Dia do Consumidor: saiba o que fazer com compras que tiveram pagamento em duplicidade

0
1478
pessoa vendo um boleto na frente de um computador
O método de pagamento BNPL oferece parcelamento mesmo para quem não tem cartão de crédito. (Fonte: Divulgação)
4
(1)

O Dia do Consumidor está sendo comemorado nesta semana, mais especificamente na última quarta, 15 de março. E imagine a seguinte situação: você fez algumas compras e percebe que realizou o pagamento em duplicidade.

Anúncios

Essa situação já aconteceu com você? Ela costuma ser mais comum do que muitos imaginam. E agora? Você sabe o que fazer nessa situação?

É claro que ao realizar o pagamento em duplicidade ocorrem diversos transtornos, principalmente para o consumidor que viu o dinheiro sair da conta duas vezes. Por isso, é fundamental estar com a atenção redobrada na hora de pagar.

Anúncios

Será que é possível reaver o dinheiro? Como proceder nesses casos? Quais são os direitos do consumidor? Todas essas dúvidas são feitas quando o pagamento em duplicidade acontece.

E se você, assim como diversos brasileiros, não sabe o que fazer nesses casos, fique tranquilo. Neste artigo você vai ter as principais informações que precisa.

Afinal, o que é o pagamento em duplicidade?

Para quem ainda tem dúvidas, o pagamento em duplicidade, como o próprio nome já diz, é quando você paga uma conta mais de uma vez. Isso pode acontecer tanto com pessoa física quanto jurídica.

Anúncios

Geralmente o pagamento realizado mais de uma vez pode acontecer tanto em boletos quanto com o cartão de crédito.

Mas é claro que nem sempre é um erro seu, o sistema do banco ou do cartão pode acabar falhando e realizando o pagamento em duplicidade. Por isso, é importante redobrar os cuidados nessa hora.

Homem fazendo compra pelo notebook segurando cartão de crédito
Confira se é possível ter o dinheiro de volta ao fazer o pagamento em duplicidade

Vale ressaltar ainda que conforme a lei, todo pagamento em duplicidade deve ter o valor estornado de volta para o cliente. Porém, todo o processo para corrigir o erro pode não ser tão simples e fácil como muitos esperam.

O que fazer no pagamento duplicidade?

Aconteceu com você uma situação de um pagamento em duplicidade? Então é preciso saber como proceder para não ficar no prejuízo.

Primeiro, saiba que ele pode acontecer de duas formas:

  • pagamento de contas de cartão de crédito; ou
  • pagamento de um boleto bancário.

Em ambos os casos, a falta de atenção pode ser um fator decisivo para este erro. Por isso, cheque todas as informações e tenha cuidado quando efetuar um pagamento. Mas, se o erro for da empresa ou tecnológico, de sistema ou bug, você não ficará no prejuízo.

+ Entenda como cancelar o pagamento de um boleto

Também é importante saber que o Código de Defesa do Consumidor (CDC), assegura que o cliente deve receber o valor de volta em caso de pagamento em duplicidade.

Veja a seguir o que fazer nas seguintes situações:

Pagamento em duplicidade como cliente

Se você sofreu com um pagamento em duplicidade enquanto cliente, o primeiro passo é contatar a empresa responsável pela venda do produto ou serviço que você pagou a mais.

É comum não encontrar resistências nesses casos e o dinheiro ser resolvido imediatamente após o caso ser explicado e comprovado.

O cliente ou a empresa podem acordar como será feita essa devolução: se em crédito, se um estorno direto no cartão, se em espécie ou meio de transferência bancária.

Mas, se a empresa apresentar resistência, o cliente deve acionar a justiça e entrar com um processo para assegurar o seu direito de devolução do valor pago. 

+ Descubra se pagamento por aproximação é seguro e se vale a pena

Geralmente, em ações como essas, as empresas têm um prazo de até 30 dias para realizar o ressarcimento do cliente. Inclusive, arriscam devolver um valor mais alto do que o que foi pago.

Pagamento em duplicidade como empresa

Também é possível que empresas realizem o pagamento de um valor em duplicidade. Isso é muito comum em negócios onde existem fornecedores sendo feitas muitas transações, com um fluxo elevado. Pode acontecer algum erro ou ir de forma duplicada.

O processo é o mesmo do anterior. A melhor forma é contatar o fornecedor, explicar o caso e combinar a melhor forma de devolução. Mas, este processo pode depender de qual plataforma foi utilizada para a cobrança.

Pagamento em duplicidade: empresa x cliente

Também existe o caso em que a empresa recebe uma cobrança em duplicidade do cliente, mas o cliente não percebe. A recomendação é que a instituição entre em contato ou notifique-o e tente uma forma de resolver o problema o mais rápido possível.

+ Boleto bancário: o que é cedente e sacado? Confira as diferenças

Afinal, não é apenas pelo pagamento, mas também pela relação de confiabilidade da empresa com o cliente e a sua reputação no mercado.

Este conteúdo te ajudou? Comente se você já passou por alguma situação com pagamento em duplicidade e como fez para resolvê-la.

*Colaboração: Camila Miranda

O que achou disso?

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui