Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Plano odontológico: como funciona e como escolher

Escrito por: Mateus Carvalho em 28 de fevereiro de 2019

É comum as pessoas procurarem por planos médicos, porém o plano odontológico vem crescendo cada vez mais. É o que mostra a pesquisa realizada pelo Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), que apontou que o plano odontológico cresceu 7,8%.

Este dado foi obtido no comparativo entre o mês de setembro de 2016 e 2017, no qual foi constatado o aumento no número de beneficiários de plano odontológico. Sendo assim, o número total de clientes é de 1,6 milhão.

Plano odontológico

Apesar do crescimento desse tipo de serviço, algumas pessoas não sabem como ele funciona e nem como escolher o melhor plano odontológico. Além disso, existem diversas operadoras que oferecem plano odontológico com vários benefícios.

Plano odontológico arca com os custos das consultas

Assim como nos planos médicos, o odontológico é feito para arcar com as despesas dos associados com os cuidados relacionados aos dentes.

O serviço protege dos riscos de gastos odontológicos inesperados. Pagando todo o valor ou uma parte das despesas com os dentistas e outros prestadores de serviços.

Ter um plano odontológico é uma forma de cuidar da saúde bucal sem estourar o orçamento da sua casa. Mas vale ressaltar que antes de fazer um determinado serviço com o profissional, é necessário verificar se a operadora do plano cobre o tratamento.

Isso porque algumas empresas não cobrem determinados tipos de serviços, como por exemplo a manutenção do aparelho odontológico e o clareamento dental. Por isso, é importante estar atento aos serviços oferecidos pelas operadoras.

Vale ainda ressaltar que os valores praticados pelos convênios são mais baixos, quando comparados com os planos de saúde. Além disso, a assistência odontológica é mais simples, já que ela dispensa internações e outros serviços que integram os planos de saúde.

Como funciona o plano odontológico?

O plano odontológico possui muitas vantagens e benefícios. Isso porque ele sai muito mais em conta para quem utiliza do que se procurar os serviços por fora em um consultório particular.

O valor a ser pago é bem menor e traz uma comodidade maior. O famoso custo/benefício. Os planos e redes credenciadas costumam ser parceiros de consultórios e profissionais especializados.

O contrato pode ser feito por pessoas físicas ou jurídicas, na maioria das vezes com a ajuda de um corretor que vai fazer o meio de campo entre a empresa e o cliente. A cobertura varia de uma empresa para outra, bem como todas as especificidades e valores.

É necessário, no entanto, que as empresas ofereçam os procedimentos que são remetidos pela ANS, tais como tratamentos preventivos como limpeza, além de atendimentos de urgência e emergência.

Após contratado, a busca pelos serviços costuma ser feita mediante agendamento, que pode ser por meio do site da empresa ou via telefone. No dia agendado, basta comparecer ao local com a carteirinha e um documento de identificação.

Benefícios do plano odontológico

Quem procura um plano de saúde certamente optará por fechar um pacote só e contratar o odontológico também.

Mas por quê? Pelas vantagens e pelo valor bem acessível.

Geralmente o acréscimo com relação ao valor pago no plano normal é bem pequeno e não impacta tanto no orçamento. Dá, inclusive, para incluir entre as despesas mensais sem dar um susto muito grande.

Além do mais, o valor pago pelo plano odontológico não chega perto do que costuma ser cobrado em um consulta, sendo assim, são muitos benefícios para que você escolha contratar também esse serviço, tais como:

– Consultas frequentes, pois você poderá dar continuidade a um tratamento sem se preocupar com valores exorbitantes, que, geralmente desanimam e fazem “deixar para depois” a volta ao consultório.

– Manter a saúde bucal em dia, pois você terá sempre um tratamento contínuo, seguindo um acompanhamento.

– Muitas opções de tratamento, pois não são apenas limpezas que costumam fazer parte da cobertura de um plano odontológico.

Dicas para escolher um plano odontológico

Verifique se a empresa tem registro na ANS

Antes de fechar o contrato de plano odontológico com uma empresa, é necessário verificar se a mesma está registrada na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Esse fator é importante porque a seguradora precisa estar autorizada pela ANS para funcionar.

Uma forma de saber se está tudo certo com a empresa é solicitando ao vendedor do plano o número do registro para que você possa conferir no site antes de fechar o contrato.

Procure saber os procedimentos cobertos pelo plano odontológico

Como já foi dito anteriormente, é importante estar atento aos procedimentos que estão inclusos no plano odontológico.

É comum que os serviços incluídos sejam limpeza, restaurações, extrações, tratamento de gengiva e tratamento de canal.

Por isso, não deixe de comparar as propostas entre as operadoras para escolher o melhor plano odontológico que irá atender às suas necessidades.

Procure saber sobre os serviços extras

Antes de fazer algum procedimento extra, como por exemplo um procedimento estético, procure se informar sobre a possibilidade de realizar o serviço por meio do plano.

Isso porque o plano odontológico não costuma cobrir esses tipos de procedimentos.

Saiba os períodos de carência

É importante estar atento ao período de carência para cada tipo de serviço. O beneficiário paga as mensalidades porém precisa esperar o prazo estipulado para usar os serviços.

Em casos de emergência a espera é de somente 24 horas. Enquanto que para consultas o prazo é de 30 dias. Para os procedimentos mais caros pode chegar a até 180 dias, por exemplo para próteses.

Verifique a abrangência do plano

Se você é uma pessoa que viaja muito, é importante saber qual é a abrangência do seu plano, se ele é municipal, estadual ou nacional.

Além disso, procure saber quais são os hospitais, clínicas e laboratórios oferecidos pelas operadoras.

Mateus Carvalho

Jornalista formado pela Unicarioca. Atualmente, repórter da Folha Dirigida e produtor de conteúdo no FinanceOne. Já fui colaborador do Torcedores.com.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

Carência no plano de saúde: o que é e como funciona
abrir conta para filhos
falar de dinheiro em casa
consórcio-Yamaha
dívidas