Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Checklist: 10 itens para conferir antes de comprar um apartamento

Escrito por: Bruna Somma em 24 de setembro de 2019

A decisão de comprar um apartamento pode trazer uma série de dúvidas. Entre elas: “o que é necessário conferir antes de fechar a compra do imóvel?”

Este artigo é para ajudar justamente nesse dilema. Fizemos um checklist com 10 itens para você não esquecer de nenhum detalhe.

Os compradores devem estar atentos, por exemplo, a localização do apartamento e ao estado de conservação. Além da documentação do imóvel e do vendedor.

Tais pontos são ignorados muitas vezes e podem desencadear em problemas futuros. Um dos principais pontos é analisar o entorno do imóvel.

Se você quer tranquilidade, dê preferência pelos bairros com essa característica.

comprar um apartamento
Antes de comprar um apartamento, fique atento a uma série de detalhes

Por outro lado, caso queira um local mais agitado, procure pelos bairros com mais bares e restaurantes.

No caso de apartamentos usados, os compradores devem solicitar a matrícula atualizada no cartório no qual o registro foi feito.

Esse documento é como um histórico da propriedade.

Com ele, é possível confirmar se o financiamento já foi quitado ou se há algum risco de penhora.

Já pensou comprar um imóvel e ter que sair anos depois por determinação da justiça?

Para evitar essa situação desagradável, a dica é ter um checklist com itens para conferir antes de comprar um apartamento. Nossa sugestão é a seguinte:

Conservação;
Localização;
Fatores externos;
Condomínio;
Documentação;
Tamanho a longo prazo;
Posição do apartamento;
Segurança;
Área de lazer;
Preço

A seguir, confira melhor sobre cada uma delas.

#1 Conservação

Um dos primeiros passos antes de fechar o contrato de um imóvel é verificar seu estado de conservação.

Liste, por exemplo todas as rachaduras, infiltrações, problemas estruturais ou na parte elétrica e hidráulica.

Assim como desnível de piso, paredes de alvenaria, pisos, portas e janelas.

A dica é anotar todas as deficiências de conservação encontradas. Isso porque pode servir de barganha no decorrer da negociação do valor do imóvel.

Desconfie de paredes recém-pintadas. Já que elas podem esconder as infiltrações.

#2 Localização

O bairro é fator relevante na hora de comprar um apartamento.

O tempo de distância até o trabalho, o comércio local, opções de transporte devem ser levados em consideração.

Pesquise também se a região tem muito trânsito, se há supermercado próximo, hort fruit, salão de beleza e academia.

Tudo para você ter o maior conforto também no entorno do seu imóvel.

#3 Fatores externos

Visite o local do apartamento em dias diferentes para conhecer a dinâmica. Para tal, converse com os porteiros e vizinhos para saber qual o clima do ambiente.

A partir disso, você saberá em quais ruas o trânsito é intenso, se há inconvenientes aos finais de seman.

Assim como vida noturna, bares, feiras e comércio ambulantes.

Além de perguntar se há policiamento recorrente no local.

#4 Condomínio

Na hora de comprar um apartamento, é importante verificar o preço do condomínio.

Uma vez que o valor será cobrado mensalmente e pode fazer a diferença no seu orçamento.

É preciso incluir o preço do condomínio nos custos do novo imóvel.

De modo que as parcelas permanecem para o funcionamento das áreas comuns do prédio, pagamento de funcionários, entre outros.

Se o apartamento que deseja comprar for usado, por exemplo, não esqueça de conferir com o síndico ou na Administração do prédio se há atraso nas prestações do condomínio. Ou até multas.

Isso porque, ao adquirir o bem, o novo proprietário arca com os débitos e dívidas. Ainda que anteriores à compra.

Esse mesmo processo também vale para o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Portanto, fique atento e evite complicações futuras.

#5 Documentação

A análise dos documentos também é fundamental antes da compra de um imóvel. Com isso, se for uma propriedade nova, é preciso consultar o memorial descritivo.

Esse é o documento que reúne todas as informações a respeito da construção. Peça também a convenção do condomínio e a certidão negativa de débitos.

Por outro lado, para imóveis usados, é necessário solicitar a matrícula do bem. Isto é, o documento em que se verifica o histórico do imóvel, sua quitação e se há ameaça de alienação.

Além disso, fique de olho no certificado negativo de ação cível e criminal do vendedor. Da mesma maneira que para o condomínio e IPTU.

Não esqueça da certidão negativa de utilidade pública do imóvel para evitar uma desapropriação surpresa.

#6 Tamanho a longo prazo

O tamanho que imagina para o apartamento pode filtrar diversas opções no mercado.

Caso seja solteiro, pode considerar comprar um estúdio com 30 ou 40 metros quadrados.

No entanto, se for recém-casado e com desejo de ter filhos, a recomendação é optar por apartamentos que ofereçam um quarto sobressalente.

Portanto, tenha um pensamento a longo prazo, tendo em vista que os financiamentos de imóveis demoram muitos anos.

#7 Posição do apartamento

Leve em consideração também a posição do apartamento. Muitos deles pegam o sol da tarde e, por isso, são mais quentes.

Em contrapartida, as propriedades que recebem o sol da manhã e são mais frescas costumam ser mais caras.

Escolha, então, por aquele que melhor encaixa as suas necessidades e, sobretudo, ao seu orçamento.

#8 Segurança

A segurança deve ser primordial no momento de escolha de um imóvel. Mas, isso não vale somente para as situações exteriores.

Você deve ficar atento também aos itens de segurança dentro do condomínio.

Afinal, pagará uma taxa todos os meses para que tenha o maior conforto possível.

Nas visitas ao apartamento, confira como o porteiro te receberá, quais são os critérios para entrada de visitas, se há identificação.

Até mesmo se é fácil burlar o sistema de segurança e conseguir entrar no prédio.

Converse ainda com vizinhos e pergunte se há houve algum incidente dentro do próprio condomínio.

Assim, ficará mais seguro para fazer uma compra certeira.

#9 Área de lazer

Sobretudo para quem tem filhos pequenos, a área de lazer tem muita importância.

Como está cada vez mais perigoso para que as crianças brinquem na rua, é fundamental que elas tenham espeço dentro do próprio condomínio.

Dessa forma, poderão interagir com outras crianças, criar laços de amizade e de trabalho em equipe.

Caso goste de receber os amigos e fazer festas, por exemplo, fique atento também se o prédio tem churrasqueira e salão de festas.

Assim, confira se é preciso pagar para reservar o hotel e quais são essas condições.  

#10 Preço

Deixamos por último o item que é mais determinante para comprar um apartamento: o preço!

Os baixos valores chamam a atenção. Entretanto, é preciso avaliar se ele está justo e de acordo com o mercado.

A dica, portanto, é pesquisar em outras imobiliários na região com as mesmas características para que possa estabelecer uma comparação.

Caso a propriedade seja antiga, converse com a imobiliária ou vendedor para que o preço seja reduzido. Uma vez que você pode ter que arcar com custos de manutenção no futuro.

Verifique também se há problemas na construção ou nos materiais usados. Um piso ruim, por exemplo, pode descascar ou perder a película.

Já a madeira de má qualidade pode envergar. Há casas antigas que também usavam materiais pouco recomendados na construção.

Tais como barro para colocar os tijolos ao invés da argamassa. Ou até mesmo a falta de colunas para sustentação do imóvel.

Todos esses detalhes, por sua vez, são importantes para fechar o preço de compra de um apartamento.

Bruna Somma

Jornalista formada pela UFRRJ, com passagens por redações de jornais, sites e Assessoria de Comunicação.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

Avaliar a liquidez do investimento é importante para saber o prazo que poderá resgatar os lucros
13° salário
cartão-de-crédito-com-cashback
Montar uma reserva de emergência
Como usar a conta digital e fugir do banco tradicional