Início Notícias Finanças Pessoais É possível comprar um imóvel sem entrada?

É possível comprar um imóvel sem entrada?

0
(0)

Todo brasileiro sonha com a casa própria, porém um grande impasse para a realização desse sonho é o dinheiro da entrada do imóvel.

E é nessa hora que surge a dúvida: “é possível comprar um imóvel sem entrada?”.

A resposta é sim. Quer saber como?

Comprar um imóvel à vista é raro, por isso a maioria das pessoas optam pelo financiamento.

O que acaba envolvendo os bancos ou as construtoras. E é nessa hora que surge a exigência do pagamento da entrada do imóvel.

comprar-um-imóvel-sem-entrada
Aprenda como comprar um imóvel sem entrada

A alternativa de comprar um imóvel sem entrada é para quem não tem o valor da entrada da casa e/ou apartamento.

Mas para isso, é necessário financiar o valor total das parcelas. Estas irão variar de acordo com a renda mensal familiar.

É importante ressaltar que essa possibilidade é apenas para beneficiários do programa “Minha Casa, Minha Vida” que estão nas faixas 1 e 1,5. O programa vai até a faixa 3.

Quem pode comprar um imóvel sem entrada pelo “Minha Casa, Minha Vida”?

O programa “Minha Casa, Minha Vida” tem como objetivo diminuir o déficit habitacional no país.

Por isso, só as pessoas contempladas na faixa 1 têm a possibilidade de comprar um imóvel sem entrada, já que essas famílias apresentam situações de renda mais precárias.

Enquanto para os beneficiários da faixa 1,5, o programa oferece um subsídio para ajudar a quitar o valor da entrada.

Em alguns casos, dependendo do preço do imóvel desejado, essa vantagem consegue pagar todo o montante inicial.

Além disso, aqueles que são contemplados nessas faixas do programa ainda têm a possibilidade de comprar o imóvel mesmo estando com o nome sujo.

Isso porque tanto o Banco do Brasil quanto a Caixa Econômica não realizam consultas nos órgãos de proteção ao crédito.

Para facilitar a compra do imóvel, as pessoas que estão nas faixas 1 e 2 não precisam comprovar a renda mensal.

Isso porque em muitos casos, as pessoas têm o pedido de aprovação de financiamento do imóvel negado. O motivo na grande parte das vezes é porque não conseguem comprovar renda.

Como comprar um imóvel sem entrada pelo “Minha Casa, Minha Vida”

Você já sabe que para comprar um imóvel sem entrada é preciso estar enquadrado na faixa 1 do programa, além disso também é preciso considerar outros fatores para financiar o imóvel.

Um desses fatores é que o banco analisa o valor do bem e a região onde está localizado.

De acordo com o programa “Minha Casa, Minha Vida”, o valor das parcelas não pode ultrapassar 30% da renda bruta da família.

Por isso, é importante escolher um imóvel que tenha um valor adequado para não ultrapassar esse limite.

Também é necessário participar de uma espécie de processo seletivo no município que vai contemplar as pessoas que poderão comprar um imóvel sem entrada.

Nessa modalidade é possível realizar o financiamento em, no máximo, 240 meses.

Para participar do sorteio, é preciso estar cadastrado na Prefeitura, já que o programa consiste em uma parceria entre o Governo Federal, a Caixa Econômica e o município.

Sendo assim, a primeira coisa a ser feita é procurar a Prefeitura da sua cidade. Depois, se informe como é realizado o cadastramento para a participação dos programas habitacionais do município.

O procedimento específico vai depender de cada cidade. Vale lembrar que todo o processo poderá levar um tempo e, por isso, é fundamental fazer um planejamento financeiro.

Serão necessários documentos pessoais e da família, além do que a prefeitura exigir de acordo com o programa e o imóvel a ser financiado.

Pré-requisitos para comprar um imóvel sem entrada

Se você se interessou e se encaixa no perfil para comprar um imóvel sem entrada, ainda precisará preencher alguns pré-requisitos. Confira quais são eles.

Ter mais de 18 anos

Esse é um dos principais pré-requisitos para comprar um imóvel sem entrada pelo “Minha Casa, Minha Vida”.

Se você não for maior de idade, não se desespere. Existe ainda outra alternativa, que é ter sido emancipado legalmente pelos pais.

Não ter outro imóvel próprio

Para comprar uma casa ou um apartamento pelo programa, o requerente não pode ter outro imóvel em seu nome nem ser proprietário.

Além de não poder ser cessionário ou detentor de outro financiamento em nenhum tipo de residência.

Utilizar o imóvel para morar

Essa é uma das regras fundamentais do programa “Minha Casa, Minha Vida”.

Para comprar um imóvel sem entrada é necessário que essa moradia seja adquirida exclusivamente para moradia.

Sendo assim, a pessoa não pode comprar a propriedade para ter rendimentos com a locação, por exemplo.

Além disso, ao comprar um imóvel pelo programa, você não poderá vendê-lo até que o financiamento esteja totalmente pago.

Não ter usado outros programas

Não é possível comprar um imóvel sem entrada se o solicitante tiver sido beneficiado, em um outro momento, por outros programas habitacionais.

Essa é uma forma de tentar ajudar mais pessoas.

Sendo assim, os favorecidos não podem ter recebido qualquer outro benefício vindo de recursos orçamentais com o intuito voltado para a habitação.

Morar ou trabalhar na cidade do imóvel

Esse é um pré-requisito que poucas pessoas conhecem.

Mas para comprar um imóvel sem entrada é necessário que a pessoa more ou trabalhe na cidade em que o imóvel está localizado pelo período de, no mínimo, três anos.

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Mateus Carvalho
Jornalista de profissão e apaixonado por Marketing Digital. Já foi redator de jornal impresso, atualmente escrevo para o digital e tenho sede por empreender. Escrever é a minha maior paixão e quando não estou digitando estou pensando em digitar. Carioca, vascaíno e apaixonado por memes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Conheça 10 franquias com investimentos de até R$10 mil

A pandemia do novo coronavírus fez com que a procura por microfranquias aumentasse. Em especial, as franquias de até R$10 mil.

Quais são os gastos para manter um carro próprio?

Muitos brasileiros sonham em ter o carro próprio, mas esquecem dos gastos que um veículo pode trazer. E isso acontece porque a...

Como escolher a rede social para seu negócio?

Você sabe como escolher a rede social ideal para o seu negócio? Qual irá fazer a sua empresa crescer e se tornar...

Cartões de crédito sem anuidade: veja os 14 melhores

Procurando por cartões de crédito sem anuidade? Eles conquistaram, definitivamente, espaço na economia brasileira. De acordo com a pesquisa realizada pelo SPC Brasil, cerca de...

Empreendedorismo feminino: o que é e quais os desafios

Falar sobre empreendedorismo faz com que muitas pessoas pensem em empresas grandes ou projetos inovadores. No entanto, empreender vai além disso: é...

5 motivos para investir em Bitcoin em 2020

Diversificar é uma das estratégias mais usadas por investidores de sucesso. Por isso, investir em Bitcoin pode ser uma boa ideia.