Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioCriptomoedaCriptomoedas do metaverso: saiba se vale a pena investir

    Criptomoedas do metaverso: saiba se vale a pena investir

    4.4
    (17)

    O metaverso já é uma realidade e grandes empresas como Facebook, Microsoft e Nike estão embarcando nessa tecnologia. Se você quer seguir a estratégia dessas corporações, saber como investir em criptomoedas do metaverso é fundamental.

    Publicidade

    Até porque esses ativos estão se destacando nas últimas semanas após uma verdadeira onda de grandes empresas interessadas neste setor.

    Os destaques deste segmento do mercado cripto têm sido o token MANA, do metaverso Decentraland, e SAND, do The Sandbox.

    + Como funciona esse universo? Entenda o conceito que é a nova aposta do Facebook

    No entanto, na última semana, token não tão conhecidos se destacaram em termos de valorização. Eles viram seus preços subirem até 460%, como foi o caso do token DDL.

    Quais as possibilidades que o Metaverso oferece?

    Empresas como Facebook, Microsoft e jogos mundialmente conhecidos como o Fortnite já utilizam o conceito do metaverso como base para seus projetos e objetivos.

    Publicidade

    Já que citamos o Fortnite, é preciso destacar que o ambiente de games é um dos pioneiros para a tratativa dessa tecnologia.

    O universo dos games é considerado o ponto de partida para aplicações relacionadas ao metaverso.

    Há algum tempo, games que permitem aos jogadores a criação de vidas digitais estão disponíveis no mercado e, recentemente, acompanhamos a popularização de jogos que misturam o mundo virtual ao mundo físico.

    Surfando essa onda, vem o mercado de criptomoedas do metaverso, que, como você viu, é um dos pilares para a estruturação do metaverso. Hoje em dia existem moedas e negociações financeiras realizadas com base nessa tecnologia.

    Além disso, a tendência é uma revolução estrutural para diversos outros setores, gerando impacto em negócios relacionados às atividades como publicidade e marketing, vendas de produtos, eventos totalmente digitais e desenvolvimento de novos ambientes.

    Publicidade

    Possibilidades do Metaverso

    Veja alguns exemplos de possibilidades que o metaverso oferece:

    • ‍Eventos: shows, lançamentos de músicas e outros eventos podem ser realizados totalmente em um ambiente online, alcançando maior número de pessoas sem perder o foco na experiência do usuário.
    • Exposições artísticas: projetos de galerias de arte e negociações de obras de artes já acontecem nesse universo. Assim, compras e vendas são realizadas por meio de NFTs e criptomoedas.
    • Encontros virtuais: com o metaverso, reuniões de trabalho, audiências públicas, aulas e outros momentos poderão acontecer de forma totalmente online. Nesses casos, contando com ajuda de tecnologias como aparelhos de realidade aumentada e hologramas.
    • Publicidade: da mesma forma como são negociados espaços para publicidade nas cidades, os espaços no metaverso podem receber anúncios e demais estruturas publicitárias.

    Dito isso, sabemos que o real interesse, nesse momento, são as criptomoedas do metaverso Por isso, a seguir, você confere as principais e entende os detalhes e a forma de negociá-las.

    Como investir no Metaverso

    A primeira opção é investir em empresas que estejam a apostar no metaverso. E como poderia ser de outra forma, uma das melhores opções é investir no Meta, o antigo Facebook.

    A segunda opção é investir em empresas de jogos de vídeo que já o estejam a implementar. Tem a empresa Epic Games ou Roblox que já estão a trabalhar com ela hoje.

    + Melhores projetos e o que você precisa saber para investir

    Publicidade

    Já a terceira e última opção que vamos analisar é investir em criptomoedas. Graças à tecnologia de cadeias de bloqueio é mais fácil integrar este mundo virtual.

    As duas moedas criptográficas mais poderosas para investir no metaverso são o Protocolo de Boson e o Decentraland (MANA).

    Principais criptomoedas do metaverso

    Antes de apresentarmos as principais criptomoedas do metaverso é necessário lembrar que esse conteúdo não tem o objetivo de ser uma recomendação de investimento.

    Assim, antes de escolher uma criptomoeda para negociar, é preciso entender sobre o mercado, sobre o momento da moeda e também sobre os seus objetivos e perfis.

