Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasFinanças PessoaisComo evitar erros na declaração do Imposto de Renda? Confira!

    Como evitar erros na declaração do Imposto de Renda? Confira!

    5
    (1)

    Nesta segunda-feira, 7, começou o prazo para declarar impostos ao Fisco. Mas o que muitos não se atentam é para possíveis erros na declaração do Imposto de Renda.

    Publicidade

    E eles não são raros, são mais comuns do que se imagina e podem trazer prejuízos para o cidadão. 

    Em 2021, cerca de 869,3 mil contribuintes – de um universo de 36,8 milhões de declarações enviadas – caíram na malha fina. E os principais motivos foram: omissão de rendimentos e falta de comprovação de dedução. 

    Esses são os erros mais comuns na hora de declarar IRPF. Uma das consequências é que, em vez de receber restituição, o contribuinte pode ser obrigado a refazer a declaração e a prestar contas adicionais ao Fisco. 

    Em casos mais graves, a Receita Federal pode cobrar uma multa de até 75% do imposto devido. Mas como evitar esse tipo de situação? Continue lendo para descobrir!

    Como evitar erros na declaração do Imposto de Renda?

    As palavras de ordem para declarar o IRPF sem erros são: antecipação e transparência. Ou seja, fazer as coisas e separar a documentação com calma e não em cima da hora, além de prestar as informações correta e precisamente. 

    Publicidade

    O advogado Edemir Marques de Oliveira, especializado em direito tributário, em entrevista à Agência Brasil, conta que os rendimentos mais propensos a dar problemas são as receitas de aluguéis e os ganhos de capital na venda de imóveis.

    Mas em qualquer caso é fundamental que o contribuinte junte toda a documentação que puder em termos de deduções e dos rendimentos. Além, é claro, de ser o mais honesto possível com a Receita.

    “O contribuinte deve ser organizado não apenas no momento de declarar o Imposto de Renda, mas durante todo o ano.”

    E em relação às deduções, o contribuinte deve exigir nota fiscal e guardar todos os recibos dos gastos que podem ser deduzidos.

    imagem do site da receita federal
    Prazo para declarar Imposto de Renda vai até 29 de abril

    5 dicas para evitar erros na Declaração do Imposto de Renda

    1. Antecedência: mantenha seus documentos organizados ao longo do ano ou separe-os com, pelo menos, uma semana de antecedência

    Publicidade

    2. Seja transparente: informa com precisão todos os rendimentos recebidos no ano anterior, assim como todos os gastos que geram dedução

    3. Revise: antes de confirmar o envio da declaração, passe mais um olho nos dados para checar se está tudo certo

    4. Dependentes: evite a inclusão de dependentes em duas declarações, mas se for necessário não esqueça de incluir os rendimentos próprios dos dependentes

    5. Fique de olho: acompanhe o processamento da declaração no (e-CAC), assim poderá retificar dados inconsistentes ou omitidos o mais rápido possível

    Dica bônus: atente-se às operações que não ocorrem com frequência, como compra e venda de bens acima de R$ 5 mil, que podem gerar ganhos de capital. Cuidado para não emitir esses dados

    Publicidade

    + Veja como receber a restituição do Imposto de Renda 2022 por PIX
    + Os principais erros ao declarar investimentos no Imposto de Renda

    Declaração pré-preenchida pode reduzir erros

    A declaração pré-preenchida da Receita pode ser uma ferramenta que vai evitar a incidência de tantos erros na declaração do Imposto de Renda.

    Esse tipo de declaração funciona assim: o contribuinte recebe um formulário já com dados de declarações enviadas por empresas, instituições financeiras, imobiliárias e médicos. Desse modo, na hora da declaração cabe a ele apenas conferir os dados. 

    Esse processo é feito no Centro Virtual de Atendimento da Receita (e-CAC). Ele estava disponível apenas para contribuintes com certificação digital. Porém, a ferramenta foi ampliada este ano para quem tem conta tipo prata ou ouro no Portal Gov.br. 

    Ainda que recorra à declaração pré-preenchida, para evitar erros no Imposto de Renda o contribuinte deve ter atenção ao conferir os dados.

    “Caso encontre alguma divergência, deve ajustar as informações e guardar o documento ou o recibo para eventuais esclarecimentos ao Fisco.”

    O processamento da declaração poderá ser acompanhado  por meio do e-CAC.
    O conteúdo foi útil? Então compartilhe e deixe sua dúvida nos comentários! Leia também: Qual o valor para declarar o Imposto de Renda 2022?.

    O que achou disso?

    Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Tamires Silva
    Tamires Silva
    Jornalista e Redatora do FinanceOne, onde suas finanças começam.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasFinanças PessoaisComo evitar erros na declaração do Imposto de Renda? Confira!

    Como evitar erros na declaração do Imposto de Renda? Confira!

    5
    (1)

    Nesta segunda-feira, 7, começou o prazo para declarar impostos ao Fisco. Mas o que muitos não se atentam é para possíveis erros na declaração do Imposto de Renda.

    Publicidade

    E eles não são raros, são mais comuns do que se imagina e podem trazer prejuízos para o cidadão. 

    Em 2021, cerca de 869,3 mil contribuintes – de um universo de 36,8 milhões de declarações enviadas – caíram na malha fina. E os principais motivos foram: omissão de rendimentos e falta de comprovação de dedução. 

    Esses são os erros mais comuns na hora de declarar IRPF. Uma das consequências é que, em vez de receber restituição, o contribuinte pode ser obrigado a refazer a declaração e a prestar contas adicionais ao Fisco. 

    Em casos mais graves, a Receita Federal pode cobrar uma multa de até 75% do imposto devido. Mas como evitar esse tipo de situação? Continue lendo para descobrir!

    Como evitar erros na declaração do Imposto de Renda?

    As palavras de ordem para declarar o IRPF sem erros são: antecipação e transparência. Ou seja, fazer as coisas e separar a documentação com calma e não em cima da hora, além de prestar as informações correta e precisamente. 

    Publicidade

    O advogado Edemir Marques de Oliveira, especializado em direito tributário, em entrevista à Agência Brasil, conta que os rendimentos mais propensos a dar problemas são as receitas de aluguéis e os ganhos de capital na venda de imóveis.

    Mas em qualquer caso é fundamental que o contribuinte junte toda a documentação que puder em termos de deduções e dos rendimentos. Além, é claro, de ser o mais honesto possível com a Receita.

    “O contribuinte deve ser organizado não apenas no momento de declarar o Imposto de Renda, mas durante todo o ano.”

    E em relação às deduções, o contribuinte deve exigir nota fiscal e guardar todos os recibos dos gastos que podem ser deduzidos.

    imagem do site da receita federal
    Prazo para declarar Imposto de Renda vai até 29 de abril

    5 dicas para evitar erros na Declaração do Imposto de Renda

    1. Antecedência: mantenha seus documentos organizados ao longo do ano ou separe-os com, pelo menos, uma semana de antecedência

    Publicidade

    2. Seja transparente: informa com precisão todos os rendimentos recebidos no ano anterior, assim como todos os gastos que geram dedução

    3. Revise: antes de confirmar o envio da declaração, passe mais um olho nos dados para checar se está tudo certo

    4. Dependentes: evite a inclusão de dependentes em duas declarações, mas se for necessário não esqueça de incluir os rendimentos próprios dos dependentes

    5. Fique de olho: acompanhe o processamento da declaração no (e-CAC), assim poderá retificar dados inconsistentes ou omitidos o mais rápido possível

    Dica bônus: atente-se às operações que não ocorrem com frequência, como compra e venda de bens acima de R$ 5 mil, que podem gerar ganhos de capital. Cuidado para não emitir esses dados

    Publicidade

    + Veja como receber a restituição do Imposto de Renda 2022 por PIX
    + Os principais erros ao declarar investimentos no Imposto de Renda

    Declaração pré-preenchida pode reduzir erros

    A declaração pré-preenchida da Receita pode ser uma ferramenta que vai evitar a incidência de tantos erros na declaração do Imposto de Renda.

    Esse tipo de declaração funciona assim: o contribuinte recebe um formulário já com dados de declarações enviadas por empresas, instituições financeiras, imobiliárias e médicos. Desse modo, na hora da declaração cabe a ele apenas conferir os dados. 

    Esse processo é feito no Centro Virtual de Atendimento da Receita (e-CAC). Ele estava disponível apenas para contribuintes com certificação digital. Porém, a ferramenta foi ampliada este ano para quem tem conta tipo prata ou ouro no Portal Gov.br. 

    Ainda que recorra à declaração pré-preenchida, para evitar erros no Imposto de Renda o contribuinte deve ter atenção ao conferir os dados.

    “Caso encontre alguma divergência, deve ajustar as informações e guardar o documento ou o recibo para eventuais esclarecimentos ao Fisco.”

    O processamento da declaração poderá ser acompanhado  por meio do e-CAC.
    O conteúdo foi útil? Então compartilhe e deixe sua dúvida nos comentários! Leia também: Qual o valor para declarar o Imposto de Renda 2022?.

    O que achou disso?

    Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?