Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasEconomiaFundo PIS/Pasep e abono salarial PIS/ Pasep não são a mesma coisa....

    Fundo PIS/Pasep e abono salarial PIS/ Pasep não são a mesma coisa. Entenda!

    0
    (0)

    Os trabalhadores brasileiros possuem diversos benefícios, tais como FGTS, PIS/Pasep, abono salarial e seguro-desemprego. Por conta disso, é comum encontrar alguém que ainda tenha dúvidas sobre cada um deles.

    Publicidade

    Além disso, há quem pense que o Fundo PIS/Pasep e o abono salarial PIS/Pasep são a mesma coisa. Mas é importante ressaltar que esses dois direitos dos trabalhadores não são iguais e possuem suas diferenças.

    Com o anúncio de que será possível que os funcionários saquem os dois benefícios, muitos ficaram ainda mais confusos com toda a situação. 

    Mas é claro que é possível acabar com essa confusão toda se informando. Se você tem acesso sobre o que é cada benefício, fica ainda mais fácil diferenciá-los.

    Por isso, preparamos um artigo completo com as principais informações sobre cada um para que você possa ver a diferença e não confundir mais os benefícios que são direitos de todos os trabalhadores.

    Conheça o Fundo PIS/Pasep

    Para quem ainda não sabe, o PIS/Pasep é o dinheiro depositado pela empresa a todos os trabalhadores que tiveram carteira assinada entre 1971 e 4 de outubro de 1988. 

    Publicidade

    De acordo com a própria Caixa Econômica, os valores estarão disponíveis para saques quando o banco iniciar o calendário de pagamento do abono salarial. E isso é independente do mês de nascimento do trabalhador. 

    Mas quem pode receber este benefício? A lista abaixo tira essa sua dúvida:

    -> Aposentados ou pessoas com idade igual ou superior a 60 anos;

    -> Inválidos (do participante ou dependente);

    -> Transferência para reserva remunerada ou reforma (no caso de militar);

    Publicidade

    -> Neoplasia maligna – câncer (participante ou dependente);

    -> Idoso e/ou portador de deficiência alcançado pelo Benefício da Prestação Continuada;

    -> SIDA/AIDS (do participante ou dependente) e outros.

    Vale ressaltar que isso vale para quem está empregado atualmente ou não.

    Veja a tabela abaixo de pagamento do PIS/Pasep

    1 mês trabalhado: R$100;

    Publicidade

    2 meses trabalhados: R$200;

    3 meses trabalhados: R$300;

    4 meses trabalhados: R$400;

    5 meses trabalhados: R$500;

    6 meses trabalhados: R$600;

    7 meses trabalhados: R$700;

    8 meses trabalhados: R$800;

    9 meses trabalhados: R$900;

    10 meses trabalhados: R$1.000;

    11 meses trabalhados: R$1.100;

    12 meses trabalhados: R$1.200.

    Várias notas de dinheiro e uma carteira de trabalho em cima
    Saber a diferença entre abono salarial e PIS/Pasep é fundamental

    Conheça o abono salarial PIS/Pasep

    Agora que você já sabe o que é e como funciona o Fundo, chegou a hora de entender um pouco melhor sobre o abono salarial PIS/Pasep.

    O pagamento do abono salarial é anual, de até um salário mínimo. Para isso, os beneficiários precisam somar os seguintes requisitos:

    • Ter tido remuneração máxima de até dois salários mínimos no ano-base;
    • Ter carteira de trabalho há pelo menos cinco anos;
    • Ter trabalhado, pelo menos, 30 dias seguidos no ano-base;
    • Ter os dados de trabalhador na Relação Anual de Informações Sociais.

    E quem NÃO tem direito? Afinal, assim como tem aqueles que são contemplados, tem também quem fica de fora e você também precisa ficar de olho nessas informações:

    • Trabalhadores urbanos vinculados a empregador Pessoa Física;
    • Trabalhadores rurais vinculados a empregador Pessoa Física;
    • Diretores sem vínculo empregatício, mesmo que a empresa tenha optado pelo recolhimento do FGTS;
    • Empregados domésticos;
    • Menores aprendizes.

    Como é feito o cálculo do abono e como sacar?

    A Lei 13.134/15 indica que o Abono Salarial passou a ter valor proporcional ao tempo de serviço do trabalhador no ano-base em questão. Por isso, para calcular o valor você precisa ficar atento a este detalhe.

    O cálculo do benefício corresponde a quantidade de meses trabalhados no ano-base, devendo ser multiplicado por 1/12 do valor do salário mínimo que estiver vigente na data do pagamento.

    A lei diz, ainda, que aqueles trabalhadores com período de serviço igual ou superior a 15 dias em um mês terão o mês contabilizado de forma integral.

    O abono salarial PIS/Pasep é pago através de crédito na conta do cidadão, seja ela poupança ou corrente.

    Mas, também é possível sacar o valor de outras formas: caixas eletrônicos, Casas Lotéricas e Correspondentes Caixa Aqui utilizando o Cartão do Cidadão ou até mesmo em uma agência da Caixa.

    Gostou deste conteúdo? Então compartilhe com seus amigos e continue lendo sobre o assunto: 

    + PIS: veja passo a passo de como consultar o Abono Salarial pelo celular

    + Saiba como sacar o PIS/Pasep antecipadamente

    + Calendário PIS/Pasep 2022: governo divulga datas de pagamento. Confira!

