20 dicas financeiras para planejar as férias de fim de ano

Escrito por: Rafael Massadar em 12 de dezembro de 2019

Chegou a hora de planejar as férias de fim de ano, principalmente com a alta do dólar. Aliado a isso, nos próximos dias, as ofertas ficarão escassas, já que é alta temporada.

Portanto, independente do destino ser nacional ou internacional, a hora é de definição. Ou seja, escolher o destino, comprar as passagens, reservar o hotel e viajar.

férias de fim de ano
Ainda dá tempo de planejar as férias de fim de ano

As praias continuam sendo o destino brasileiro favorito de quem pretende viajar nas férias de final de ano. E as cidades do Nordeste seguem entre as mais procuradas.

No entanto, caso o objetivo seja viajar para a Europa ou os Estados Unidos, o planejamento deve ser ainda maior. Muitos países solicitam a comprovação das vacinas em dia e visto para entrada dos turistas.

Já a Argentina, por causa da desvalorização de sua moeda, é um dos destinos internacionais mais baratos para os brasileiros. A capital, Buenos Aires, continua no topo das favoritas para as férias.

E quem quiser pode aproveitar para dar um pulo na cidade uruguaia Colonia del Sacramento. É possível ir até esse destino de Buenos Aires por meio de barcos pelo Rio da Prata.

Contudo, de acordo com a Associação Brasileira de Agências de Viagem (Abav), apesar da alta do dólar, Orlando, nos Estados Unidos, segue como destino dos sonhos de muitos brasileiros.

É na cidade no centro da Flórida que ficam os parques de diversões temáticos Disney World e Universal Studios, entre outros.

Como comprar passagens aéreas mais baratas?

1 – Seja flexível em relação à viagem

Sempre que possível, use a flexibilidade a seu favor para as férias de fim de ano. Isso vale tanto para as datas quanto para a escolha do destino.

Assim, você pode reservar os voos mais baratos e ainda ter a chance de conhecer lugares que você nunca imaginou visitar.

Para isso, a dica é usar os filtros de sites de busca. Com eles, você confere os destinos que estão com as passagens aéreas mais em conta, saindo do seu aeroporto de origem.

Essa combinação de voos para qualquer lugar e mês mais barato é a alternativa ideal para quem tem flexibilidade ao escolher o seu mês de férias, por exemplo. E as chances de conseguir voos mais baratos é maior.

2 – Escolha bem o dia da semana para viajar

O dia que você viaja faz muita diferença. Passagens aéreas que saem na sexta, sábado e domingo são mais caras do que nos demais dias da semana.

Por exemplo, se você puder voar de quarta a quarta, vai notar uma boa diferença em comparação a viajar de sábado a sábado.

3 – Viagens mais longas podem ser mais baratas

As tarifas mais baratas são disponibilizadas para períodos mais longos de viagem. Busque sempre ficar no mínimo sete dias no seu destino (se possível) para encontrar o preço mais econômico.

4 – Compre com antecedência

As passagens aéreas são distribuídas por classes tarifárias e há um limite que podem ser emitidas com cada tarifa.

Os bilhetes mais baratos para as férias de fim de ano são vendidos no primeiro lote, digamos assim.

Quando um usuário faz uma busca, a menor tarifa disponível no momento é oferecida. Como cada tarifa tem um limite de disponibilidade, uma vez esgotada a tarifa mais barata, o usuário passa a ver a próxima tarifa mais barata disponível.

Portanto, tenha em mente que comprar com antecedência é importante. Cada destino tem sua melhor época para comprar passagens, mas tarifas mais em conta são encontradas com 90 dias (e até 180) de antecipação.

Se você não puder se antecipar tanto, procure ao menos reservar passagem aérea com 60 dias para ter acesso a segunda leva de melhores tarifas.

Comprar com 30 dias ou menos não é uma boa ideia, pois os voos já estarão cheios, o que significa que as melhores tarifas já se esgotaram e que você vai pagar muito mais pelo mesmo bilhete.

5 – Receba alerta de passagens

Esta dica é para quem já sabe qual destino visitar e quando visitá-lo. Os viajantes podem fazer uma busca e criar um alerta de preços para monitorar o valor das passagens aéreas.

Com o nosso alerta de preços, por exemplo, você receberá um e-mail diário, informando se houve ou não alteração no preço da busca salva. Quando o preço cair, você pode encerrar a compra, garantindo o melhor negócio para a sua viagem.

6 – Limpe os cookies do computador e troque de navegador

Quando estiver pesquisando uma passagem é possível notar que quanto mais procuramos, mais promoções, anúncios e até e-mail marketing começamos a receber.

Isso acontece por conta dos cookies, que consistem em arquivos temporários que ficam no computador a cada busca feita.

Para conseguir passagens mais atrativas, uma dica é limpar estes arquivos do navegador antes das buscas.

Outra opção é utilizar uma nova janela oculta do navegador, que mostrará uma busca inédita, sem levar em conta o seu histórico nas redes.

7 – Participe de programas de milhas aéreas

Ao se fidelizar a uma companhia aérea, você pode aproveitar os pontos do cartão de crédito para reservar voos. Cada empresa tem suas próprias regras para programas de milhagem e cabe ao viajante escolher aquela que mais lhe agrade.

Depois de se cadastrar, basta utilizar seu número toda vez que um voo for adquirido para acumular milhas e então aproveitar as ofertas.

