Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasEconomiaVale gás em 2021 é verdade? Governo Federal busca aprovação

    Vale gás em 2021 é verdade? Governo Federal busca aprovação

    3
    (2)

    Depois de sucessivos aumentos no valor do gás de cozinha, o Governo Federal estuda a possiblidade de oferecer um Vale Gás para beneficiários do Bolsa Família. E essa novidade virá com o lançamento do Novo Bolsa Família, que possui a previsão de iniciar em novembro de 2021.

    Publicidade

    Essa possibilidade foi mencionada pelo presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna na última semana, ao afirmar que a estatal participa ativamente de estudos para viabilizar este benefício. 

    E, apesar da Petrobrás estar ativamente envolvida com a criação desse benefício, o vale gás é de autoria do Ministério de Minas e Energia. Ou seja, a Petrobrás está apenas auxiliando na tramitação desse projeto.

    O surgimento dessa proposta aconteceu logo depois do estado de São Paulo oferecer o vale gás, medida seguida também pelo Distrito Federal.

    De acordo com informações do Governo Federal, a intenção é que o Vale Gás seja um benefício oferecido bimestralmente para quem recebe o Bolsa Família. E segundo o próprio presidente da República Jair Bolsonaro, a proposta já está bastante encaminhada.

    “A ideia é dar um bujão de gás a cada dois meses para o pessoal do Bolsa Família. Essa que é a ideia do governo. Está bastante avançada essa proposta. Depende de pequenos acertos porque a Petrobras não é minha. Ela tem a participação do privado também. Estamos negociando isso aí”

    trecho retirado de entrevista à Rádio 96 FM, de Natal-RN na semana passada pelo presidente Jair Bolsonaro.

    Como o projeto ainda não está em vias de aprovação, ainda não dá para saber quanto custará o adicional pelo vale gás. Mas esse valor complementará o valor de cerca de R$300 oferecidos pelo novo Bolsa Família.

    Publicidade
    Cartão do Auxílio Brasil, o novo Bolsa Família, sobre cartão da Caixa Econômica
    O Vale Gás será ofertado a cada dois meses junto do novo Bolsa Família

    Qual será o valor do Vale Gás?

    Como mencionado anteriormente, ainda não há uma aprovação concreta de que o Vale Gás entrará em vigência. Portanto, ainda não há um valor estipulado para esse benefício adicional ao Bolsa Família.

    No entanto, levando em consideração que o Vale Gás ofertado pelo estado de São Paulo e pelo Distrito Federal custaram R$100, há uma expectativa de que o benefício possua um valor semelhante.

    O jeito agora é acompanhar a evolução dessa proposta, aguardar um posicionamento da Petrobrás e a aprovação desse valor.

    Aumento do gás de cozinha

    Já faz algum tempo que o consumidor percebeu que o gás de cozinha aumentou e está afetando principalmente as famílias de baixa renda. E não é difícil encontrar locais que estejam vendendo o gás de cozinha acima dos R$ 100.

    O último aumento de 5,9%, foi impulsionado, principalmente, pela valorização do petróleo do mercado internacional e pela desvalorização do real. O preço do combustível fóssil é o principal fator para a formação de preço do botijão.

    Publicidade

    Ou seja, se o petróleo aumenta, o gás de cozinha também. Com a alta do preço dos barris de petróleo no mercado internacional e a comercialização do produto em dólar, com a cotação de R$5,09, o reajuste caiu sobre o consumidor. 

    Mesmo com o decreto sancionado, em março, pelo presidente da República Jair Bolsonaro, que zerou a alíquota de PIS e Cofins que incide sobre o gás de cozinha, a queda dos impostos não foi repassada para o consumidor

    Esse aumento fez com que muitas famílias que perderam seus empregos com a pandemia, tivessem que arranjar outros meios de cozinhar seus alimentos. Muitos aderiram ao uso do fogão à lenha para realizar suas refeições diárias.

    Mesmo com o auxílio emergencial, o valor não está suprindo a necessidade das famílias, já que os alimentos da cesta básica também estão com um valor alto no mercado. Então, o fogão à lenha se tornou uma alternativa para quem precisa se alimentar, mas não consegue tirar R$100 do próprio bolso para arcar com o valor do gás de cozinha.

    Gostou do nosso conteúdo? Confira agora 5 maneiras de economizar gás para cozinhar.

    Publicidade

    O que achou disso?

    Média da classificação 3 / 5. Número de votos: 2

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Loyane Lapa
    Loyane Lapa
    Carioquíssima de Campo Grande, com um pézinho em São Paulo. Jornalista, Produtora de Conteúdo e [insira aqui outras funcionalidades de um jornalista]. Apaixonada por livros, filmes e pelo universo cultural. Curiosa e antenada nas novidades do mercado financeiro.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasEconomiaVale gás em 2021 é verdade? Governo Federal busca aprovação

    Vale gás em 2021 é verdade? Governo Federal busca aprovação

    3
    (2)

    Depois de sucessivos aumentos no valor do gás de cozinha, o Governo Federal estuda a possiblidade de oferecer um Vale Gás para beneficiários do Bolsa Família. E essa novidade virá com o lançamento do Novo Bolsa Família, que possui a previsão de iniciar em novembro de 2021.

    Publicidade

    Essa possibilidade foi mencionada pelo presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna na última semana, ao afirmar que a estatal participa ativamente de estudos para viabilizar este benefício. 

    E, apesar da Petrobrás estar ativamente envolvida com a criação desse benefício, o vale gás é de autoria do Ministério de Minas e Energia. Ou seja, a Petrobrás está apenas auxiliando na tramitação desse projeto.

    O surgimento dessa proposta aconteceu logo depois do estado de São Paulo oferecer o vale gás, medida seguida também pelo Distrito Federal.

    De acordo com informações do Governo Federal, a intenção é que o Vale Gás seja um benefício oferecido bimestralmente para quem recebe o Bolsa Família. E segundo o próprio presidente da República Jair Bolsonaro, a proposta já está bastante encaminhada.

    “A ideia é dar um bujão de gás a cada dois meses para o pessoal do Bolsa Família. Essa que é a ideia do governo. Está bastante avançada essa proposta. Depende de pequenos acertos porque a Petrobras não é minha. Ela tem a participação do privado também. Estamos negociando isso aí”

    trecho retirado de entrevista à Rádio 96 FM, de Natal-RN na semana passada pelo presidente Jair Bolsonaro.

    Como o projeto ainda não está em vias de aprovação, ainda não dá para saber quanto custará o adicional pelo vale gás. Mas esse valor complementará o valor de cerca de R$300 oferecidos pelo novo Bolsa Família.

    Publicidade
    Cartão do Auxílio Brasil, o novo Bolsa Família, sobre cartão da Caixa Econômica
    O Vale Gás será ofertado a cada dois meses junto do novo Bolsa Família

    Qual será o valor do Vale Gás?

    Como mencionado anteriormente, ainda não há uma aprovação concreta de que o Vale Gás entrará em vigência. Portanto, ainda não há um valor estipulado para esse benefício adicional ao Bolsa Família.

    No entanto, levando em consideração que o Vale Gás ofertado pelo estado de São Paulo e pelo Distrito Federal custaram R$100, há uma expectativa de que o benefício possua um valor semelhante.

    O jeito agora é acompanhar a evolução dessa proposta, aguardar um posicionamento da Petrobrás e a aprovação desse valor.

    Aumento do gás de cozinha

    Já faz algum tempo que o consumidor percebeu que o gás de cozinha aumentou e está afetando principalmente as famílias de baixa renda. E não é difícil encontrar locais que estejam vendendo o gás de cozinha acima dos R$ 100.

    O último aumento de 5,9%, foi impulsionado, principalmente, pela valorização do petróleo do mercado internacional e pela desvalorização do real. O preço do combustível fóssil é o principal fator para a formação de preço do botijão.

    Publicidade

    Ou seja, se o petróleo aumenta, o gás de cozinha também. Com a alta do preço dos barris de petróleo no mercado internacional e a comercialização do produto em dólar, com a cotação de R$5,09, o reajuste caiu sobre o consumidor. 

    Mesmo com o decreto sancionado, em março, pelo presidente da República Jair Bolsonaro, que zerou a alíquota de PIS e Cofins que incide sobre o gás de cozinha, a queda dos impostos não foi repassada para o consumidor

    Esse aumento fez com que muitas famílias que perderam seus empregos com a pandemia, tivessem que arranjar outros meios de cozinhar seus alimentos. Muitos aderiram ao uso do fogão à lenha para realizar suas refeições diárias.

    Mesmo com o auxílio emergencial, o valor não está suprindo a necessidade das famílias, já que os alimentos da cesta básica também estão com um valor alto no mercado. Então, o fogão à lenha se tornou uma alternativa para quem precisa se alimentar, mas não consegue tirar R$100 do próprio bolso para arcar com o valor do gás de cozinha.

    Gostou do nosso conteúdo? Confira agora 5 maneiras de economizar gás para cozinhar.

    Publicidade

    O que achou disso?

    Média da classificação 3 / 5. Número de votos: 2

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?