2020 será o ano do carro elétrico, aponta indústria | FinanceOne

2020 será o ano do carro elétrico, aponta indústria

Escrito por: Tamires Silva em 16 de janeiro de 2020

De acordo com analistas automotivos das principais montadoras da Europa, 2020 tem tudo para ser o ano do carro elétrico. Um dos motivos é a onda de lançamentos das maiores fabricantes do mundo.

Segundo informações da Olhar Digital e do The Guardian, até então a maior parte dos carros elétricos lançados era direcionada para setores específicos do mercado.

Porém, a expectativa é que neste ano os modelos a bateria finalmente ganhem as ruas. As previsões e perspectivas são referentes ao território Europeu.

Carro elétrico deve ter crescimento nas vendas em 2020
Carro elétrico deve ter crescimento nas vendas em 2020

O número de carros elétricos disponíveis na Europa atualmente é inferior a 100. Mas a expectativa é que este cenário mude e essa quantidade passe para 175 até o final de 2020. E em cinco anos, deverão ser mais de 330.

O comércio desse tipo de veículo ainda é tímido, se comparado ao número de carros tradicionais que são vendidos. Ou seja, com motores convencionais de combustíveis fósseis e os híbridos, que combinam motor elétrico com outro a combustão.

Porém, como já mencionado, o aumento da oferta vai contribuir para mudar este cenário. Mais carros elétricos sendo vendidos na praça pode acabar gerando uma queda em seus preços e mais interesse dos consumidores.

Mas afinal, o que é um carro elétrico? Para quem não sabe, é um tipo de veículo que utiliza propulsão por meio de motores elétricos.

Vendas do carro elétrico deve crescer em 2020

Este mercado tem mostrado uma expansão rápida, junto com a consequente diminuição da demanda por veículo tradicionais, a combustão, o que acontece gradativamente.

De acordo a Bloomberg New Energy Finance, o crescimento de vendas pode chegar a 5,5% no Reino Unido. Enquanto em 2019 as vendas de elétricos foram de 80 mil unidades, em 2020 a expectativa é que haja um salto para 131 mil unidades.

Até 2026, o comércio do carro elétrico deverá representar 20% das vendas no país. Os dados levantados pela LMC Automotive trazem previsões também muito otimistas para o mercado de veículos a bateria.

De acordo eles, 540 mil desse tipo deverão ser vendidos em toda a União Europeia no decorrer deste ano, contra 319 mil em 2019.

+ Carro elétrico: descubra se vale a pena

Estimativas de consultores da Deloitte apontam que o mercado chegará a um ponto de inflexão em 2022. Ou seja, o custo de propriedade de um carro elétrico deverá se equiparar aos modelos com motores de combustão interna.

Novas regras de emissões de gases na Europa

Desde o dia 1ª de janeiro estão em vigência na União Europeia as novas regras para emissões de gases dos veículos. Montadoras podem ser penalizadas se as emissões médias de dióxido de carbono de seus carros ficarem acima dos 95 gramas por quilômetro.

A multa para quem ultrapassar o limite é de 95 euros (veja a cotação do Euro aqui) por cada grama acima do permitido, multiplicada pelo número total de carros que vendem.

Enquanto isso, uma série de novos modelos de carros que funcionam a bateria serão vendidos. De acordo com a Olhar Digital, cinco modelos de carro elétrico devem chamar atenção do mercado em 2020:

  • Volkswagen ID.3;
  • Vauxhall Corsa-e;
  • Tesla Model Y;
  • Ford Mustang Mach-E;
  • Fiat 500 Electric.

Mas o carro elétrico não é uma realidade somente na Europa. A venda desse tipo de veículo tem crescido gradualmente no Brasil e a tendência é que a oferta de modelos também aumente por aqui.

Atualmente, o carro elétrico mais barato do Brasil é JAC IEV20. Segundo dados da Auto Esporte, ele custa cerca de R$124.900, mesmo preço da versão híbrida do novo Toyota Corolla.

Tamires Silva

Jornalista atuando como repórter e produtora de conteúdo. Produz conteúdo para internet desde 2015.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

Confira benefícios além do auxílio emergencial
Semana Brasil 2020
Reforma tributária
Reforma tributária
Funções do Banco Central do Brasil