Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasFinanças PessoaisPix ou cartão de crédito? Saiba qual é o melhor método de...

    Pix ou cartão de crédito? Saiba qual é o melhor método de parcelamento

    0
    (0)

    O Pix se tornou o queridinho dos brasileiros: de acordo com dados do Banco Central, mais de 1 bilhão de transações foram feitas pela modalidade apenas em fevereiro de 2022! Graças ao rápido sucesso, muita gente tem se perguntado qual a melhor forma de parcelar compras: por Pix ou cartão de crédito?

    Publicidade

    A dúvida deve se tornar ainda mais frequente quando a funcionalidade for oficialmente lançada pelo BC. O Pix Parcelado – ou Pix Garantido – deve ser implementado ainda este ano, facilitando a vida de quem compra, vende e faz transferências no dia a dia.

    Apesar de ainda não funcionar de forma oficial, o método de parcelamento por Pix já existe em bancos e fintechs brasileiras, e agora se torna uma alternativa que compete diretamente com o cartão de crédito. Quer saber qual delas é a melhor para fugir dos juros altos? Confira a seguir. 

    Como funcionará o Pix Parcelado?

    Você provavelmente já sabe como funciona o Pix, não é mesmo? Prático, instantâneo e sem taxas, esse método de pagamento atrai a preferência de muita gente. Porém, até então, o Pix limitava-se ao pagamento de compras à vista, prática essa que vem sendo substituída por uma nova modalidade.

    O Pix Parcelado – também chamado de Pix Garantido – será a nova funcionalidade apresentada pelo Banco Central ainda em 2022. Similar à função do cartão de crédito, ele permitirá aos usuários que realizem compras parceladas de forma física e online, mas sem a necessidade de ter um cartão.

    Dessa forma, você poderá realizar compras e pagar de forma parcelada desde que tenha saldo na conta atrelada ao seu cadastro do Pix. É uma espécie de compra em débito com pagamento agendado para posteriormente. 

    Publicidade
    Pessoa segurando celular e fazendo pix por qr code
    Pix Parcelado deve ganhar a preferência frente aos cartões tradicionais. (Fonte: Divulgação)

    Pix ou cartão de crédito: conheça as diferenças

    Apesar de o cartão de crédito ainda ser amplamente utilizado pela população, é provável que o Pix Parcelado otimize essa relação e faça com que muitas pessoas migrem para a função. 

    Assim como o Pix desburocratizou a nossa relação com o dinheiro, a função de parcelamento também deve facilitar a modalidade frente aos cartões de crédito tradicionais. Isso porque o Pix Parcelado não exigirá verificação de score ou análise de crédito, como já acontece com quem solicita um cartão.

    Outra grande vantagem que a função parcelada do Pix deve gerar é a não cobrança de taxas de juros atreladas à modalidade. A função, entretanto, ainda precisa ser lançada oficialmente pelo Banco do Brasil. Isso não significa, entretanto, que já não exista – e é disso que falamos a seguir.

    É possível já parcelar compras no Pix?

    Apesar de o Pix Parcelado ainda não ter sido lançado oficialmente, a prática já é comumente adotada por estabelecimentos de varejo e outros setores comerciais no Brasil. Algumas fintechs também já se adiantaram e oferecem parcelamento em Pix para seus clientes.

    Vale lembrar, entretanto, que a funcionalidade ainda não é regulamentada, sendo de responsabilidade de cada instituição cobrar taxas e requisitos para o seu uso. Sendo assim, três grandes instituições já adotaram o Pix Parcelado:

    Publicidade
    • Santander: primeiro banco a aceitar a funcionalidade, chamada de “Divide o Pix”. Ao realizar uma compra, você precisa ter o saldo disponível para que as parcelas sejam descontadas;
    • Mercado Pago: chamado de “QR Pix”, o parcelamento é permitido apenas para correntistas de empréstimos da empresa;
    • PicPay: chamado de “Pix com cartão”, o parcelamento da fintech pode ser feito em até 12 vezes, com taxas de 3,99% por parcela somado ao IOF. 

    Gostou do conteúdo? Aproveite para se manter informado sobre as principais dicas de Finanças Pessoais aqui no blog da FinanceOne!