    + Profissões de Metaverso: veja as tendências para o mercado de trabalho

    Com esse recado, as melhores alternativas para quem deseja investir em criptomoedas relacionadas ao metaverso são:

    1 – Decentraland (MANA)

    Mana é o nome dado ao token do universo Decentraland. Por sua vez, ele é um universo de realidade virtual onde as pessoas podem realizar ações como participar de festas, desafios, reuniões e, inclusive, adquirir propriedades nesse universo.

    Vale destacar que o Decentraland é uma das plataformas pioneiras na construção de um metaverso que utiliza como base a Blockchain.

    Assim, está na vanguarda na união de ações com a possibilidade de personalização de avatares e principalmente a relação entre tokens não fungíveis, criptomoedas e o modo de jogo play to earn.

    2 – Enjin Coin (ENJ)

    Concorrente direto do Decentraland, o Enjin Coin possui um metaverso semelhante só que voltado para o teste de jogos. Vale lembrar que essa foi a blockchain escolhida pela Microsoft para dar início ao seu próprio projeto de metaverso.

    3 – The Sandbox (SAND)

    O token SAND é a criptomoeda utilizada no universo Sandbox, metaverso que tem as mesmas premissas e objetivos do Decentraland, que explicamos acima. Isso quer dizer que, na prática, nesse universo é possível negociar terrenos.

    Todo o processo de negociação acontece devido à rede Ethereum, que, assim como acontece com o metaverso Decentraland, utiliza seus Smart Contracts para proporcionar confiabilidade e segurança às transações.

    4 – Axie Infinity (AXS)

    AXS, Axie Infinity Shards, é token de utilidade, também chamados de utility tokens, que foi inicialmente pensado com o objetivo de funcionar como unidade monetária em um game chamado Axie Infinity.

    Essa é uma das principais criptomoedas quando o assunto é universo dos games.

    5 – Illuvium (ILV)

    Um dos jogos mais próximos do metaverso, o Illuvium é um game play-to-earn que possui gráficos avançados e plataformas DeFi (finanças descentralizadas) para negociação dentro do aplicativo.

    Vale a pena investir em criptomoedas do metaverso?

    O metaverso tem potencial para se tornar um mercado gerando receitas de até US$1 trilhão por ano, diz um novo relatório da empresa Grayscale Investments, que se classifica como a maior empresa de investimentos do mercado de criptomoedas no mundo.

    “A oportunidade de mercado para dar vida ao Metaverso pode valer mais de US$ 1 trilhão em receita anual e pode competir com empresas da Web 2.0 que valem cerca de US$ 15 trilhões em valor de mercado hoje”, diz o relatório.

    Há outros indicativos de que o metaverso pode ser um bom investimento. Por exemplo, metaversos criados pelas empresas Decentraland e Axie Infinity venderam terrenos virtuais por valores superiores a US$2 milhões.

    Especialistas ressaltam ainda que os investimentos vão movimentar diferentes mercados, inclusive o de hardware para acessar o metaverso. Recentemente, o Meta anunciou que prepara luvas virtuais que permitiriam o usuário “tocar” objetos no metaverso. E, claro, as criptomoedas do metaverso.

    pessoa segurando um celular em um ambiente virtual
    Criptomoedas do metaverso estão em alta

    Outra oportunidade foi levantada por Mark Zuckerberg. Ele disse recentemente que os anúncios provavelmente serão uma fonte importante de receita no metaverso, assim como são para sua empresa hoje.

    Contudo, esse ponto levanta uma série de preocupações sobre riscos que podem ser criados pelo modelo de negócios baseado em anúncios. Afinal, quem poderá pagar para estar lá? Desigualdades presentes no mundo real podem ser ampliadas.

    A privacidade e a segurança dos dados também podem se tornar maiores preocupações quando mais de nossas vidas, nossos dados, nosso trabalho, nossos investimentos agora existem de forma puramente virtual.

    E outras questões, como desinformação e radicalização, podem piorar no metaverso também.

    Ficou interessado em começar a investir em metaverso? Veja outras criptomoedas da tecnologia!

    O que achou disso?

