INSS: entenda quais as mudanças no crédito consignado

0
147
casal de aposentado fazendo conta
0
(0)

Quem é aposentado e pensionista precisa estar sempre atento às novidades que o INSS divulga. Uma delas foi publicada no Diário Oficial, no último dia 28, onde o INSS comunica mudanças no crédito consignado.

Anúncios

De acordo com a instrução normativa 131, ocorreu um aumento para a solicitação do crédito consignado Dessa forma, o valor da renda que poderá ser comprometido com o empréstimo volta a subir.

Mas não foram somente estas mudanças que aconteceram. Outra novidade é que, pela primeira vez, os brasileiros que recebem algum dos programas sociais também poderão solicitar crédito consignado.

Anúncios

+ Novo crédito consignado da Caixa: veja como solicitar e como funciona

Ele vai funcionar da mesma forma que para aposentados e pensionistas, sendo descontado diretamente na folha de pagamento do beneficiário.

O presidente do INSS, José Carlos Oliveira, comentou sobre esta novidade de quem recebe os programas sociais do Governo Federal.

Anúncios

“Permitir que os beneficiários do BPC também tenham acesso ao crédito consignado em folha, é incluir a faixa mais vulnerável da sociedade, permitindo que tenham acesso a empréstimos de uma fonte oficial, com as menores taxas de juros existentes no mercado”, afirmou o presidente.

Conheça as mudanças realizadas pelo INSS no crédito consignado

Para que você fique por dentro e entenda o que o INSS está mudando no crédito consignado, vamos explicar por tópicos. Confira!

Aumento na margem do empréstimo

A primeira mudança, talvez uma das mais importantes, é a possibilidade do aumento no comprometimento da renda dos aposentados e pensionistas do INSS. Vamos a uma retrospectiva dos valores:

-> Dezembro: o valor era de 40%;

-> Janeiro: passou a ser de 35%;

-> Abril: novamente o valor foi elevado para 40%, deste total até 35% no empréstimo pessoal e 5% para despesas e saques com cartão de crédito consignado.

Uma informação importante é que todas as instituições financeiras estão esperando a atualização dos sistemas para começar a oferecer o novo valor limite para o crédito consignado.

Crédito para BPC e Auxílio Brasil

Outra mudança referente ao crédito consignado do INSS está para quem recebe Benefício de Prestação Continuada (BPC/LOAS) ou que esteja incluso no Programa Auxílio Brasil. O governo autorizou que estes também tenham acesso à modalidade de empréstimo.

Homem acessando notebook escrevendo em um caderno com dinheiro e carteira ao lado
O limite a ser solicitado no crédito consignado vai voltar a ser de até 40%

Mas, por ora, os beneficiários do Auxílio Brasil deverão aguardar pois ainda estão sendo resolvidas questões técnicas com o Ministério da Cidadania para a obtenção do crédito.

“Essa regulamentação necessária significa dar limites máximo de prazos, taxas de juros, a própria habilitação das instituições, ou seja, quais são os bancos que vão efetivamente operar”, foi o que disse o presidente.

+ Governo vai fixar juros do crédito consignado? Saiba como vai funcionar

Para os beneficiários BPC, o crédito já está praticamente liberado, necessitando apenas atualização no sistema do Dataprev para ser concedido. Este benefício proporciona salário mínimo aos idosos com mais de 65 anos ou PcDs em situação de pobreza. No consignado, será possível comprometer:

  • até 4,20 por mês;
  • R$60,50 para saques e compras no cartão.

Banco Central alerta cuidados para o crédito consignado

Bom, atualmente existem dois tipos de consignado: o empréstimo convencional e o cartão de crédito consignado. Mas, antes de contratar qualquer um dos dois, tome todos os cuidados para não acabar sendo vítima de um golpe.

Embora seja uma modalidade atrativa, você não deve negligenciar ter atenção e só contratar se tiver total segurança.

Veja quais são as recomendações do Banco Central:

  • Não faça qualquer pagamento adiantado para obter o empréstimo;
  • Pesquise e compare as taxas de juros e condições oferecidas por outros bancos. Em especial, repare no Custo Efetivo Total – CET, que resume o custo total da operação em percentual;
  • Verifique se o banco está autorizado a funcionar pelo Banco Central e se tem convênio com sua fonte pagadora; por exemplo, no caso dos empréstimos consignados para aposentados e pensionistas do INSS, se a instituição está conveniada com o INSS;
  • Nunca assine um contrato ou uma proposta de contrato em branco;
  • Não aceite a intermediação de pessoas com promessas de acelerar o crédito;
  • Não forneça o cartão magnético ou senha do banco a terceiros;
  • Lembre-se de que esse tipo de operação representa dívidas que poderão afetar sua renda pessoal e familiar futura, em razão do desconto mensal do salário ou benefício com o pagamento do empréstimo;
  • Caso queira fazer a transferência do contrato para outro banco, leia atentamente as informações sobre portabilidade de crédito aqui.

Gostou deste texto? Ele lhe ajudou a sanar dúvidas e ficar bem informado? Então continue lendo e veja como saber se seu empréstimo consignado foi aprovado.

O que achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui