InícioNotíciasFinanças PessoaisEntenda como escolher o melhor cartão de crédito

Entenda como escolher o melhor cartão de crédito

3.4
(8)

Até pouco tempo as opções de cartão de crédito não eram nem a metade do que se tem hoje. Mas o sucesso de novas instituições financeiras e a procura cada vez maior por cartões mais vantajosos resultou em uma carta grande de opções no mercado.

Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pelo portal Meu Bolso Feliz em todo o Brasil mostrou que, em 2017, 52 milhões de brasileiros já usavam o cartão de crédito como forma de pagamento.

Mas com tantas opções no mercado, quais são os critérios para usar na hora de escolher o cartão de crédito? Bem, isso pode variar de acordo com a necessidade de cada pessoa.

Com qual objetivo você está adquirindo um novo cartão? Para acumular pontos? Se sim, vale a pena buscar a marca com o melhor programa de pontos.

Para obter benefícios? Então preste atenção nas vantagens oferecidas por cada operadora. Para fazer compras grandes parceladas? Neste caso é melhor aquele que tem as menores taxas de juros.

Seis critérios para escolher o cartão de crédito

Tendo em mente de forma clara qual é o seu objetivo ao adquirir um novo cartão de crédito, na hora de escolher avalie cada um dos aspectos listados a seguir.

Mas lembre-se que, de acordo com a sua necessidade, esses aspectos terão pesos diferentes.

Identifique as suas necessidades

Esse é o primeiro passo que você deve dar ao decidir contratar um cartão de crédito. Por isso, avalie e veja quais são as suas reais necessidades e interesses. Além disso, evite pedir conselhos para amigos.

Lembre-se que nem sempre o cartão que os seus amigos e familiares possuem são a melhor opção para você. As necessidades de vocês podem ser diferentes.

máquina de cartão de crédito com uma pessoa segurando e um cartão inserido
Saber as suas necessidades ajuda na hora de escolher o cartão de crédito

Um exemplo disso, é que se você não deseja fazer viagens internacionais no momento, não vale a pena ter um cartão que seja internacional. Dessa forma, você não paga a mais por isso.

O mesmo vale para a data de pagamento da fatura, o limite e a bandeira do cartão. Por isso, sempre analise e leve em consideração o seu estilo de vida.

Taxas de juros

Os juros são cobrados quando o cliente atrasa, deixa de pagar ou paga somente o valor mínimo da fatura. Mesmo que não esteja nos seus planos fazer qualquer uma dessas atividades, é importante considerar.

Segundo dados de janeiro deste ano, as taxas de cartão caíram, mas ainda permaneceram 64 vezes maior que a taxa Selic. A variação foi de 293,9% em novembro para 287,1% em dezembro.

Anuidade do cartão de crédito

Este é um critério que precisa ser considerado independentemente do seu objetivo para o cartão. A anuidade não é uma taxa obrigatória e quanto menos você tiver que pagar, melhor.

Existem dezenas de cartões de crédito sem anuidade no mercado ou com anuidade condicionada a determinados limites impostos pela instituição. E, caso você já tenha um cartão, saiba que pode negociar e até cancelar a anuidade.

+ Cartões de crédito sem anuidade: veja os 12 melhores

Benefícios e programa de pontos

Também existem diversos cartões que permitem ao consumidor participar de clube de benefícios. O mais comum é a troca de pontos por milhas de passagens aéreas.

Mas atenção: esse tipo de vantagem é atrativa para quem faz muitas compras no cartão e costuma fazer muitas viagens. Se esse não é seu perfil, as outras taxas que vai pagar talvez não compense ter um cartão desses.

Limite do cartão de crédito

O limite de compras é um fator essencial a ser considerado, afinal é ele quem vai ditar quanto você poderá gastar. Certifique-se de estar adquirindo um cartão dentro da sua realidade financeira.

Geralmente, o limite começa menor e pode aumentar conforme você utiliza o cartão e paga as contas em dia. Mas cuidado: não só um limite alto importa. Principalmente porque isso pode ser uma armadilha para seu bolso.

+ Cartão de crédito para negativado: é possível?

Relacionamento com o banco

Muitas pessoas não pensam nisso na hora de escolher o melhor cartão de crédito e acabam se dando conta do erro tarde demais. Ter um cartão com instituições e bancos faz com que sua comunicação com eles também necessite ser boa.

Quantas vezes não ouviu histórias de pessoas com problemas no cartão sem conseguir resolver? Uma dica que pode facilitar a vida é avaliar, primeiro, o relacionamento com o banco.

Caso você já seja cliente, isso pode se tornar mais fácil. Mas ainda assim não deixe de pesquisar sobre outras marcas, bancos e instituições.

Na dúvida, pesquise a opinião das pessoas na internet ou converse com sua roda de amigos a respeito.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nas redes sociais. Indique esse artigo para um amigo que esteja perdido sobre como escolher um cartão de crédito.

O que achou disso?

Média da classificação 3.4 / 5. Número de votos: 8

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Assine nossa newsletter!

Páginas Populares

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui