Captação de recursos: saiba como funciona | FinanceOne
Conversor de moedas Transferência internacional

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.




Captação de recursos: saiba como funciona

A captação de recursos funciona para angariar fundos para financiar ONGs, projetos inovadores e até mesmo o empreendedorismo. São contribuições de recursos, sejam eles financeiros ou não, para ajudar a manter essas instituições ou mesmo ajudar a alavancá-las. O mesmo vale para os projetos.

Segundo a Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR), na prática, a captação de recursos é ter uma equipe dedicada a pensar ideias criativas para trazer essas doações. Além disso, aproximar a organização da comunidade, defender a maior transparência possível… Essa é uma área e estratégia exclusivas da captação de recursos terceiro setor, ou seja, nas organizações da sociedade civil.

Para atuar nessa área, existe o captador de recursos, ou mobilizador de recursos, ou profissional de desenvolvimento institucional. A ABCR explica que esse profissional é o responsável por garantir a sustentabilidade das organizações. Ele não atua apenas na captação de recursos para ONGs, mas pode ser captador de recursos para projetos culturais, para campanhas eleitorais, etc.

A ABCR explica o papel desse profissional. De acordo com a associação, é ele que junto à direção da ONG vão definir como será o processo de mobilização dos recursos. O captador precisa conhecer as causas e projetos e saber propor ideias para alavancar as receitas. Por isso, um curso de captação de recursos é fundamental, já que profissionais qualificados são importantes.

O salário do captador de recursos, segundo a associação, deve ser um valor pré-fixado e de acordo com a normas trabalhistas previstas na CLT. Vale destacar que “é expressamente vedado, porém, pela ABCR e pelas boas práticas mundiais da captação de recursos, é a remuneração do captador paga exclusivamente a partir de um percentual do que for captado”.

captação de recursos
A captação de recursos pode ser para sustentar ONGs e viabilizar projetos sociais, como para ajudar empresas

Captação de recursos para ONGs

A captação de recursos para projetos sociais é a forma de sustentá-los e viabilizá-los. Uma das formas de captação de recursos para ONGs é através da doação. Suas regras constam no Código Civil, no capítulo IV, dos artigos 538 ao 564. Segundo a lei, uma doação é “o contrato em que uma pessoa, por liberalidade, transfere do seu patrimônio bens ou vantagens para o de outra”.

Já os projetos culturais podem ser beneficiados com a captação de recursos prevista na lei 8.313, a Lei Rouanet. As doações e patrocínios na produção cultural, devem atender aos segmentos a seguir:

– artes cênicas;
– livros de valor artístico, literário ou humanístico; música erudita ou instrumental;
– exposições de artes visuais; doações de acervos para bibliotecas públicas, museus, arquivos públicos e cinematecas, bem como treinamento de pessoal e aquisição de equipamentos para a manutenção desses acervos;
– produção de obras cinematográficas e videofonográficas de curta e média metragem e preservação e difusão do acervo audiovisual;
– preservação do patrimônio cultural material e imaterial;
– construção e manutenção de salas de cinema e teatro, que poderão funcionar também como centros culturais comunitários, em Municípios com menos de 100.000 habitantes.

Captação de recursos para empresas

Mas, e a captação de recursos financeiros para empresas? Sabia que o crowdfunding é uma forma de captar recursos – entenda aqui como você pode financiar seu projeto?

O IBMEC detalhou formas de obter recursos para inovação e empreendedorismo. São elas recursos não reembolsáveis, recursos reembolsáveis, recursos em parceria com as ICTs, venture capital, crowdfunding, entre outros formatos.

Esses recursos podem ser disponibilizados pelos governos federal, estaduais e municipais para as empresas inovadoras, ofertados pelos bancos, e acessados como venture capital. Há também a forma de obter subsídio por instituições de apoio ao empreendedor.

