Mais
    InícioNotíciasFinanças PessoaisComo declarar aluguel no Imposto de Renda? Confira!

    Como declarar aluguel no Imposto de Renda? Confira!

    0
    (0)

    O prazo para começar a enviar as declarações do Imposto de Renda está chegando e, com ele, muitas dúvidas. Uma delas é se é preciso declarar o aluguel no Imposto de Renda e como realizar este processo?  

    Sim, tanto o locatário quanto o inquilino precisam declarar o aluguel no Imposto de Renda. E é claro que quem deixa de preencher essas informações está sujeito a cair na malha fina. Mas por que é importante declarar o aluguel?

    Além de evitar problemas com a Receita Federal, o próprio órgão cruza as informações fornecidas por ambos os lados, garantindo que os valores informados são compatíveis.

    Vale ressaltar, ainda, que o processo para informar o aluguel no Imposto de Renda é diferente tanto para o inquilino quanto para o locatário.

    Como devo declarar aluguel no imposto de renda sendo o proprietário?

    Bom, existem diversas maneiras que você pode declarar o valor que recebe de aluguel, mas, para chegar nesta etapa, é preciso entender como o tributo é recolhido.

    Antes de mais nada, você precisa ter em mente que a responsabilidade de recolher o Imposto de Renda é sua, proprietário. Mas isso, caso você esteja alugando de pessoa física para jurídica.

    E é importante estar atento porque no final do ano-calendário em questão, você deve entregar o documento de informe de rendimentos comprovando que o imposto foi recolhido. Isso porque o inquilino precisará do documento na hora que ele for fazer a própria declaração.

    + Testes de Covid-19 podem ser abatidos do Imposto de Renda? Confira!

    Vale ressaltar ainda que a ficha a ser incluída, no sistema da Receita Federal, é a de “Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica”. No local, o proprietário deverá informar o CNPJ e o nome da empresa, além do valor do aluguel e os impostos retidos.

    celular logado no aplicativo da Receita Federal por em cima de uma teclado
    É preciso declarar o aluguel no Imposto de Renda tanto como proprietário quanto como inquilino

    Mas se o contrato do aluguel foi realizado entre pessoas físicas, o proprietário é o responsável pelo pagamento mensal do IR por meio de um documento chamado carnê-leão

    Para quem não sabe, o carnê-leão é utilizado para reter impostos que não são tributados diretamente na fonte. Com isso, torna-se obrigatório para os proprietários que tenham rendimentos acima de R$1.903,98 por mês com o aluguel. 

    Como declarar aluguel no Imposto de Renda sendo inquilino?

    Além dos locadores (proprietários), os locatários, ou inquilinos, também devem declarar aluguel no Imposto de Renda. Esses são quem paga pelo imóvel todo mês.

    Neste caso, você precisa informar à Receita Federal todos os pagamentos feitos no ano anterior à declaração. O objetivo é que o sistema cruze as informações para que o fisco possa encontrar os mesmos dados que foram informados pelo proprietário.

    + Confira qual é o prazo para declarar o Imposto de Renda 2022

    Para o inquilino, a ficha a ser utilizada na declaração do Imposto de Renda é a de “Pagamentos Efetuados”, com o código “70 – Aluguéis de Imóveis”, onde será preciso preencher todas as informações do dono do imóvel, sendo os principais:

    • nome
    • CPF ou CNPJ do proprietário

    Essas informações são obrigatórias ainda que o aluguel tenha sido intermediado por uma imobiliária.

    Valor do aluguel dividido. O que fazer?

    Muita gente tem dúvidas sobre o processo de Imposto de Renda quando o assunto é aluguel de imóvel, principalmente quando são várias pessoas pagando o valor. Neste caso, o que fazer?

    Bom, se você divide o valor do aluguel com outras pessoas, é obrigatório que TODAS constem na declaração como locatárias no contrato.

    Além disso, é preciso ser informado o valor pago por cada um na hopra da própria declaração individual.

    Quer saber mais detalhes? Veja as possíveis mudanças para declaração de Imposto de Renda em 2022.

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Juliana Favorito
    Juliana Favorito
    Jornalista apaixonada em escutar e escrever histórias, mas que também tem uma queda pelo Marketing Digital. Com experiência em redação, social mídia e marketing ela gosta de sempre estar atualizada sobre a área da comunicação. E como uma boa carioca, não dispensa uma praia.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasFinanças PessoaisComo declarar aluguel no Imposto de Renda? Confira!

    Como declarar aluguel no Imposto de Renda? Confira!

    0
    (0)

    O prazo para começar a enviar as declarações do Imposto de Renda está chegando e, com ele, muitas dúvidas. Uma delas é se é preciso declarar o aluguel no Imposto de Renda e como realizar este processo?  

    Sim, tanto o locatário quanto o inquilino precisam declarar o aluguel no Imposto de Renda. E é claro que quem deixa de preencher essas informações está sujeito a cair na malha fina. Mas por que é importante declarar o aluguel?

    Além de evitar problemas com a Receita Federal, o próprio órgão cruza as informações fornecidas por ambos os lados, garantindo que os valores informados são compatíveis.

    Vale ressaltar, ainda, que o processo para informar o aluguel no Imposto de Renda é diferente tanto para o inquilino quanto para o locatário.

    Como devo declarar aluguel no imposto de renda sendo o proprietário?

    Bom, existem diversas maneiras que você pode declarar o valor que recebe de aluguel, mas, para chegar nesta etapa, é preciso entender como o tributo é recolhido.

    Antes de mais nada, você precisa ter em mente que a responsabilidade de recolher o Imposto de Renda é sua, proprietário. Mas isso, caso você esteja alugando de pessoa física para jurídica.

    E é importante estar atento porque no final do ano-calendário em questão, você deve entregar o documento de informe de rendimentos comprovando que o imposto foi recolhido. Isso porque o inquilino precisará do documento na hora que ele for fazer a própria declaração.

    + Testes de Covid-19 podem ser abatidos do Imposto de Renda? Confira!

    Vale ressaltar ainda que a ficha a ser incluída, no sistema da Receita Federal, é a de “Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica”. No local, o proprietário deverá informar o CNPJ e o nome da empresa, além do valor do aluguel e os impostos retidos.

    celular logado no aplicativo da Receita Federal por em cima de uma teclado
    É preciso declarar o aluguel no Imposto de Renda tanto como proprietário quanto como inquilino

    Mas se o contrato do aluguel foi realizado entre pessoas físicas, o proprietário é o responsável pelo pagamento mensal do IR por meio de um documento chamado carnê-leão

    Para quem não sabe, o carnê-leão é utilizado para reter impostos que não são tributados diretamente na fonte. Com isso, torna-se obrigatório para os proprietários que tenham rendimentos acima de R$1.903,98 por mês com o aluguel. 

    Como declarar aluguel no Imposto de Renda sendo inquilino?

    Além dos locadores (proprietários), os locatários, ou inquilinos, também devem declarar aluguel no Imposto de Renda. Esses são quem paga pelo imóvel todo mês.

    Neste caso, você precisa informar à Receita Federal todos os pagamentos feitos no ano anterior à declaração. O objetivo é que o sistema cruze as informações para que o fisco possa encontrar os mesmos dados que foram informados pelo proprietário.

    + Confira qual é o prazo para declarar o Imposto de Renda 2022

    Para o inquilino, a ficha a ser utilizada na declaração do Imposto de Renda é a de “Pagamentos Efetuados”, com o código “70 – Aluguéis de Imóveis”, onde será preciso preencher todas as informações do dono do imóvel, sendo os principais:

    • nome
    • CPF ou CNPJ do proprietário

    Essas informações são obrigatórias ainda que o aluguel tenha sido intermediado por uma imobiliária.

    Valor do aluguel dividido. O que fazer?

    Muita gente tem dúvidas sobre o processo de Imposto de Renda quando o assunto é aluguel de imóvel, principalmente quando são várias pessoas pagando o valor. Neste caso, o que fazer?

    Bom, se você divide o valor do aluguel com outras pessoas, é obrigatório que TODAS constem na declaração como locatárias no contrato.

    Além disso, é preciso ser informado o valor pago por cada um na hopra da própria declaração individual.

    Quer saber mais detalhes? Veja as possíveis mudanças para declaração de Imposto de Renda em 2022.

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?