    Média da classificação 4.4 / 5. Número de votos: 17

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Rafael Massadar
    Rafael Massadar
    Carioca, amante de esportes e de viagens. Escolhi o jornalismo porque ele vive pelo mundo e conta histórias de pessoas e realidades distintas. Tenho experiência em redação e assessoria de imprensa. Atualmente, trabalho numa agência de marketing digital.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioCriptomoedaCriptomoedas do metaverso: saiba se vale a pena investir

    Criptomoedas do metaverso: saiba se vale a pena investir

    4.4
    (17)

    O metaverso já é uma realidade e grandes empresas como Facebook, Microsoft e Nike estão embarcando nessa tecnologia. Se você quer seguir a estratégia dessas corporações, saber como investir em criptomoedas do metaverso é fundamental.

    Publicidade

    Até porque esses ativos estão se destacando nas últimas semanas após uma verdadeira onda de grandes empresas interessadas neste setor.

    Os destaques deste segmento do mercado cripto têm sido o token MANA, do metaverso Decentraland, e SAND, do The Sandbox.

    + Como funciona esse universo? Entenda o conceito que é a nova aposta do Facebook

    No entanto, na última semana, token não tão conhecidos se destacaram em termos de valorização. Eles viram seus preços subirem até 460%, como foi o caso do token DDL.

    Quais as possibilidades que o Metaverso oferece?

    Empresas como Facebook, Microsoft e jogos mundialmente conhecidos como o Fortnite já utilizam o conceito do metaverso como base para seus projetos e objetivos.

    Publicidade

    Já que citamos o Fortnite, é preciso destacar que o ambiente de games é um dos pioneiros para a tratativa dessa tecnologia.

    O universo dos games é considerado o ponto de partida para aplicações relacionadas ao metaverso.

    Há algum tempo, games que permitem aos jogadores a criação de vidas digitais estão disponíveis no mercado e, recentemente, acompanhamos a popularização de jogos que misturam o mundo virtual ao mundo físico.

    Surfando essa onda, vem o mercado de criptomoedas do metaverso, que, como você viu, é um dos pilares para a estruturação do metaverso. Hoje em dia existem moedas e negociações financeiras realizadas com base nessa tecnologia.

    Além disso, a tendência é uma revolução estrutural para diversos outros setores, gerando impacto em negócios relacionados às atividades como publicidade e marketing, vendas de produtos, eventos totalmente digitais e desenvolvimento de novos ambientes.

    Publicidade

    Possibilidades do Metaverso

    Veja alguns exemplos de possibilidades que o metaverso oferece:

    • ‍Eventos: shows, lançamentos de músicas e outros eventos podem ser realizados totalmente em um ambiente online, alcançando maior número de pessoas sem perder o foco na experiência do usuário.
    • Exposições artísticas: projetos de galerias de arte e negociações de obras de artes já acontecem nesse universo. Assim, compras e vendas são realizadas por meio de NFTs e criptomoedas.
    • Encontros virtuais: com o metaverso, reuniões de trabalho, audiências públicas, aulas e outros momentos poderão acontecer de forma totalmente online. Nesses casos, contando com ajuda de tecnologias como aparelhos de realidade aumentada e hologramas.
    • Publicidade: da mesma forma como são negociados espaços para publicidade nas cidades, os espaços no metaverso podem receber anúncios e demais estruturas publicitárias.

    Dito isso, sabemos que o real interesse, nesse momento, são as criptomoedas do metaverso Por isso, a seguir, você confere as principais e entende os detalhes e a forma de negociá-las.

    Como investir no Metaverso

    A primeira opção é investir em empresas que estejam a apostar no metaverso. E como poderia ser de outra forma, uma das melhores opções é investir no Meta, o antigo Facebook.

    A segunda opção é investir em empresas de jogos de vídeo que já o estejam a implementar. Tem a empresa Epic Games ou Roblox que já estão a trabalhar com ela hoje.

    + Melhores projetos e o que você precisa saber para investir

    Publicidade

    Já a terceira e última opção que vamos analisar é investir em criptomoedas. Graças à tecnologia de cadeias de bloqueio é mais fácil integrar este mundo virtual.

    As duas moedas criptográficas mais poderosas para investir no metaverso são o Protocolo de Boson e o Decentraland (MANA).

    Principais criptomoedas do metaverso

    Antes de apresentarmos as principais criptomoedas do metaverso é necessário lembrar que esse conteúdo não tem o objetivo de ser uma recomendação de investimento.

