InícioNotíciasCarreiras7 respostas sobre o BEM 2021, o Benefício Emergencial

7 respostas sobre o BEM 2021, o Benefício Emergencial

0
(0)

Em abril, uma nova Medida Provisória (MP) autorizou empresas a fazerem acordos de suspensão de contrato ou redução da jornada de trabalho com seus funcionários. Com isso, também foi acordado o pagamento do chamado BEM.

A MP é uma reedição de regras criadas no ano passado para tentar evitar demissões durante a pandemia do coronavírus.

A seguir, veja 7 respostas para algumas das principais dúvidas sobre o BEM. Boa leitura!

+ CLT e cálculos trabalhistas: ainda com dúvida? Entenda!

1. O que é o BEM?

O BEM é o Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda. Ou seja, um auxílio pago aos trabalhadores que tiveram redução proporcional de jornada de trabalho e de salário, ou a suspensão temporária do contrato de trabalho devido a pandemia da Covid-19.

+ 6 lições financeiras que a pandemia do coronavírus ensina

2. Quais as regras para receber o BEM?

Para receber o benefício, o trabalhador precisa ter tido redução na jornada/salário ou a empresa ter suspenso o contrato de trabalho. Se este for o caso, a empresa precisa informar ao Ministério da Economia em 10 dias, a partir da data em que o acordo foi feito, sobre a suspensão.

3. Qual é o valor do benefício?

O cálculo do valor do BEM é feito a partir da parcela do seguro-desemprego a que o empregado teria direito caso fosse demitido.

No caso de redução da jornada de trabalho, será usado um percentual da redução sobre a base de cálculo. 

Já para os trabalhados com suspensão temporária do contrato de trabalho, o BEM pode ser pago de duas formas:

  • os trabalhadores recebem 100% do valor do seguro-desemprego a que normalmente teriam direito; 
  • no caso de empresas que tiverem receita bruta superior a R$4,8 milhões em 2019, os trabalhadores com contrato suspenso recebem 70% do seguro desemprego e a empresa paga 30% do salário nos meses de suspensão. 
várias notas de reais espalhadas com moedas para o benefício BEM

4. Quando é pago o BEM?

A primeira parcela do BEM será paga em trinta dias a partir da data que o acordo foi feito entre empresa e empregado. No entanto, esse prazo depende também do empregador informar ao Ministério da Economia no prazo correto de 10 dias.

O BEM será pago somente enquanto durar a redução da jornada e do salário ou a suspensão temporária do contrato.

Se a empresa perder o prazo para informar o Ministério que vai aderir ao acordo, ela fica responsável pelo pagamento total do salário (antes do acordo de redução/suspensão). 

5. O BEM altera o seguro-desemprego?

Não. O recebimento do Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda não impede o recebimento e nem altera o valor do seguro-desemprego caso, eventualmente, ocorra uma demissão.

6. Como fica o BEM para quem tem mais de um emprego formal?

A pessoa que tiver mais de um vínculo formal de emprego poderá receber o BEM acumulado. Ou seja, receber para cada vínculo empregatício com redução proporcional ou com suspensão temporária.

7. Quem recebe o auxílio emergencial pode receber o BEM?

Não é possível receber o BEM e o auxílio emergencial. O auxílio é pago para pessoas que não possuem nenhum vínculo empregatício.

O BEM, por outro lado, é um benefício a trabalhadores que tiveram a jornada reduzida ou o contrato suspenso. Ou seja, eles não foram demitidos e seguem com vínculos empregatícios. Por isso, não se enquadram nos critérios do auxílio emergencial. 

Gostou deste texto? Acha que ele pode ser útil para alguém? Então compartilhe em suas redes sociais e ajude outras pessoas!

O que achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Assine nossa newsletter!

Páginas Populares

5 COMENTÁRIOS

  1. Recebi o BEM, mas o calculo foi feito com base de calculo o salário mínimo. Aonde eu passo abrir uma reclamação para que seja revisto o valor?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui