O alerta é do coordenador acadêmico do MBA em marketing digital da Fundação Getulio Vargas (FGV), André Miceli.

    O especialista lembra que o consumidor deve ficar antento ao símbolo de um cadeado na barra de endereço, do lado esquerdo. Ele é um dos principais indícios de que o site é oficial.

    Miceli sugere ainda um bom antivírus instalado no computador ou dispositivo móvel durante as compras da Semana do Brasil.

    Afinal, ele pode ajuda a detectar sites que contenham arquivos maliciosos. Além de vírus, malwares ou indicação de riscos de ataques de hackers.

    Outra medida que o professor da FGV ressalta é ficar atento ainda a links divulgados em redes sociais ou pelo Whatsapp. Eles podem direcionar para páginas falsas, com a intenção de roubar dados do consumidor.

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Rafael Massadar
    Rafael Massadar
    Carioca, amante de esportes e de viagens. Escolhi o jornalismo porque ele vive pelo mundo e conta histórias de pessoas e realidades distintas. Tenho experiência em redação e assessoria de imprensa. Atualmente, trabalho numa agência de marketing digital.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasFinanças PessoaisSemana do Brasil: o que é e quais os cuidados?

    Semana do Brasil: o que é e quais os cuidados?

    0
    (0)

    De 6 a 15 de setembro de 2019 acontece a primeira Semana do Brasil. Mais de 4.600 empresas, entre elas comércio, hotéis e companhias aéreas, vão oferecer descontos.

    Publicidade

    Na prática, funcionará como uma espécie de Black Friday. A ação lançada pelo governo federal tem com objetivo movimentar a economia e estimular o turismo interno.

    montagem de metade de uma moeda em cima do mapa do Brasil

    A ideia é que a data seja fixa no calendário nacional a partir deste ano.

    Diversas empresas já anunciaram descontos. Entre elas estão a Via Varejo, que terá remarcações de até 80% em produtos nas Casas Bahia e Ponto Frio, Mobly, Fast Shop e Grupo Pão de Açúcar.

    O setor hoteleiro também deve apresentar preços especiais para incentivar o turismo.

    Nessa área, o governo planeja usar a isenção de visto concedida recentemente a quatro países. São eles: Austrália, Canadá, Estados Unidos e Japão.

    Publicidade

    Semana do Brasil pode ajudar no faturamento do comércio

    A Semana do Brasil pode mudar os resultados para o faturamento do comércio em setembro, considerado o quinto pior entre os meses do segundo semestre, de acordo com levantamento da FecomercioSP.

    A pesquisa aponta que, na média dos últimos cinco anos, o faturamento dos seis últimos meses foi de R$ 348 bilhões. A média de consumo no mês de setembro para esse período é de R$ 54,5 bilhões. Ou seja, 15,7%.

    O período classificado como de baixa temporada é desanimador também para o turismo. É o que mostra dados da Agência Nacional da Aviação Civil (Anac).

    Os números apontam que a média da demanda de passageiros em voos nacionais no mês de setembro, dos últimos cinco anos, é a menor do segundo semestre.

    Ou seja, pouco menos de 20 milhões e 15,5% de participação na soma de julho a dezembro.

    Publicidade

    Cuidados para não aumentar o endividamento

    O nível de endividamento entre consumidores que não estão com o ‘nome sujo’ aumentou no Brasil. É o que mostra uma pesquisa realizada pela Boa Vista.

    Segundo o levantamento, o salto foi de 76% no primeiro semestre de 2018 para 80% nos primeiros seis meses deste ano.

    Contudo, o percentual de consumidores pouco endividados também subiu. Ele foi de 45% para 47%.

    Portanto, cuidado para não cair nas tentações da Semana do Brasil. É o que diz o coordenador do MBA em Gestão Financeira da Fundação Getulio Vargas (FGV), Ricardo Teixeira.

    O especialista diz que é preciso revisar as contas para saber quanto pode gastar. Portanto, coloque uma margem de valor mínimo e máximo para a compra que não comprometa o orçamento.

    Publicidade

    Ricardo Teixeira afirma ainda que caso não tenha como pagar à vista, evite crediário com juros e divida a compra no número mínimo possível de parcelas.

    Segundo ele, o consumidor deve ficar atento ao valor da taxa de entrega, que pode encarecer demais a compra. E também à real utilidade do produto.

    Alerta para compras via internet

    Ao escolher o site da promoção, é preciso certificar-se de que está em uma página segura. O alerta é do coordenador acadêmico do MBA em marketing digital da Fundação Getulio Vargas (FGV), André Miceli.

    O especialista lembra que o consumidor deve ficar antento ao símbolo de um cadeado na barra de endereço, do lado esquerdo. Ele é um dos principais indícios de que o site é oficial.

    Miceli sugere ainda um bom antivírus instalado no computador ou dispositivo móvel durante as compras da Semana do Brasil.

    Afinal, ele pode ajuda a detectar sites que contenham arquivos maliciosos. Além de vírus, malwares ou indicação de riscos de ataques de hackers.

    Outra medida que o professor da FGV ressalta é ficar atento ainda a links divulgados em redes sociais ou pelo Whatsapp. Eles podem direcionar para páginas falsas, com a intenção de roubar dados do consumidor.

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?