    Assim, antes de escolher uma criptomoeda para negociar, é preciso entender sobre o mercado, sobre o momento da moeda e também sobre os seus objetivos e perfis.

    + Profissões de Metaverso: veja as tendências para o mercado de trabalho

    Com esse recado, as melhores alternativas para quem deseja investir em criptomoedas relacionadas ao metaverso são:

    1 – Decentraland (MANA)

    Mana é o nome dado ao token do universo Decentraland. Por sua vez, ele é um universo de realidade virtual onde as pessoas podem realizar ações como participar de festas, desafios, reuniões e, inclusive, adquirir propriedades nesse universo.

    Vale destacar que o Decentraland é uma das plataformas pioneiras na construção de um metaverso que utiliza como base a Blockchain.

    Assim, está na vanguarda na união de ações com a possibilidade de personalização de avatares e principalmente a relação entre tokens não fungíveis, criptomoedas e o modo de jogo play to earn.

    2 – Enjin Coin (ENJ)

    Concorrente direto do Decentraland, o Enjin Coin possui um metaverso semelhante só que voltado para o teste de jogos. Vale lembrar que essa foi a blockchain escolhida pela Microsoft para dar início ao seu próprio projeto de metaverso.

    3 – The Sandbox (SAND)

    O token SAND é a criptomoeda utilizada no universo Sandbox, metaverso que tem as mesmas premissas e objetivos do Decentraland, que explicamos acima. Isso quer dizer que, na prática, nesse universo é possível negociar terrenos.

    Todo o processo de negociação acontece devido à rede Ethereum, que, assim como acontece com o metaverso Decentraland, utiliza seus Smart Contracts para proporcionar confiabilidade e segurança às transações.

    4 – Axie Infinity (AXS)

    AXS, Axie Infinity Shards, é token de utilidade, também chamados de utility tokens, que foi inicialmente pensado com o objetivo de funcionar como unidade monetária em um game chamado Axie Infinity.

    Essa é uma das principais criptomoedas quando o assunto é universo dos games.

    5 – Illuvium (ILV)

    Um dos jogos mais próximos do metaverso, o Illuvium é um game play-to-earn que possui gráficos avançados e plataformas DeFi (finanças descentralizadas) para negociação dentro do aplicativo.

    Vale a pena investir em criptomoedas do metaverso?

    O metaverso tem potencial para se tornar um mercado gerando receitas de até US$1 trilhão por ano, diz um novo relatório da empresa Grayscale Investments, que se classifica como a maior empresa de investimentos do mercado de criptomoedas no mundo.

    “A oportunidade de mercado para dar vida ao Metaverso pode valer mais de US$ 1 trilhão em receita anual e pode competir com empresas da Web 2.0 que valem cerca de US$ 15 trilhões em valor de mercado hoje”, diz o relatório.

    Há outros indicativos de que o metaverso pode ser um bom investimento. Por exemplo, metaversos criados pelas empresas Decentraland e Axie Infinity venderam terrenos virtuais por valores superiores a US$2 milhões.

    Especialistas ressaltam ainda que os investimentos vão movimentar diferentes mercados, inclusive o de hardware para acessar o metaverso. Recentemente, o Meta anunciou que prepara luvas virtuais que permitiriam o usuário “tocar” objetos no metaverso. E, claro, as criptomoedas do metaverso.

    pessoa segurando um celular em um ambiente virtual
    Criptomoedas do metaverso estão em alta

    Outra oportunidade foi levantada por Mark Zuckerberg. Ele disse recentemente que os anúncios provavelmente serão uma fonte importante de receita no metaverso, assim como são para sua empresa hoje.

    Contudo, esse ponto levanta uma série de preocupações sobre riscos que podem ser criados pelo modelo de negócios baseado em anúncios. Afinal, quem poderá pagar para estar lá? Desigualdades presentes no mundo real podem ser ampliadas.

    A privacidade e a segurança dos dados também podem se tornar maiores preocupações quando mais de nossas vidas, nossos dados, nosso trabalho, nossos investimentos agora existem de forma puramente virtual.

    E outras questões, como desinformação e radicalização, podem piorar no metaverso também.

    Ficou interessado em começar a investir em metaverso? Veja outras criptomoedas da tecnologia!

    O que achou disso?

    Média da classificação 4.4 / 5. Número de votos: 17

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?