As companhias trocam trechos por pontos durante ofertas e promoções, permitindo que o viajante adquira passagens aéreas praticamente de graça.

Além disso, hoje é possível comprar e vender milhas aéreas, o que garante passagens muito mais baratas! É só aproveitar!

8 – Compare o preço dos voos

A melhor forma de fazer isso é procurar por passagens em buscadores que mostram os valores oferecidos em diferentes sites, tanto em outros buscadores quanto em sites oficiais de companhias aéreas.

É justamente isso que fazemos! Na página de resultados, além de mostrar o melhor preço, você confere os preços e as condições de pagamento de outros sites, o que facilita e muito a comparação das últimas ofertas.

9 – Acompanhe promoções de passagens aéreas

Outro segredo valioso para quem quer economizar em suas viagens é acompanhar as publicações das companhias aéreas e de buscadores.

Para isso, vale a pena se cadastrar para receber newsletters e seguir perfis de companhias aéreas e buscadores nas redes sociais. Assim, sempre que uma promoção surgir, você fica sabendo na mesma hora.

Essa é a melhor maneira de aproveitar cada promoção imperdível que é lançada pelas empresas.

Como economizar com um planejamento de viagem?

10 – Escolha a hospedagem

Eis um quesito fundamental quando o assunto é viagem de férias de fim de ano. Contudo, antes de tudo, pense que tipo de hospedagem se encaixa no seu estilo e orçamento.

Se você não faz questão de tanto conforto e gosta de conhecer pessoas, um hostel pode ser uma boa opção. Já alugar um apartamento ou casa é a opção ideal para quem quer ter a experiência de viver como um local.

E, caso não abra mão das mordomias de um hotel, vale a pena fazer uma boa pesquisa nos sites de busca. Não importa qual seja sua escolha, leve em conta a característica mais importante: localização.

Antes de definir onde vai se hospedar, pesquise quais são os bairros mais agradáveis, com boas opções de transporte e que tenham a ver com você.

11 – Compre dólar ainda no Brasil

A melhor coisa que você pode fazer para a viagem de férias de fim de ano é comprar dólar ainda no Brasil. Afinal ao sacar do cartão de crédito, você pagará Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) muito mais caro.

12 – Evite cartão de crédito

As compras no cartão de crédito internacional devem ser evitadas na viagem. Por causa do IOF que é alto, e principalmente pela taxa de câmbio que só será descoberta no fechamento da fatura.

Isso significa que uma compra pode chegar com um valor mais alto no dia do fechamento da fatura do cartão. Ou seja, pode fazer você gastar bem mais do que o esperado.

13 – Organize o roteiro

Nada de viajar sem um itinerário! Organizar um roteiro, com horários e endereços, é fundamental para aproveitar bem cada dia da sua viagem, e não desperdiçar o seu tempo.

Para não deixar nenhum passeio de fora, a dica é uma só: organize um cronograma. Isso te ajudará a manter a ordem, evitar atrasos inesperados e economizar.

14 – Pesquise as atrações turísticas

Falando em roteiro, pesquise muito bem as atrações turísticas para sua viagem de férias de fim de ano! E escolha aqueles passeios que têm potencial para agradar todo mundo.

Agora, se não quiser ter esse trabalho com planejamento de roteiro, uma boa dica é passar o fim de ano em um resort. Isso porque costumam ter opções de lazer para as mais diferentes idades.

15 – Compre ingressos de atrações com agências brasileiras

Compre ingressos de atrações em agências brasileiras. Assim, você consegue parcelar os custos e pagar em reais.

16 – Não se empolgue no início da viagem

É comum se empolgar e comprar coisas por impulso. Principalmente no início da viagem, quando o viajante está com mais dinheiro.

Cuidado, faça um planejamento de gastos diário para não chegar ao fim da viagem sem nada.

17 – Prepare sua própria refeição

Comer em restaurantes e provar o tempero de um chef local pode ser mais agradável durante uma viagem. Porém, em tempos de dólar alto, a dica é ser criativo para baratear uma refeição.

Compre produtos locais no supermercado e coma em algum espaço público atraente.

18 – Faça os deslocamentos a pé

Algumas cidades são bem convidativas para serem exploradas a pé. A dica é planejar geograficamente as atrações que você quer visitar e se deslocar entre elas a pé.

Dessa forma, gastos desnecessários com transporte são evitados, além de você se exercitar e conhecer melhor os lugares que passa.

19 – Fuja dos lugares “pega-turistas”

Os moradores com certeza dão dicas de bons lugares para conhecer. Que tal conversar com eles e fugir dos lugares “pega-turistas”?

Com certeza você vai viver experiências mais autênticas e menos doloridas para o bolso.

20 – Evite lojas em aeroportos

O viajante também deve evitar as lojas dos aeroportos. Muita gente chega ao destino e já sai comprando o que vê pela frente.

Isso é um erro grave, já que os itens nos aeroportos costumam ser mais caros que o comum.

Com essas dicas, o que está esperando para planejar sua próxima viagem?

Rafael Massadar

Jornalista com experiência em redação com pós-graduação em Comunicação Empresarial e Transmídia. Atualmente trabalho como assessor de imprensa.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

CPF-na-nota-fiscal
FGTS
FGTS pelo celular
seguro DPVAT
fraude