Quer mudar de profissão em 2023? Veja dicas para a transição de carreira

0
1688
Homem lê uma reclamação trabalhista com expressão de dúvida
5
(1)

Mudar de profissão é o desejo de muitos brasileiros. Isso acontece porque muitos acabam descobrindo que escolheram a profissão errada, ou até mesmo tenham escolhido uma área certa, mas desejam mudar por alguma outra razão.

Anúncios

São inúmeras as possibilidades. Então, se você está passando por um período de querer trocar de profissão, saiba que é possível mudar e encontrar aquilo que te deixará feliz e confiante.

Sinais de que está na hora de mudar de emprego

Você reluta para manter a motivação no trabalho todos os dias? Sentir-se dessa forma pode ser um dos indícios de que está na hora de considerar mudar de emprego. Outro fator é não ser valorizado financeiramente.

Anúncios

Aliado a isso, a falta de identificação com os valores e cultura da empresa também pode ser fundamental para que o sentimento de querer mudar de carreira floresça.

São muitos os fatores envolvidos e, gostando ou não, nós passamos a maioria do tempo na companhia dos nossos colegas – e é impossível se sentir feliz se o ambiente for desagradável e o relacionamento com companheiros e superiores for ruim.

Se esse for o caso, uma opção é tentar mudanças de atitude, determinar um limite de tempo e, se as coisas não melhorarem, buscar um novo emprego.

Anúncios

Ao mudar de profissão, considere sua vocação e habilidades

Muitos profissionais se sentem insatisfeitos com a carreira que escolheram. Mesmo que o salário seja ótimo, mudar de profissão vira uma opção e para isso acontecer, o primeiro passo é identificar o que você realmente gosta de fazer e quais são as atividades que prefere não realizar.

Além da profissão em si, pense em outros aspectos importantes no seu dia a dia. Há pessoas que sentem prazer em interagir com outras o dia inteiro, mas também existe quem prefira trabalhar mais isolado, sem tanto contato interpessoal.

Já para exercer determinadas profissões, é importante que a pessoa tenha interesse em empreender ou, pelo menos, em administrar um negócio.

Portanto, quem não tem interesse nesse tipo de atividade precisa avaliar bem a escolha antes de decidir. Leia bastante sobre as opções que você tem no mercado e encontre a que seja compatível com as suas próprias características.

Apesar da fase difícil, novos empreendimentos estão surgindo ou implementando ações para enfrentar essa crise.

mulher trabalhando e falando ao telefone
É fundamental para quem quer mudar de profissão fazer um planejamento financeiro

São 14 milhões de pessoas de 18 a 64 anos, ou 9,9% da população adulta, que comandam um negócio do tipo no país.

Eduardo Luiz, CEO da EPAR Business Expert, especializada em gestão, diz que o ideal é inovar, aproveitando as oportunidades que surgiram com a crise, incluindo as novas demandas.

“Em momentos de dificuldade econômica é necessário ter uma visão que fuja do imobilismo e, empreender buscando alternativas de sustento, pode ser uma saída honrosa e rentável. Mas é preciso seriedade, empreender deve ser encarado como uma mudança de comportamento e atitudes; é necessário muita determinação e criatividade para atingir os objetivos”, afirma Eduardo Luiz.

3 fatores para avaliar na transição de carreira

Antes de você sair mudando de profissão, é importante avaliar alguns fatores que podem te ajudar na transição de carreira. Além disso, o ideal é que você saiba que todo o processo não é fácil, mas sabendo o que está por vir a mudança se torna mais eficiente.

E quais são esses fatores que precisam ser avaliados? Nós vamos te contar o que achamos ser fundamental. Confira!

1) Conheça o mercado de trabalho

Antes de mais nada você precisa conhecer como é o mercado de trabalho da profissão que está querendo se inserir. É preciso saber a média salarial, se há vagas no setor e o mais importante: se as vagas são concorridas.

É fundamental colher o máximo de informações para que as suas expectativas não sejam frustradas. Procure não idealizar a profissão, mas sim ter acesso às informações para que você entenda melhor como funciona.

Por isso, a pesquisa nesse caso será a sua melhor amiga. Mas como você pode colher tantas informações e o que precisa saber? Veja uma lista abaixo!

  • Saber qual é a média de salário;
  • Conversar com profissionais que já atuam na área;
  • Entender quais são os requisitos para se empregar na carreira;
  • Analisar o estilo de vida e trabalho na área;
  • Entender o que é exigido e valorizado nos profissionais dessa área;
  • Saber quais são as opções de crescimento de carreira;
  • Observar cultura, ambiente e estilo de gestão na área;
  • Analisar se a mudança faz realmente sentido para o seu contexto.

2) Você está preparado para dar uns passos para trás?

É isso mesmo, é preciso estar preparado para dar alguns passos para trás. Quando você decide realizar a transição de carreira, dependendo da sua experiência no mercado, o seu cargo pode ser de um profissional sênior.

Mas ao iniciar carreira em outra área, o seu cargo não seria de sênior, mas sim de iniciante e, consequentemente, o salário também seria menor. Com isso, você precisará adequar a sua nova remuneração com o seu estilo de vida, o que para alguns pode ser um problema.

Por isso, é importante que você esteja preparado financeiramente para essa transição de carreira. Dessa forma, não sentirá tanto as mudanças que o seu novo salário vai ocasionar na sua vida.

3) Valorize os pontos que conectam você com a nova área

Um dos fatores que mais aterrorizam quem está passando pela transição de carreira é o fato de não ter experiência anterior na área desejada. O que acaba fazendo com que o profissional não seja capacitado o suficiente para o cargo.

Isso pode fazer com que você desista de realizar a transição de carreira. Mas neste caso é importante se lembrar dos pontos que conectam você com a nova área: tem algum projeto que você já fez na sua profissão anterior?

Lembre-se de pequenos pontos que podem te ajudar a conquistar um emprego na nova área.

Dicas para a transição de carreira em 2023

A partir do momento em que sua meta de mudar de profissão for estabelecida e você tiver um planejamento para alcançar seu objetivo, busque uma boa formação. Nesse momento, a escolha por uma faculdade ou uma pós-graduação com nome reconhecido é muito importante.

Essas instituições oferecem programa de ensino mais completo e se tornam admiradas pelo excelente desempenho dos profissionais que lançam no mercado. Portanto, um diploma de uma boa universidade pode abrir muitas portas e facilitar seu ingresso e ascensão na nova carreira.

Forme também uma rede de contatos. No mundo corporativo, o famoso QI (quem indica) ainda tem muito valor. E isso não significa privilegiar uma pessoa sem méritos, mas optar por profissionais com seu trabalho conhecido pela equipe.

Portanto, se o objetivo da organização for contratar alguém para prestar um serviço ou para fazer parte de seu quadro de funcionários, os gestores entendem que é provável que o desempenho seja compatível com suas expectativas.

Contudo, outra dica fundamental para quem quer mudar de profissão é fazer um planejamento financeiro. Isso porque, ao sair de um emprego, não há garantias de que você já começará de imediato em outra organização nem mesmo de que ganhará mais do que no antigo cargo.

Agora que você já sabe quais passos seguir para mudar de profissão, conheça as áreas em alta para 2023!

*Colaboração: Juliana Favorito e Camila Miranda

O que achou disso?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui