Como saber limite do cartão de crédito ideal para você? | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,4040
Euro R$ 4,4167
Bitcoin R$ 32.127,00
Bovespa 74.538,54
CDI 6,39% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 5,054
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Como saber limite do cartão de crédito ideal para você?

O cartão de crédito é uma das formas de pagamento mais usadas por brasileiros. É por isso que os consumidores devem ter atenção redobrada, para não se deixar levar pelo uso excessivo. Para isso, saber qual o limite do cartão de crédito é ideal para você é essencial.

O Indicador de Uso do Crédito apurado pelo SPC Brasil e a CNDL mostrou que, em fevereiro deste ano, 35% dos consumidores fizeram uso do cartão de crédito para fazer alguma compra. Destacamos que a atenção, principalmente ao seu limite, é essencial, por causa do seguinte dado: um em cada quatro (24%) usuários entraram no rotativo, sendo que 10% pagaram um valor entre o mínimo e o total.

Mesmo com a maioria (72%) afirmando que quitou o valor integral da fatura, ainda existe a parcela que acabou caindo no crédito rotativo. Como já explicamos anteriormente no Finance One, os juros do rotativo são alguns dos mais altos. Por isso, se você ficar nessa situação, deve saber como negociar a sua dívida.

Entre as modalidade de crédito analisadas pelo SPC Brasil, o cartão saiu mesmo em disparada, com os 35,1% mencionados acima. Em seguida veio o crediário, com 8,8%, empréstimo (6%), cheque especial (6%) e financiamento (3,2%).

A economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, cita esse acesso ao crédito como um fator de inclusão. Porém, deve ser usado com moderação pelos consumidores.

“O acesso ao crédito é um fator de inclusão no mercado de consumo, mas que requer bastante cuidado. O consumidor que tem acesso ao crédito consegue antecipar o consumo de bens que, de outro modo, só seriam conquistados depois de um tempo de poupança. Mas muitos consumidores acabam se perdendo no atalho do crédito e comprometendo a própria vida financeira.”

 limite do cartão de crédito ideal
Saber o limite do cartão de crédito ideal é essencial para evitar, principalmente, o endividamento

Por que saber limite do cartão de crédito ideal?

Mesmo sendo uma modalidade de crédito e de pagamento muito usada, a principal atenção que você deve ter ao usar o cartão é o valor da sua fatura. Não pagar o valor total implica em cair no crédito rotativo, com juros muito altos. Por isso também que você deve saber o limite do cartão de crédito ideal.

Segundo a tabela divulgada pelo Banco Central com as taxas do rotativo para pessoas físicas, de 10 a 16 de abril de 2018, os juros podem chegar a quase 800% ao ano! Atrasos e pagamentos constantes apenas do valor mínimo da fatura implicam em juros. Essas taxas variam, mais precisamente, de 45% a 791% ao ano, pesando bastante no bolso do consumidor.

A pesquisa do SPC Brasil revelou que, em fevereiro, 24,1% dos entrevistados na sondagem entraram no rotativo. Destes, 9,9% pagaram um valor entre o mínimo e o total; 6,4% ainda não tinham pagado no período das entrevistas; 5% pagaram o mínimo; 1,8% pagaram abaixo do mínimo; e 1,1% que disseram que não iriam pagar.

“O pagamento do mínimo não é algo com que se deve contar, sob pena de ver a dívida crescer muito rápido. Mesmo que se aplique as novas regras do cartão de crédito, que determinam que os atrasos devem ficar no máximo 30 dias no rotativo, a opção de parcelamento da fatura também envolve altas taxas, que chegam a mais de 170% ao ano, na média”, alerta a economista do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

Como saber limite do cartão de crédito ideal?

Ao contratar o serviço de um cartão de crédito, o limite é determinado pela instituição emissora do cartão. Serão levados em conta sua renda, salário, entre outros fatores que podem constar na sua análise de crédito.

O limite sempre vem na fatura, mas na dúvida, é possível consultar com as Centrais de Atendimento das respectivas emissoras, e também nos sites.

Outro dado importante é que, caso você perceba que não está conseguindo controlar seus gastos, pode solicitar a redução do seu limite.

Isso é importante para evitar o endividamento ao entrar no rotativo do cartão. Além disso, é possível que o próprio banco reduza o seu limite em vista dos gastos e dívidas. Pelo menos é o que informa o Itaú, em sua página de dúvidas sobre o limite do cartão.

Fatores que podem influenciar na redução do seu limite pelo banco podem ser atrasos constantes no pagamento da fatura, financiamento do valor e até endividamento em outros produtos ou serviços. Por isso é importante acompanhar em quanto está sua fatura e fazer o planejamento adequado para pagá-la em sua totalidade.

Isso vai evitar, além de um possível endividamento, que suas condições para obtenção de crédito, caso necessário, sejam prejudicadas.

Antes de solicitar também a análise de crédito para aumentar o seu limite, é importante verificar se você conseguirá realmente arcar com esses custos. Por isso, deve aprender a administrar seu dinheiro com inteligência.

Saber o limite ideal para seu cartão de crédito é importante para programar suas finanças, evitar dívidas e até evitar problemas na hora de solicitar, por exemplo, um financiamento ou outra forma de crédito.







Mais lidos

FGTS inativo: quem tem direito e como sacar
Todo trabalhador brasileiro com contrato formal, regido pela Consolidação das Leis do Trabalho, a ...
Férias de julho no Brasil: para onde ir?
O meio do ano está chegando e é hora de decidir onde passar as férias em família. Mesmo com algu...
Como limpar seu nome no SPC e Serasa
Seu nome está no SPC e Serasa? Muitos brasileiros estão nessa situação. Em fevereiro, 61,7 milh...
Escolas de negócios: Brasil tem 3 das melhores do mundo
Três das melhores escolas de negócios do mundo em 2018 estão no Brasil. São elas: a Fundação ...
Como vender plano de saúde e ganhar dinheiro
Ganhar uma renda extra é o que muitos brasileiros têm buscado para superar a crise que o país vem...
Treasuries americanos: os títulos “mais seguros do mundo”
Muito conhecido no Brasil, o Tesouro Direto - Programa do Tesouro Nacional desenvolvido com a BM&...




Publicidade