InícioNotíciasEmpreendedorismoConfira as 3 lições valiosas de Beyoncé para o empreendedorismo

Confira as 3 lições valiosas de Beyoncé para o empreendedorismo

5
(1)

“Não gosto de apostar, mas se tem algo em que estou disposta a apostar, é em mim mesma.” Essa é uma conhecida frase de Beyoncé e ela revela muito de uma das principais características da cantora como empreendedora.

Não apenas nas suas composições e clipes, a Queen B é uma mulher poderosa e autoconfiante, mas também em seus negócios. E não é à toa que eles lhe rendem milhões e milhões de dólares.

Apesar de ser mais conhecida como artista, Beyoncé Giselle Knowles-Carter é um verdadeiro exemplo de empresária.

Até a revista Forbes já disse que ela tem lições que até mesmo alguns grandes executivos precisam aprender.

Portanto, se você também é um empreendedor, vale a pena observar os movimentos que a cantora dá no mercado.

Quer saber mais sobre os negócios da artista, suas estratégias e o que podemos aprender com elas? Continue lendo este artigo!

Conheça o lado empreendedor de Beyoncé

A cantora, compositora, atriz, modelo, dançarina, empresária, produtora, diretora e roteirista Beyoncé é mais conhecida por seu lado artístico.

E não é para menos, afinal se trata da cantora mais premiada da história do Grammy, fora outras conquistas musicais.

Mas quem acompanha de perto, sabe que ela também surpreende no quesito negócios.

Fora sua marca pessoal, Beyoncé mergulhou ainda mais no mundo dos negócios em 2013, quando fundou a Parkwood Entertainment, empresa de gestão e entretenimento da qual tem total controle.

“Quis usar minha potência para construir meu próprio império e, assim, mostrar a outras mulheres que não é preciso delegar grandes responsabilidades: é possível administrar dinheiro e sucesso sozinha.”

A declaração foi dada por ela em 2013, em uma entrevista à Billboard.

E a empresária realmente está presente em todas as áreas de seu negócio, como já mostrou em alguns de seus documentários lançados.

Beyoncé usando a jaqueta roxa da colação de Ivy Park com Adidas
Beyoncé assumiu controle total da Ivy Park em 2019 (Imagem: Reprodução)

Atualmente uma de suas marcas de mais sucesso é a Ivy Park, linha de roupas de ginástica co-fundada pela cantora.

Até 2018 ela tinha somente 50% da grife, mas desde então assumiu controle total também deste empreendimento.

As últimas coleções lançadas em parceria com a Adidas atraíram clientes do mundo inteiro.

Muitos brigam para conseguir comprar online nos lançamentos, porque as peças esgotam em minutos, mesmo com os preços significativos.

Segundo a revista Forbes, Beyoncé tem um patrimônio de aproximadamente US$440 milhões em 2021.

A artista é a 73ª na lista de celebridades norte-americanas self-made mais ricas de 2021.

Quais são as lições de empreendedorismo da Beyoncé

Já deu para notar que Beyoncé é uma empreendedora que tem muito a ensinar. Confira a seguir algumas das principais lições de sucesso da cantora e empresária!

#1. Faça parcerias estratégias e poderosas

Não somente na música, mas também nos negócios, a Queen B tem muito cuidado com quem associa sua marca.

Não é à toa que as coleções de Ivy Park com Adidas têm feito tanto sucesso. Isso porque, além de ambos os nomes serem poderosos, compartilham de valores similares.

O potencial de atraírem um grande público se somou com a expansão dos produtos e impactou um número enorme de pessoas.

Mas não é de hoje que Beyoncé tem tanto cuidado com quem se associa. A própria Ivy Park é um exemplo disso.

Quando começou, 50% da marca era do empresário britânico Philip Green. Mas a cantora não demorou para romper a sociedade, após o homem sofrer acusações de assédio.

+ Rihanna é nova bilionária! Aprenda lições de sucesso da artista

#2. Não tenha medo de ser a primeira

No ano passado Beyoncé impactou milhares de pessoas com seu discurso no “Dear Class Of 2020”.

O evento, promovido pelo Youtube, teve como objetivo homenagear os alunos do ensino médio que se formavam naquele ano, em meio ao auge da pandemia.

Diversos trechos do vídeo em que a cantora fala com os alunos viralizaram. E um deles foi o trecho em que ela conta:

“Não havia mulheres negras o suficiente em mesas assim. Então eu tive que cortar a madeira e construir minha própria mesa.”

Essa fala não é apenas da boca para fora, mas sim uma grande lição de empreendedorismo que pode-se notar na trajetória da artista.

Isso porque ela não tem medo de sair na frente, de abrir novos caminhos, mesmo quando ninguém como ela deu esses passos.

Alguns exemplos: a própria fundação da Parkwood Entertainment, totalmente liderada por uma mulher negra; o lançamento de seu primeiro primeiro álbum visual, de surpresa, que impactou toda a indústria musical nos anos seguintes.

A lição que Beyoncé deixa é: não tenha medo de ser o primeiro a fazer.

Se tem uma boa ideia, seja pioneiro, abra novos caminhos para os que vierem depois de você. Não tenha medo de apostar no seu negócio.

#3. Esteja envolvido nos seus negócios

Quem empreende sabe que delegar é fundamental. Ou seja, saber quando é a hora de chamar novas pessoas para fazer aquilo que você não sabe.

E, sim, essa é uma característica fundamental para ter um negócio de sucesso. Mas tenha cuidado para não confundir com: deixar que os outros trabalhem para você.

Uma das lições que podemos aprender com Beyoncé é ter as rédeas do próprio negócio. Delegue, faça parcerias, contrato, se associe a pessoas e marcas com propósitos semelhantes. Mas seja um bom líder.

De acordo com a revista Forbes, a diva pop foi alvo de um estudo da Harvard Business School, em 2014, quando descobriram que ela é daquele tipo de líder que participa do máximo de processos que pode.

Ou seja, prefere rodar entre os escritórios da empresa a se enfurnar em uma sala própria. A ex-gerente da Parkwood, Lee Anne Cllahan-Longo, uma vez contou como é o comportamento da artista na sua empresa:

“Ela anda de um escritório para o outro, falando com todos e dando notas aos projetos que estão sendo trabalhados. Beyoncé tem um ótimo senso empreendedor.”

Essas são apenas algumas das lições de empreendedorismo que podemos aprender com a Queen B. Se você é empreendedor, vale a pena acompanhar a trajetória da artista nos negócios e se inspirar!

Gostou do conteúdo? Então compartilhe com seus amigos e deixe um comentário!

O que achou disso?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Assine nossa newsletter!

Páginas Populares

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui