Falências aumentam 56%. Especialista dá dicas para proteger a sua empresa

0
146
homem olhando para mesa e com as mão na cabeça preocupado
0
(0)

Empreender, além de uma necessidade para complementar a renda do brasileiro, é o sonho de muitos. No entanto, esse sonho enfrenta cada dia mais entraves. De acordo com levantamento do Serasa Experian, o número de pedidos de falência em janeiro de 2023 foi o maior em três anos, aumentando 56,5%.

Anúncios

Casos notórios como a Americanas, que pediu recuperação judicial em 2023, Pan Produtos Alimentícios, já em recuperação judicial e pediu a autofalência, e a Livraria Cultura, que também já teve a falência decretada e suspendida temporariamente, acendem ainda mais o alerta dos empreendedores.

De acordo com o mentor empresarial e especialista em neurolinguística, Gustavo Medeiros, diversos fatores contribuem para a situação.

Anúncios

“O período pós-pandemia, mudanças nos padrões de consumo, crises econômicas, sociais, políticas e diversos outros fatores externos podem influenciar o aumento da falência de empresas”, diz.

No entanto, o especialista também acredita que existem alguns cuidados que podem ajudar a evitar a situação.

3 dicas para evitar que seu negócio vá à falência, segundo Gustavo Medeiros

Organização financeira e contábil

A organização financeira é fundamental para evitar a falência, pois permite que a empresa mantenha um controle adequado de suas finanças e tome decisões informadas com base em dados financeiros precisos.

Anúncios

Isso envolve desde o planejamento financeiro propriamente, até o gerenciamento do fluxo de caixa, controle de custos e investimentos, diversificação da receita e, é claro, monitoramento regular das finanças.

“Tudo deve ir para a ponta do lápis e ser analisado imediatamente para evitar “rombos secretos” que só vão ser descobertos quando já é tarde”, destaca Gustavo Medeiros.

Boa percepção do mercado

Perceber o contexto e a forma como o mercado está evoluindo é fundamental para evitar a falência, pois isso é o que fará sua empresa se manter atualizada. Em outras palavras, como destaca Medeiros, “é necessário ter uma visão horizontal” do mercado. 

Isso inclui estar atento e perceber as mudanças que o consumidor tem passado. “E procurar adequar a sua empresa e seus produtos para atender a essa demanda.”

Diferencial

“Em um cenário de instabilidade como esse é hora de mais do que nunca focar no diferencial da sua empresa. Por que um consumidor escolheria você e não o seu concorrente?” 

Ter um diferencial é fundamental para o sucesso de uma empresa e pode ser a diferença entre a sobrevivência e a falência. Investir em formas de se destacar pode ser um fator chave para permanecer competitivo e lucrativo a longo prazo.

Um diferencial pode ser qualquer característica única que distinga você dos seus concorrentes. Pode ser um atributo do produto ou serviço (como preço, qualidade, desempenho, design, funcionalidade) ou um aspecto do atendimento ao cliente, como conveniência, personalização ou suporte técnico.

trabalhador assinando falta no trabalho
Empreendedores devem ser prevenidos quanto ao risco de falência

Como ocorre uma falência?

Falência é um processo judicial em que uma empresa incapaz de honrar suas dívidas  é declarada insolvente pelo tribunal. Logo, ela tem seus ativos liquidados para pagar seus credores. 

A falência pode ser iniciada pela própria empresa (falência voluntária) ou por seus credores (falência involuntária).

O processo em si é complexo e geralmente envolve um juiz, administrador judicial, credores e outros interessados. O objetivo principal é proteger os interesses dos credores e maximizar a recuperação de dívidas em relação aos ativos da empresa.

Para que a empresa possa decretar falência, em alguns casos é necessário que a empresa tenha dívidas superiores a 40 salários mínimos. Mas o processo de falência é iniciado a partir da demonstração da insolvência da empresa.

Ou seja, quando esta não consegue mais pagar suas dívidas. A partir daí, os credores podem pedir a falência, que será avaliada por um juiz.

O conteúdo ajudou? Então compartilhe e leia também: Conheça 3 erros financeiros que podem levar sua empresa à falência!

O que achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui