Mais
    InícioNotíciasInvestimentosComo investir em petróleo no Brasil? Vale a pena? Confira!

    Como investir em petróleo no Brasil? Vale a pena? Confira!

    5
    (1)

    Já pensou em investir em petróleo? Sim, realizar esse tipo de aplicação é possível para investidores comuns, embora seja mais recorrente entre empresas. 

    Essa commodity tão valiosa e importante para a economia mundial pode ser negociada de várias maneiras, direta ou indiretamente (como por meio de Ações). Mas como fazer isso?

    Comprar ou vender petróleo parece algo fora de alcance, mas é perfeitamente viável, dependendo do seu perfil investidor. Quer saber mais? Então continue lendo o artigo!

    Como investir em petróleo?

    Uma das formas mais práticas de investir em petróleo é negociando futuros de petróleo, que está relacionado com o preço do barril. 

    Além disso, é possível investir em empresas ligadas ao setor petrolífero, por meio da compra de ações. Neste caso, o investidor tem a vantagem de não ficar diretamente exposto ao preço do ativo.

    Outras formas são as Exchange Traded Funds (EFTs) e os  Contratos por Diferença (CFDs). Esses últimos são altamente especulativos.

    Para investir no petróleo, o primeiro passo é abrir uma conta em uma corretora ou banco de investimentos no exterior. 

    A instituição precisa ser credenciada pela Bolsa de Valores de Nova York – New York Stock Exchange (NYSE). Afinal, ela é a responsável por receber as negociações desse ativo.

    No caso do investimento em ETF, a negociação ocorre por meio do home broker da corretora. Já para negociar os CFDs de petróleo, é preciso de um corretor de CFDs confiável.

    Tipos de petróleo para negociar

    Existem alguns tipos de petróleo, sendo esses os três principais: WTI, Brent e petróleo bruto.

    Petróleo WTI – Wes Texas Intermediate –, muito utilizado pelos economistas do mundo como referência de preço no mercado, é produzido nos Estados Unidos. A negociação dele ocorre na New York Mercantile Exchange (a bolsa de NY).

    O Brent do Mar do Norte, principal referência de preço no mundo, é extraído dos mares da Europa. Costumava ser mais barato devido à facilidade de extração, que ocorre no mar.

    O petróleo Bruto de Dubai é extraído no mar da região do Golfo Pérsico. Em relação ao Brent e ao WTI, tem uma qualidade ligeiramente inferior. Isso por conta do maior teor de enxofre. Além disso, é um pouco mais pesado.

    Uma fileira de moedas em cima de uma folha com gráficos
    Investir em petróleo é possível mesmo para investidores comuns

    Investir em petróleo vale a pena?

    Isso depende do seu perfil investidor. Investir em petróleo é uma aplicação mais recomendada para investidores mais arrojados, que conhecem o mercado e estão dispostos ao risco. 

    Acontece que esse ativo tem uma grande volatilidade (principalmente o Brent e o WTI), o que é ótimo para Day Trade, por exemplo. Mas não é tão atrativo para investidores mais conservadores.

    O investimento na commodity também tem alta liquidez – capacidade que um ativo tem de ser negociado, o que facilita a conversão em recurso financeiro –, o que é uma vantagem. 

    Existe ainda a possibilidade de fazer Hedge – mais comum entre produtores, distribuidoras de combustíveis, refinarias e outros grandes negociadores.

    Quais são os riscos?

    O petróleo se tornou um produto estratégico para o mundo todo. Logo, tem sido motivo de diferentes discussões entre governos. Consequentemente, isso gera instabilidades que podem interferir no preço do barril.

    Por isso os principais riscos ao investir em petróleo estão relacionados às decisões e acontecimentos políticos dos países que o influenciam, como EUA. Isso pode impactar o preço dos barris, bem como a oferta e demanda sobre essa commodity.

    Gostou do conteúdo? Então compartilhe com outros amigos interessados em investir em petróleo! Mas não deixe de conhecer seu perfil investidor e estudar o mercado primeiro.

    O que achou disso?

    Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Tamires Silva
    Tamires Silva
    Jornalista e Redatora do FinanceOne, onde suas finanças começam.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasInvestimentosComo investir em petróleo no Brasil? Vale a pena? Confira!

    Como investir em petróleo no Brasil? Vale a pena? Confira!

    5
    (1)

    Já pensou em investir em petróleo? Sim, realizar esse tipo de aplicação é possível para investidores comuns, embora seja mais recorrente entre empresas. 

    Essa commodity tão valiosa e importante para a economia mundial pode ser negociada de várias maneiras, direta ou indiretamente (como por meio de Ações). Mas como fazer isso?

    Comprar ou vender petróleo parece algo fora de alcance, mas é perfeitamente viável, dependendo do seu perfil investidor. Quer saber mais? Então continue lendo o artigo!

    Como investir em petróleo?

    Uma das formas mais práticas de investir em petróleo é negociando futuros de petróleo, que está relacionado com o preço do barril. 

    Além disso, é possível investir em empresas ligadas ao setor petrolífero, por meio da compra de ações. Neste caso, o investidor tem a vantagem de não ficar diretamente exposto ao preço do ativo.

    Outras formas são as Exchange Traded Funds (EFTs) e os  Contratos por Diferença (CFDs). Esses últimos são altamente especulativos.

    Para investir no petróleo, o primeiro passo é abrir uma conta em uma corretora ou banco de investimentos no exterior. 

    A instituição precisa ser credenciada pela Bolsa de Valores de Nova York – New York Stock Exchange (NYSE). Afinal, ela é a responsável por receber as negociações desse ativo.

    No caso do investimento em ETF, a negociação ocorre por meio do home broker da corretora. Já para negociar os CFDs de petróleo, é preciso de um corretor de CFDs confiável.

    Tipos de petróleo para negociar

    Existem alguns tipos de petróleo, sendo esses os três principais: WTI, Brent e petróleo bruto.

    Petróleo WTI – Wes Texas Intermediate –, muito utilizado pelos economistas do mundo como referência de preço no mercado, é produzido nos Estados Unidos. A negociação dele ocorre na New York Mercantile Exchange (a bolsa de NY).

    O Brent do Mar do Norte, principal referência de preço no mundo, é extraído dos mares da Europa. Costumava ser mais barato devido à facilidade de extração, que ocorre no mar.

    O petróleo Bruto de Dubai é extraído no mar da região do Golfo Pérsico. Em relação ao Brent e ao WTI, tem uma qualidade ligeiramente inferior. Isso por conta do maior teor de enxofre. Além disso, é um pouco mais pesado.

    Uma fileira de moedas em cima de uma folha com gráficos
    Investir em petróleo é possível mesmo para investidores comuns

    Investir em petróleo vale a pena?

    Isso depende do seu perfil investidor. Investir em petróleo é uma aplicação mais recomendada para investidores mais arrojados, que conhecem o mercado e estão dispostos ao risco. 

    Acontece que esse ativo tem uma grande volatilidade (principalmente o Brent e o WTI), o que é ótimo para Day Trade, por exemplo. Mas não é tão atrativo para investidores mais conservadores.

    O investimento na commodity também tem alta liquidez – capacidade que um ativo tem de ser negociado, o que facilita a conversão em recurso financeiro –, o que é uma vantagem. 

    Existe ainda a possibilidade de fazer Hedge – mais comum entre produtores, distribuidoras de combustíveis, refinarias e outros grandes negociadores.

    Quais são os riscos?

    O petróleo se tornou um produto estratégico para o mundo todo. Logo, tem sido motivo de diferentes discussões entre governos. Consequentemente, isso gera instabilidades que podem interferir no preço do barril.

    Por isso os principais riscos ao investir em petróleo estão relacionados às decisões e acontecimentos políticos dos países que o influenciam, como EUA. Isso pode impactar o preço dos barris, bem como a oferta e demanda sobre essa commodity.

    Gostou do conteúdo? Então compartilhe com outros amigos interessados em investir em petróleo! Mas não deixe de conhecer seu perfil investidor e estudar o mercado primeiro.

    O que achou disso?

    Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?