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Mateus Carvalho
    Mateus Carvalho
    Jornalista de profissão e apaixonado por Marketing Digital. Já foi redator de jornal impresso, atualmente escrevo para o digital e tenho sede por empreender. Escrever é a minha maior paixão e quando não estou digitando estou pensando em digitar. Carioca, vascaíno e apaixonado por memes.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasEconomiaFundo PIS/Pasep e abono salarial PIS/ Pasep não são a mesma coisa....

    Fundo PIS/Pasep e abono salarial PIS/ Pasep não são a mesma coisa. Entenda!

    0
    (0)

    Os trabalhadores brasileiros possuem diversos benefícios, tais como FGTS, PIS/Pasep, abono salarial e seguro-desemprego. Por conta disso, é comum encontrar alguém que ainda tenha dúvidas sobre cada um deles.

    Publicidade

    Além disso, há quem pense que o Fundo PIS/Pasep e o abono salarial PIS/Pasep são a mesma coisa. Mas é importante ressaltar que esses dois direitos dos trabalhadores não são iguais e possuem suas diferenças.

    Com o anúncio de que será possível que os funcionários saquem os dois benefícios, muitos ficaram ainda mais confusos com toda a situação. 

    Mas é claro que é possível acabar com essa confusão toda se informando. Se você tem acesso sobre o que é cada benefício, fica ainda mais fácil diferenciá-los.

    Por isso, preparamos um artigo completo com as principais informações sobre cada um para que você possa ver a diferença e não confundir mais os benefícios que são direitos de todos os trabalhadores.

    Conheça o Fundo PIS/Pasep

    Para quem ainda não sabe, o PIS/Pasep é o dinheiro depositado pela empresa a todos os trabalhadores que tiveram carteira assinada entre 1971 e 4 de outubro de 1988. 

    Publicidade

    De acordo com a própria Caixa Econômica, os valores estarão disponíveis para saques quando o banco iniciar o calendário de pagamento do abono salarial. E isso é independente do mês de nascimento do trabalhador. 

    Mas quem pode receber este benefício? A lista abaixo tira essa sua dúvida:

    -> Aposentados ou pessoas com idade igual ou superior a 60 anos;

    -> Inválidos (do participante ou dependente);

    -> Transferência para reserva remunerada ou reforma (no caso de militar);

    Publicidade

    -> Neoplasia maligna – câncer (participante ou dependente);

    -> Idoso e/ou portador de deficiência alcançado pelo Benefício da Prestação Continuada;

    -> SIDA/AIDS (do participante ou dependente) e outros.

    Vale ressaltar que isso vale para quem está empregado atualmente ou não.

    Veja a tabela abaixo de pagamento do PIS/Pasep

    1 mês trabalhado: R$100;

    Publicidade

    2 meses trabalhados: R$200;

    3 meses trabalhados: R$300;

    4 meses trabalhados: R$400;

    5 meses trabalhados: R$500;

    6 meses trabalhados: R$600;

    7 meses trabalhados: R$700;

    8 meses trabalhados: R$800;

    9 meses trabalhados: R$900;

    10 meses trabalhados: R$1.000;

    11 meses trabalhados: R$1.100;

    12 meses trabalhados: R$1.200.

    Várias notas de dinheiro e uma carteira de trabalho em cima
    Saber a diferença entre abono salarial e PIS/Pasep é fundamental

    Conheça o abono salarial PIS/Pasep

    Agora que você já sabe o que é e como funciona o Fundo, chegou a hora de entender um pouco melhor sobre o abono salarial PIS/Pasep.

    O pagamento do abono salarial é anual, de até um salário mínimo. Para isso, os beneficiários precisam somar os seguintes requisitos:

    • Ter tido remuneração máxima de até dois salários mínimos no ano-base;
    • Ter carteira de trabalho há pelo menos cinco anos;
    • Ter trabalhado, pelo menos, 30 dias seguidos no ano-base;
    • Ter os dados de trabalhador na Relação Anual de Informações Sociais.

    E quem NÃO tem direito? Afinal, assim como tem aqueles que são contemplados, tem também quem fica de fora e você também precisa ficar de olho nessas informações:

    • Trabalhadores urbanos vinculados a empregador Pessoa Física;
    • Trabalhadores rurais vinculados a empregador Pessoa Física;
    • Diretores sem vínculo empregatício, mesmo que a empresa tenha optado pelo recolhimento do FGTS;
    • Empregados domésticos;
    • Menores aprendizes.

    Como é feito o cálculo do abono e como sacar?

    A Lei 13.134/15 indica que o Abono Salarial passou a ter valor proporcional ao tempo de serviço do trabalhador no ano-base em questão. Por isso, para calcular o valor você precisa ficar atento a este detalhe.

    O cálculo do benefício corresponde a quantidade de meses trabalhados no ano-base, devendo ser multiplicado por 1/12 do valor do salário mínimo que estiver vigente na data do pagamento.

    A lei diz, ainda, que aqueles trabalhadores com período de serviço igual ou superior a 15 dias em um mês terão o mês contabilizado de forma integral.

    O abono salarial PIS/Pasep é pago através de crédito na conta do cidadão, seja ela poupança ou corrente.

    Mas, também é possível sacar o valor de outras formas: caixas eletrônicos, Casas Lotéricas e Correspondentes Caixa Aqui utilizando o Cartão do Cidadão ou até mesmo em uma agência da Caixa.

    Gostou deste conteúdo? Então compartilhe com seus amigos e continue lendo sobre o assunto: 

    + PIS: veja passo a passo de como consultar o Abono Salarial pelo celular

    + Saiba como sacar o PIS/Pasep antecipadamente

    + Calendário PIS/Pasep 2022: governo divulga datas de pagamento. Confira!

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?