Teve o CPF clonado? Saiba o que fazer | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,785
Euro R$ 4,411
Bitcoin R$ 24.200,00
Bovespa 74.538,54
CDI 6,39% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 5,020
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Teve o CPF clonado? Saiba o que fazer

A cada 15 segundos um brasileiro é vítima de fraude, segundo dados do Serasa. Se você teve o CPF clonado, deve querer saber o que fazer mais do que tudo. Comunicar a fraude às autoridades, à polícia, é um passo essencial que logo deve ser tomado pela vítima.

Claro também que há formas de se prevenir e evitar momentos mais propensos em que a fraude pode ocorrer. Como durante o Carnaval, uma das épocas em que as pessoas mais perdem documentos e ficam suscetíveis à fraudes.

Em grandes aglomerações como a festa popular no Brasil, a possibilidade de roubos é também grande. Mais um cuidado que deve ser tomado.

Segundo o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), para evitar ser vítima de golpes em momentos de grande aglomeração de pessoas, você não deve levar documentos pessoais e importantes. Claro que não pode sair sem nada, por isso o importante é levar apenas o essencial.

Segundo uma pesquisa realizada pelo SPC Brasil mais recente – de 2018 -, 67% dos que perderam ou tiveram os documentos ou cartão roubados ou clonados no Carnaval 2017 fizeram boletim de ocorrência.

Enquanto isso, 28% dos entrevistados não fizeram nenhum registro. É importante fazer a ocorrência para que fique registrado que você não tem mais em mãos o cartão do qual era titular.

Na nota divulgada lá em 2015, a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, já havia feito um alerta.

“O consumidor pode se precaver entrando em contato com o Procon [Instituto de Defesa do Consumidor] mais próximo e com o SPC Brasil de sua cidade. Com isso, os estabelecimentos comerciais são informados do problema ao consultarem o SPC Brasil, o que inibe a atuação de terceiros mal intencionados.”

o que fazer se você teve o CPF clonado
Se você teve o CPF clonado, o primeiro passo é registrar um boletim de ocorrência junto à polícia

Pesquisa revela que 83% das pessoas temiam sofrer fraude

Antes do Carnaval deste ano, o SPC Brasil e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) divulgaram a pesquisa indicando que 83% dos consumidores com intenção de gastar no Carnaval de 2018 temiam ser vítimas de fraude.

Essa percepção deu-se porque, durante o Carnaval de 2017, três em cada dez pessoas disseram que passaram por problemas ou transtornos durante as comemorações.

Confira alguns dos resultados que a pesquisa sobre fraudes no período do Carnaval registrou:

• 49% sofreram alguma tentativa de fraude usando o seu nome para saques de dinheiro, compras no cartão, financiamentos ou empréstimos;

• As situações de fraudes que acreditam que possam vivenciar no dia a dia são: compras usando o seu cartão de crédito (41%), utilização de seus documentos pessoais para atividades ilegais (37%), compras usando o seu cartão de débito (32%) e empréstimos usando seu nome (31%);

• A principal consequência para quem sofre fraude é ter compras feitas no nome de forma indevida (65%). Além desta, perder tempo tendo que regularizar a situação na polícia, bancos ou lojas (64%), ficar com o nome sujo e impedido de fazer compras com crédito (62%);

• 93% ficam preocupados com as possíveis consequências de uma fraude. Essa preocupação faz com que 58% fiquem mais cuidadosos com o uso de cartões e documentos. Ainda, 25% confiam na proteção de Deus e 23% cogitam contratar algum tipo de serviço antifraude.

O que fazer se você tiver o CPF clonado?

Se aconteceu de você ser vítima de CPF clonado, ou outro tipo de fraude, é indispensável fazer um boletim de ocorrência. Agora, se você perdeu ou teve seus documentos roubados ou extraviados, pode (e deve) notificar a ocorrência também no sistema do SPC Brasil.

Para isso, deve procurar a Câmara de Dirigentes Lojistas ou Associação Comercial mais próxima de você.

O SPC Brasil indica utilizar o serviço “SPC Alerta de Documentos”. Pelo sistema, quando um lojista consultar seu nome nos produtos SPC para vendas a prazo, conseguirá ver que os documentos foram furtados. Assim, é possível detectar caso alguém esteja querendo se passar pela pessoa, evitando fraudes.

Depois de registrar a ocorrência, as vítimas de perda, roubo, furto ou extravio de documentos pessoais, como CPF, devem comparecer até um balcão de atendimento do SPC Brasil com o B.O. em mãos. Assim, o risco de fraudes é reduzido, uma vez que os estabelecimentos comerciais são informados do problema.

O SPC ainda explica o caso de ter um registro irregular em seu nome. A responsabilidade pela realização e cancelamento é do credor. Ele o efetua direta e eletronicamente no sistema.

Se houver uma irregularidade de qualquer registro de inadimplência, o consumidor pode procurar o credor ou o SPC Brasil da sua localidade para solicitar a correção.

Esse atendimento só pode ser feito presencialmente, uma vez que só assim poderá ser feita a conferência dos documentos. Isso para que seja garantida a identidade e segurança dos dados do consumidor.

O consumidor deverá apresentar documentos que comprovem sua legitimidade e irregularidade da informação. Isso inclui:

– RGs e CPFs do consumidor e procurador;

– procuração hábil;

– documentos comprobatórios da irregularidade, nos termos solicitados pelo SPC Brasil da localidade.

Conclusão

Uma consulta ao SPC e Serasa permite saber se o seu CPF está com alguma restrição. Agora, é possível realizar a consulta até pelo celular.

Se por algum motivo seu nome está com algum impedimento, saiba como limpá-lo. Acompanhe nosso noticiário e fique por dentro do mundo das finanças para você.







Mais lidos

11 eventos de empreendedorismo em 2018 para você ficar ligado
Empreender é a sua meta para 2018, mas você não sabe por onde começar? E o que todo empreendedor...
Fuja desses 5 erros ao administrar suas finanças pessoais
Você sabe como administrar suas finanças pessoais? A sua resposta pode até ser sim, se você est...
Franquia home office: como lucrar trabalhando em casa
Abrir uma franquia home office é mais fácil e barato do que você imagina. E a notícia boa é: o ...
Cuidados ao contratar um seguro de celular
Ter um seguro é essencial para garantir a segurança e a comodidade caso algo dê errado ou não sa...
Investir em Portugal vale a pena? Descubra!
Vale investir em Portugal. Não é só a facilidade da língua que pode atrair investidores brasilei...
Conheça os 31 planos de saúde suspensos pela ANS
Muitas pessoas têm planos de saúde para evitar que em momentos de necessidade tenham que recorrer ...





Notice: Undefined variable: hidden in /var/www/finance-one/wp-content/themes/financeone_estrategia/single.php on line 46

Publicidade