Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasInvestimentosEntenda como declarar BDRs no Imposto de Renda

    Entenda como declarar BDRs no Imposto de Renda

    0
    (0)

    O Brazilian Depositary Receipt é uma possibilidade de investimento que ganhou muita popularidade através dos anos. Mas, para aqueles que aderiram a pouco tempo, você sabe como declarar BDRs no Imposto de Renda?

    Publicidade

    Pois é! Essa é uma dúvida muito frequente, principalmente após o fenômeno que foi a distribuição de BDRs do Nubank para os clientes da instituição financeira. Muitos se empolgaram na possibilidade de investimento sem pensar em como seria o IRPF.

    De fato, o Nubank foi quem popularizou esse acesso das BDRs. No entanto, desde outubro do ano passado, investidores comuns podem negociar esse tipo de investimento na Bolsa de Valores (B3). Antes disso, apenas investidores qualificados tinham autorização para realizar esse tipo de negociação.

    Ficou com dúvida para entender melhor sobre como declarar BDRs no Imposto de Renda? Então continue a leitura. Vamos te mostrar um pouco mais sobre esse tipo de ativo e sobre como fazer o IRPF com esse tipo de aplicação. Confira!

    Tela de computador mostrando informações e gráficos de investimentos
    Os BDRs são uma ótima opção para aqueles que possuem vontade de investir em ações no exterior

    Afinal, o que são BDRs?

    Os BDRs representam uma possibilidade de investir em empresas do exterior. Isso significa que uma pessoa aqui do Brasil, por exemplo, pode investir em uma empresa que esteja listada da New York Stock Exchange (Bolsa de Valores de Nova York).

    Nesse sentido, esse ativo se comporta como se fosse uma ação, tendo oscilações conforme o movimento do mercado, com base na oferta e demanda da empresa.

    Publicidade

    Como mencionamos anteriormente, a Nubank doou BDRs para seus clientes. Como a empresa foi listada em Wall Street, suas ações eram estrangeiras. Ainda assim, investidores interessados puderam adquirir suas ações através de BDRs.

    Em resumo, um Brazilian Depositary Receipt é uma espécie de ação negociada em bolsas de valores ao redor do mundo, facilitando investidores que tenham interesse nesse tipo de investimento internacional.

    E como declarar BDRs no Imposto de Renda?

    Como os BDRs funcionam como um tipo de ação, sua declaração funciona de maneira semelhante à declaração de papéis nativamente brasileiros. Sendo assim, o Imposto de Renda sobre os BDRs serão pagos sempre que houver lucro na venda.

    Por exemplo: quando você vende seu BDR (integralmente ou parte dele) ou lucra com a operação, o dono precisa pagar os impostos proporcionais por meio da Declaração de Arrecadação de Receitas Federais, a DARF.

    Para chegar ao valor exato, recomenda-se o uso do Sistema de Cálculo de Acréscimos Legais (Sicalc), da Receita Federal.

    Publicidade

    Assim, é possível emitir uma declaração para cada mês em que o imposto não foi recolhido. Já o prazo para pagamento da DARF é até o último dia útil do mês seguinte ao ao mês em que o lucro foi apurado.

    E quando declarar BDRs no IRPF?

    Existem três situações em que os BDRs precisam ser declarados no Imposto de Renda. São eles:

    • Posição em 31/12: para quem tem posição em BDRs na carteira em 31 de dezembro do ano anterior – ou seja, quem encerrou o ano investindo em BDRs. Neste caso, a declaração é feita na parte de Bens e Direitos no IRPF.;
    • Dividendos recebidos: para quem recebeu dividendos de BDRs durante o ano. Para essa situação, o valor é tributado conforme a tabela de alíquotas do Imposto de Renda;
    • Operações realizadas: para quem teve lucro ou prejuízo com a compra e venda de BDRs ao longo do ano. Portanto, nessa situação, a tributação é feita com tributação de 15% para operações normais e 20% em day trade.

    Agora que você já sabe como declarar BDRs no Imposto de Renda, que tal entender também sobre a Declaração de Arrecadação da Receita Federal – DARF para investimentos? Confira já!

    O que achou disso?

    Publicidade

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Loyane Lapa
    Loyane Lapa
    Carioquíssima de Campo Grande, com um pézinho em São Paulo. Jornalista, Produtora de Conteúdo e [insira aqui outras funcionalidades de um jornalista]. Apaixonada por livros, filmes e pelo universo cultural. Curiosa e antenada nas novidades do mercado financeiro.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasInvestimentosEntenda como declarar BDRs no Imposto de Renda

    Entenda como declarar BDRs no Imposto de Renda

    0
    (0)

    O Brazilian Depositary Receipt é uma possibilidade de investimento que ganhou muita popularidade através dos anos. Mas, para aqueles que aderiram a pouco tempo, você sabe como declarar BDRs no Imposto de Renda?

    Publicidade

    Pois é! Essa é uma dúvida muito frequente, principalmente após o fenômeno que foi a distribuição de BDRs do Nubank para os clientes da instituição financeira. Muitos se empolgaram na possibilidade de investimento sem pensar em como seria o IRPF.

    De fato, o Nubank foi quem popularizou esse acesso das BDRs. No entanto, desde outubro do ano passado, investidores comuns podem negociar esse tipo de investimento na Bolsa de Valores (B3). Antes disso, apenas investidores qualificados tinham autorização para realizar esse tipo de negociação.

    Ficou com dúvida para entender melhor sobre como declarar BDRs no Imposto de Renda? Então continue a leitura. Vamos te mostrar um pouco mais sobre esse tipo de ativo e sobre como fazer o IRPF com esse tipo de aplicação. Confira!

    Tela de computador mostrando informações e gráficos de investimentos
    Os BDRs são uma ótima opção para aqueles que possuem vontade de investir em ações no exterior

    Afinal, o que são BDRs?

    Os BDRs representam uma possibilidade de investir em empresas do exterior. Isso significa que uma pessoa aqui do Brasil, por exemplo, pode investir em uma empresa que esteja listada da New York Stock Exchange (Bolsa de Valores de Nova York).

    Nesse sentido, esse ativo se comporta como se fosse uma ação, tendo oscilações conforme o movimento do mercado, com base na oferta e demanda da empresa.

    Publicidade

    Como mencionamos anteriormente, a Nubank doou BDRs para seus clientes. Como a empresa foi listada em Wall Street, suas ações eram estrangeiras. Ainda assim, investidores interessados puderam adquirir suas ações através de BDRs.

    Em resumo, um Brazilian Depositary Receipt é uma espécie de ação negociada em bolsas de valores ao redor do mundo, facilitando investidores que tenham interesse nesse tipo de investimento internacional.

    E como declarar BDRs no Imposto de Renda?

    Como os BDRs funcionam como um tipo de ação, sua declaração funciona de maneira semelhante à declaração de papéis nativamente brasileiros. Sendo assim, o Imposto de Renda sobre os BDRs serão pagos sempre que houver lucro na venda.

    Por exemplo: quando você vende seu BDR (integralmente ou parte dele) ou lucra com a operação, o dono precisa pagar os impostos proporcionais por meio da Declaração de Arrecadação de Receitas Federais, a DARF.

    Para chegar ao valor exato, recomenda-se o uso do Sistema de Cálculo de Acréscimos Legais (Sicalc), da Receita Federal.

    Publicidade

    Assim, é possível emitir uma declaração para cada mês em que o imposto não foi recolhido. Já o prazo para pagamento da DARF é até o último dia útil do mês seguinte ao ao mês em que o lucro foi apurado.

    E quando declarar BDRs no IRPF?

    Existem três situações em que os BDRs precisam ser declarados no Imposto de Renda. São eles:

    • Posição em 31/12: para quem tem posição em BDRs na carteira em 31 de dezembro do ano anterior – ou seja, quem encerrou o ano investindo em BDRs. Neste caso, a declaração é feita na parte de Bens e Direitos no IRPF.;
    • Dividendos recebidos: para quem recebeu dividendos de BDRs durante o ano. Para essa situação, o valor é tributado conforme a tabela de alíquotas do Imposto de Renda;
    • Operações realizadas: para quem teve lucro ou prejuízo com a compra e venda de BDRs ao longo do ano. Portanto, nessa situação, a tributação é feita com tributação de 15% para operações normais e 20% em day trade.

    Agora que você já sabe como declarar BDRs no Imposto de Renda, que tal entender também sobre a Declaração de Arrecadação da Receita Federal – DARF para investimentos? Confira já!

    O que achou disso?

    Publicidade

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?