Início Notícias Finanças Pessoais Semana do Brasil: o que é e quais os cuidados?

Semana do Brasil: o que é e quais os cuidados?

0
(0)

De 6 a 15 de setembro de 2019 acontece a primeira Semana do Brasil. Mais de 4.600 empresas, entre elas comércio, hotéis e companhias aéreas, vão oferecer descontos.

Na prática, funcionará como uma espécie de Black Friday. A ação lançada pelo governo federal tem com objetivo movimentar a economia e estimular o turismo interno.

Economia brasileira

A ideia é que a data seja fixa no calendário nacional a partir deste ano.

Diversas empresas já anunciaram descontos. Entre elas estão a Via Varejo, que terá remarcações de até 80% em produtos nas Casas Bahia e Ponto Frio, Mobly, Fast Shop e Grupo Pão de Açúcar.

O setor hoteleiro também deve apresentar preços especiais para incentivar o turismo.

Nessa área, o governo planeja usar a isenção de visto concedida recentemente a quatro países. São eles: Austrália, Canadá, Estados Unidos e Japão.

Semana do Brasil pode ajudar no faturamento do comércio

A Semana do Brasil pode mudar os resultados para o faturamento do comércio em setembro, considerado o quinto pior entre os meses do segundo semestre, de acordo com levantamento da FecomercioSP.

A pesquisa aponta que, na média dos últimos cinco anos, o faturamento dos seis últimos meses foi de R$ 348 bilhões. A média de consumo no mês de setembro para esse período é de R$ 54,5 bilhões. Ou seja, 15,7%.

O período classificado como de baixa temporada é desanimador também para o turismo. É o que mostra dados da Agência Nacional da Aviação Civil (Anac).

Os números apontam que a média da demanda de passageiros em voos nacionais no mês de setembro, dos últimos cinco anos, é a menor do segundo semestre.

Ou seja, pouco menos de 20 milhões e 15,5% de participação na soma de julho a dezembro.

Cuidados para não aumentar o endividamento

O nível de endividamento entre consumidores que não estão com o ‘nome sujo’ aumentou no Brasil. É o que mostra uma pesquisa realizada pela Boa Vista.

Segundo o levantamento, o salto foi de 76% no primeiro semestre de 2018 para 80% nos primeiros seis meses deste ano.

Contudo, o percentual de consumidores pouco endividados também subiu. Ele foi de 45% para 47%.

Portanto, cuidado para não cair nas tentações da Semana do Brasil. É o que diz o coordenador do MBA em Gestão Financeira da Fundação Getulio Vargas (FGV), Ricardo Teixeira.

O especialista diz que é preciso revisar as contas para saber quanto pode gastar. Portanto, coloque uma margem de valor mínimo e máximo para a compra que não comprometa o orçamento.

Ricardo Teixeira afirma ainda que caso não tenha como pagar à vista, evite crediário com juros e divida a compra no número mínimo possível de parcelas.

Segundo ele, o consumidor deve ficar atento ao valor da taxa de entrega, que pode encarecer demais a compra. E também à real utilidade do produto.

Alerta para compras via internet

Ao escolher o site da promoção, é preciso certificar-se de que está em uma página segura. O alerta é do coordenador acadêmico do MBA em marketing digital da Fundação Getulio Vargas (FGV), André Miceli.

O especialista lembra que o consumidor deve ficar antento ao símbolo de um cadeado na barra de endereço, do lado esquerdo. Ele é um dos principais indícios de que o site é oficial.

Miceli sugere ainda um bom antivírus instalado no computador ou dispositivo móvel durante as compras da Semana do Brasil.

Afinal, ele pode ajuda a detectar sites que contenham arquivos maliciosos. Além de vírus, malwares ou indicação de riscos de ataques de hackers.

Outra medida que o professor da FGV ressalta é ficar atento ainda a links divulgados em redes sociais ou pelo Whatsapp. Eles podem direcionar para páginas falsas, com a intenção de roubar dados do consumidor.

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Rafael Massadar
Carioca, amante de esportes e de viagens. Escolhi o jornalismo porque ele vive pelo mundo e conta histórias de pessoas e realidades distintas. Tenho experiência em redação e assessoria de imprensa. Atualmente, trabalho numa agência de marketing digital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Auxílio emergencial: confira calendário para os reavaliados

O Ministério da Cidadania publicou nesta sexta-feira, 27, um novo calendário de pagamento para as parcelas do auxílio emergencial. Este calendário é...

4 carreiras promissoras no setor de beleza para 2021

O segmento da beleza não para de crescer no Brasil. Nosso país, por exemplo, é considerado o terceiro maior mercado consumidor do...

Nubank x Inter: compare os cartões sem anuidade

Os cartões sem anuidade estão ganhando cada vez mais espaço no mercado e no coração dos brasileiros. Com tantas opções pode ser...

Black Friday 2020: confira os melhores sites e ofertas

Você já se preparou para as ofertas da Black Friday 2020? Está com a lista de compras feita e separada para aproveitar...

5 dicas para saber se uma loja virtual é confiável

A pandemia da Covid-19 impulsionou o e-commerce e a Black Friday deve alavancar ainda mais as vendas online. Cerca de 80% dos...

Salário mínimo na Suíça chega a R$25 mil

Você já se perguntou quanto é o salário mínimo na Suíça, mesmo que seja só por curiosidade? Se a resposta é sim,...