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Publicidade

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Raísa Boing
    Raísa Boing
    Jornalista especializada em conteúdo SEO. Ampla experiência com redação, edição e revisão para a web. Escrevo principalmente sobre mercado financeiro, investimentos, setor imobiliário, tecnologia e educação.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasFinanças PessoaisPix ou cartão de crédito? Saiba qual é o melhor método de...

    Pix ou cartão de crédito? Saiba qual é o melhor método de parcelamento

    0
    (0)

    O Pix se tornou o queridinho dos brasileiros: de acordo com dados do Banco Central, mais de 1 bilhão de transações foram feitas pela modalidade apenas em fevereiro de 2022! Graças ao rápido sucesso, muita gente tem se perguntado qual a melhor forma de parcelar compras: por Pix ou cartão de crédito?

    Publicidade

    A dúvida deve se tornar ainda mais frequente quando a funcionalidade for oficialmente lançada pelo BC. O Pix Parcelado – ou Pix Garantido – deve ser implementado ainda este ano, facilitando a vida de quem compra, vende e faz transferências no dia a dia.

    Apesar de ainda não funcionar de forma oficial, o método de parcelamento por Pix já existe em bancos e fintechs brasileiras, e agora se torna uma alternativa que compete diretamente com o cartão de crédito. Quer saber qual delas é a melhor para fugir dos juros altos? Confira a seguir. 

    Como funcionará o Pix Parcelado?

    Você provavelmente já sabe como funciona o Pix, não é mesmo? Prático, instantâneo e sem taxas, esse método de pagamento atrai a preferência de muita gente. Porém, até então, o Pix limitava-se ao pagamento de compras à vista, prática essa que vem sendo substituída por uma nova modalidade.

    O Pix Parcelado – também chamado de Pix Garantido – será a nova funcionalidade apresentada pelo Banco Central ainda em 2022. Similar à função do cartão de crédito, ele permitirá aos usuários que realizem compras parceladas de forma física e online, mas sem a necessidade de ter um cartão.

    Dessa forma, você poderá realizar compras e pagar de forma parcelada desde que tenha saldo na conta atrelada ao seu cadastro do Pix. É uma espécie de compra em débito com pagamento agendado para posteriormente. 

    Publicidade
    Pessoa segurando celular e fazendo pix por qr code
    Pix Parcelado deve ganhar a preferência frente aos cartões tradicionais. (Fonte: Divulgação)

    Pix ou cartão de crédito: conheça as diferenças

    Apesar de o cartão de crédito ainda ser amplamente utilizado pela população, é provável que o Pix Parcelado otimize essa relação e faça com que muitas pessoas migrem para a função. 

    Assim como o Pix desburocratizou a nossa relação com o dinheiro, a função de parcelamento também deve facilitar a modalidade frente aos cartões de crédito tradicionais. Isso porque o Pix Parcelado não exigirá verificação de score ou análise de crédito, como já acontece com quem solicita um cartão.

    Outra grande vantagem que a função parcelada do Pix deve gerar é a não cobrança de taxas de juros atreladas à modalidade. A função, entretanto, ainda precisa ser lançada oficialmente pelo Banco do Brasil. Isso não significa, entretanto, que já não exista – e é disso que falamos a seguir.

    É possível já parcelar compras no Pix?

    Apesar de o Pix Parcelado ainda não ter sido lançado oficialmente, a prática já é comumente adotada por estabelecimentos de varejo e outros setores comerciais no Brasil. Algumas fintechs também já se adiantaram e oferecem parcelamento em Pix para seus clientes.

    Vale lembrar, entretanto, que a funcionalidade ainda não é regulamentada, sendo de responsabilidade de cada instituição cobrar taxas e requisitos para o seu uso. Sendo assim, três grandes instituições já adotaram o Pix Parcelado:

    Publicidade
    • Santander: primeiro banco a aceitar a funcionalidade, chamada de “Divide o Pix”. Ao realizar uma compra, você precisa ter o saldo disponível para que as parcelas sejam descontadas;
    • Mercado Pago: chamado de “QR Pix”, o parcelamento é permitido apenas para correntistas de empréstimos da empresa;
    • PicPay: chamado de “Pix com cartão”, o parcelamento da fintech pode ser feito em até 12 vezes, com taxas de 3,99% por parcela somado ao IOF. 

    Gostou do conteúdo? Aproveite para se manter informado sobre as principais dicas de Finanças Pessoais aqui no blog da FinanceOne!

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Publicidade

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?