Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasInvestimentosApp íon, do Itaú, oferece a função 'agregador de investimentos'

    App íon, do Itaú, oferece a função ‘agregador de investimentos’

    1
    (1)

    O aplicativo de investimentos íon, do banco Itaú, recebeu em sua nova atualização a função “agregador de investimentos”, ferramenta criada dentro do conceito de open banking que possibilita ao usuário visualizar em um único painel até oito carteiras distintas, de contas diferentes do Itaú e de outros bancos e corretoras.

    Publicidade

    Com isso, o íon passa a ser o primeiro aplicativo de uma instituição bancária no Brasil a oferecer essa opção, que está inserida no conceito de ‘open banking’ e inovação em serviços financeiros.

    Além disso, a recente atualização do íon também oferece produtos de corretoras, permitindo que os usuários realizem operações de compra e venda de ativos de renda variável, por exemplo. Tudo isso é realizado dentro do próprio aplicativo. Também será possível comprar ações, BDRS, ETFs, entre outros.

    “Esse é mais um marco no desenvolvimento tecnológico de ferramentas para apoiar o investidor e resultado do alto investimento em sistemas e equipes de ponta. Queremos que o íon Itaú seja uma experiência em investimentos ao oferecer uma jornada completa aos usuários, incluindo recomendações adequadas para cada perfil de investidor e conteúdo constantemente atualizado”

    Carlos Constantini, diretor responsável pela área de Gestão de Recursos e membro do Comitê Executivo do Itaú Unibanco.

    App íon do Itaú quer centralizar serviços financeiros

    Carlos Constantini, diretor responsável pela área de gestão de recursos e membro do comitê executivo do Itaú Unibanco, afirmou que quer fazer do íon um aplicativo que ofereça uma “jornada completa” de investimentos de seus usuários.

    “Esse é mais um marco no desenvolvimento tecnológico de ferramentas para apoiar o investidor e resultado do alto investimento em sistemas e equipes de ponta”, disse.

    Além disso, o diretor de produtos de investimento e previdência da instituição, Claudio Sanches, reforçou o ineditismo do agregador de investimentos como resultado de escutas feitas com clientes. Além disso, reforçou o cuidado com as informações financeiras dos usuários.

    Publicidade

    “Identificamos, por meio de pesquisas, que essa é uma demanda real de quem possui investimentos alocados em diferentes instituições. Com o agregador disponibilizado no íon, estamos trazendo essa solução para facilitar a gestão de investimentos para as pessoas. Todos os dados do íon trafegam com comunicação criptografada e seguem o mesmo padrão de segurança dos demais canais do Itaú”, disse Sanches.

    + 6 investimentos seguros e que rendem mais que a poupança

    Além disso, ele também explicou que todas as informações do app íon trafegam com comunicação criptografada e “seguem o mesmo padrão de segurança dos demais canais do Itaú”. O objetivo é garantir a segurança das informações agregadas.

    “A partir dessa novidade, será possível consolidar todos os investimentos, permitindo o acompanhamento global da carteira do cliente em um único lugar”, disse.

    Os usuários do íon que são correntistas do banco conseguem fazer movimentações em suas alocações em produtos do Itaú diretamente pelo app. Essa função, por enquanto, não se aplica às carteiras de outras instituições financeiras visualizadas no agregador, mas existem diversos produtos de investimento de outras gestoras disponíveis para contratação no app.

    aplicativo íon: fachada de uma unidade do banco Itaú
    Itaú lança nova funcionalidade em seu aplicativo íon

    Saiba mais sobre o novo aplicativo de investimentos do Itaú

    O íon é a plataforma de investimentos do maior banco privado da América Latina. O objetivo da instituição com o novo app de investimentos é reforçar a atuação da instituição no mercado financeiro.

    Publicidade

    O aplicativo já está disponível para ser baixado nas principais lojas de apps, como Google Play e Apple Store, e nasceu como um MVP (Minimum Viable Product – Mínimo Produto Viável) no final de 2020. Isso significa que ele segue em constante aprimoramento e evolução, com outras funcionalidades e produtos de investimento que serão adicionados ao aplicativo ao longo do tempo.

    Com esse novo aplicativo o Itaú passa a fazer, ainda mais, frente à concorrência, seja dos bancos convencionais, seja com os bancos digitais e fintechs.

    De acordo com o Itaú, o objetivo do aplicativo é resolver as principais “dores” dos 3 milhões de clientes com investimentos no banco. Uma delas é a experiência ruim no atual aplicativo da conta corrente no celular.

    O time responsável pelo app tem uma estrutura com mais de 230 profissionais, entre colaboradores do banco e parceiros.Até o momento, o íon já soma mais de R$112 milhões em aplicações feitas diretamente pelo app e, aproximadamente, R$67 milhões em resgates.

    Gostou desse texto? Então continue nos acompanhando e se atualizando sobre o mercado financeiro. Assine agora mesmo a nossa newsletter e receba diretamente, em sua caixa de e-mail, novidades sobre finanças, bancos e muito mais.

    Publicidade

    O que achou disso?

    Média da classificação 1 / 5. Número de votos: 1

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Camila Miranda
    Camila Miranda
    Nascida na Zona Oeste do Rio, me divido entre jornalismo e marketing digital. Com três anos de experiência em Comunicação, já trabalhei em redação de jornal impresso, webjornalismo e assessoria de imprensa. Hoje, faço gestão de mídias sociais e produção de conteúdo. Amo assuntos sobre as áreas cultural e política. Reclamo do transporte público.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasInvestimentosApp íon, do Itaú, oferece a função 'agregador de investimentos'

    App íon, do Itaú, oferece a função ‘agregador de investimentos’

    1
    (1)

    O aplicativo de investimentos íon, do banco Itaú, recebeu em sua nova atualização a função “agregador de investimentos”, ferramenta criada dentro do conceito de open banking que possibilita ao usuário visualizar em um único painel até oito carteiras distintas, de contas diferentes do Itaú e de outros bancos e corretoras.

    Publicidade

    Com isso, o íon passa a ser o primeiro aplicativo de uma instituição bancária no Brasil a oferecer essa opção, que está inserida no conceito de ‘open banking’ e inovação em serviços financeiros.

    Além disso, a recente atualização do íon também oferece produtos de corretoras, permitindo que os usuários realizem operações de compra e venda de ativos de renda variável, por exemplo. Tudo isso é realizado dentro do próprio aplicativo. Também será possível comprar ações, BDRS, ETFs, entre outros.

    “Esse é mais um marco no desenvolvimento tecnológico de ferramentas para apoiar o investidor e resultado do alto investimento em sistemas e equipes de ponta. Queremos que o íon Itaú seja uma experiência em investimentos ao oferecer uma jornada completa aos usuários, incluindo recomendações adequadas para cada perfil de investidor e conteúdo constantemente atualizado”

    Carlos Constantini, diretor responsável pela área de Gestão de Recursos e membro do Comitê Executivo do Itaú Unibanco.

    App íon do Itaú quer centralizar serviços financeiros

    Carlos Constantini, diretor responsável pela área de gestão de recursos e membro do comitê executivo do Itaú Unibanco, afirmou que quer fazer do íon um aplicativo que ofereça uma “jornada completa” de investimentos de seus usuários.

    “Esse é mais um marco no desenvolvimento tecnológico de ferramentas para apoiar o investidor e resultado do alto investimento em sistemas e equipes de ponta”, disse.

    Além disso, o diretor de produtos de investimento e previdência da instituição, Claudio Sanches, reforçou o ineditismo do agregador de investimentos como resultado de escutas feitas com clientes. Além disso, reforçou o cuidado com as informações financeiras dos usuários.

    Publicidade

    “Identificamos, por meio de pesquisas, que essa é uma demanda real de quem possui investimentos alocados em diferentes instituições. Com o agregador disponibilizado no íon, estamos trazendo essa solução para facilitar a gestão de investimentos para as pessoas. Todos os dados do íon trafegam com comunicação criptografada e seguem o mesmo padrão de segurança dos demais canais do Itaú”, disse Sanches.

    + 6 investimentos seguros e que rendem mais que a poupança

    Além disso, ele também explicou que todas as informações do app íon trafegam com comunicação criptografada e “seguem o mesmo padrão de segurança dos demais canais do Itaú”. O objetivo é garantir a segurança das informações agregadas.

    “A partir dessa novidade, será possível consolidar todos os investimentos, permitindo o acompanhamento global da carteira do cliente em um único lugar”, disse.

    Os usuários do íon que são correntistas do banco conseguem fazer movimentações em suas alocações em produtos do Itaú diretamente pelo app. Essa função, por enquanto, não se aplica às carteiras de outras instituições financeiras visualizadas no agregador, mas existem diversos produtos de investimento de outras gestoras disponíveis para contratação no app.

    aplicativo íon: fachada de uma unidade do banco Itaú
    Itaú lança nova funcionalidade em seu aplicativo íon

    Saiba mais sobre o novo aplicativo de investimentos do Itaú

    O íon é a plataforma de investimentos do maior banco privado da América Latina. O objetivo da instituição com o novo app de investimentos é reforçar a atuação da instituição no mercado financeiro.

    Publicidade

    O aplicativo já está disponível para ser baixado nas principais lojas de apps, como Google Play e Apple Store, e nasceu como um MVP (Minimum Viable Product – Mínimo Produto Viável) no final de 2020. Isso significa que ele segue em constante aprimoramento e evolução, com outras funcionalidades e produtos de investimento que serão adicionados ao aplicativo ao longo do tempo.

    Com esse novo aplicativo o Itaú passa a fazer, ainda mais, frente à concorrência, seja dos bancos convencionais, seja com os bancos digitais e fintechs.

    De acordo com o Itaú, o objetivo do aplicativo é resolver as principais “dores” dos 3 milhões de clientes com investimentos no banco. Uma delas é a experiência ruim no atual aplicativo da conta corrente no celular.

    O time responsável pelo app tem uma estrutura com mais de 230 profissionais, entre colaboradores do banco e parceiros.Até o momento, o íon já soma mais de R$112 milhões em aplicações feitas diretamente pelo app e, aproximadamente, R$67 milhões em resgates.

    Gostou desse texto? Então continue nos acompanhando e se atualizando sobre o mercado financeiro. Assine agora mesmo a nossa newsletter e receba diretamente, em sua caixa de e-mail, novidades sobre finanças, bancos e muito mais.

    Publicidade

    O que achou disso?

    Média da classificação 1 / 5. Número de votos: 1

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?