Captação de recursos não reembolsáveis

A captação de recursos não reembolsáveis pode acontecer através de instituições de fomento. Algumas delas são a Finep, BNDES, CNPq, FAPs, Fapesb, Funcap, Fapemig, Faperj e outras.

Os recursos não reembolsáveis podem ser em forma de dinheiro ou outras ajudas, como divulgação, consultoria, auxílio para contratação de profissionais. Por essa característica, não é um incentivo que funciona como um empréstimo, dedução fiscal ou investimento.

Segundo o Sebrae, os recursos não reembolsáveis podem ser conseguidos das seguintes maneiras: editais (projetos, pesquisa, etc.), patrocínios, condicionantes, crowdfunding, prêmios (captação indireta), doações (pessoa física e jurídica), leis de incentivo fiscal, emendas parlamentares (SICONV – SIGCON), entre outros.

Captação de recursos de investidores

Não só recursos públicos são possíveis de serem solicitados. Há também algumas formas de atrair investidores para seu projeto. Mais voltado para a captação de recursos para empreendedores, podem ser classificados como:

– Investidores anjo: são aqueles que buscam ideias inovadoras em empresas novas;
– Investimento semente: é o investimento logo acima do investidor anjo. São empresas ainda em fase de estruturação e querendo expandir.
– Venture capital: Os VCs são investimentos em empresas de pequeno e médio porte, para ajudá-las a expandir e fazer uma grande ação.
– Private equity: são investimentos em empresas em estágios avançados de desenvolvimento e envolve quantias significativas.

Deixe um comentário

Receba novidades

Cadastre-se em nossa newsletter para receber novidades em seu email.

Posts relacionados

13 de setembro de 2018
Aprenda a aumentar a produtividade no home office

Trabalhar em casa, à primeira vista, pode ser incrível. Mas com o passar do tempo isso pode se tornar empecilho para a realização das tarefas. A d...

27 de julho de 2018
Nova consulta ao INSS: hora marcada ou pela internet

O  Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) inaugurou um novo modelo de atendimento, que tem como principal objetivo facilitar a vida dos segurados...

23 de fevereiro de 2018
10 estratégias de marketing para captar clientes na internet

Precisa captar novos clientes? Atualmente, é possível elaborar estratégias de marketing para a sua pequena empresa sem precisar de muito recurso. O...

23 de fevereiro de 2018
Sites e apps para comprar moeda que você deve conhecer

Viajar, hoje em dia, sem o auxílio da tecnologia é quase impossível. Há aquelas viagens em que você vai justamente para se afastar de aparelhos t...

19 de fevereiro de 2018
Técnicas para melhorar a produtividade no trabalho

A produtividade no trabalho é algo cada vez mais cobrado pelas empresas. Aquelas que estabelecem uma cultura própria para seus empregados, querem em...

Mais lidos

Cartões de crédito sem anuidade: veja os 10 melhores
Procurando cartões de crédito sem anuidade? Eles definitivamente conquistaram o seu espaço na eco ...
Trabalhar em casa: 28 profissões para ganhar dinheiro
Trabalhar em casa e ganhar dinheiro no conforto do lar é um sonho para muitas pessoas. No Brasil, o ...
Quais são as moedas mais valorizadas do mundo?
Sabe quais são as moedas mais valorizadas do mundo? Você vai se surpreender! O Real é a terceira ...
Aposentadoria por idade 2018: como funciona?
A aposentadoria é um dos benefícios da Previdência Social. O Regime Geral de Previdência Social ...
Cartão de crédito com aprovação imediata existe?
Quem não quer ter um cartão de crédito hoje em dia para realizar as compras? Muitas instituiçõe ...

Ebook do FinanceOne

Ebook gratuito investidor iniciante

Quer investir mas não sabe como? O Guia Completo do Investidor Iniciante traz os primeiros passos para você começar a investir e ganhar dinheiro!

BAIXAR AGORA!

Publicidade


           




Guias

Calculadoras